gestão de saúde corporativa

Gestão de saúde corporativa e desempenho: entenda a relação

A Gestão de saúde corporativa é a atenção que as organizações, por meio do setor de RH, dão à prevenção de acidentes e à construção de uma rotina focada no bem-estar e na qualidade de vida. Para isso, ela pode atuar estrategicamente a partir de ações de conscientização, campanhas focadas em orientações e dicas, além de atitudes práticas para o desenvolvimento de hábitos saudáveis dos seus colaboradores.

 

Embora os benefícios corporativos sejam um dos grandes diferenciais, na busca por um novo emprego, o plano de saúde é um dos mais custosos. Isso significa que mais pessoas fazem uso dessa modalidade, o que também acarreta em absenteísmos, baixa produtividade e lucratividade reduzida.

Assim, ocorreu uma excelente oportunidade para as organizações lidarem com o assunto de maneira preventiva. Assim, a gestão de saúde corporativa ganhou mais força no mercado.

E, se você está em busca de soluções acessíveis para lidar positivamente com a gestão de pessoas, este post foi feito especialmente para você! Nos próximos tópicos, vamos analisar a importância da gestão de saúde corporativa e o quanto ela influencia positivamente o desempenho de todos internamente. Confira!

O que é a gestão de saúde corporativa?

Além de oferecer benefícios diversificados, como o já citado plano de saúde. As empresas podem focar na prevenção — como havíamos mencionado. Pense: qualquer problema (seja ele material, físico ou psicológico) demanda menos custos e tempo, para ser resolvido, se feito com antecedência.

Portanto, a gestão de saúde corporativa é o enfoque que o RH e os gestores de cada setor podem empreender, coletivamente, para minimizar essas situações problemáticas. Entre outras questões.

E podemos citar a construção de um ambiente de trabalho livre de pressão, estresse e bullying, por exemplo. Além de um espaço ergonômico, que foque na produtividade e na melhoria da produtividade.

Ou seja: não se trata de reduzir e prevenir acidentes de trabalho, exclusivamente, mas de estabelecer um local de trabalho cheio de empenho, motivação e satisfação coletiva.

 

Qual é a associação da gestão de saúde corporativa e o desempenho?

A equação é simples: a empresa se preocupa com os colaboradores, e eles respondem com mais empenho, engajamento e motivação para adquirir melhores resultados continuamente.

Vamos ver, então, como a gestão de saúde pode contribuir ativamente para a manutenção de um espaço de trabalho mais qualitativo e envolto em bem-estar?

 

Menor quantidade de ausências e afastamentos

Absenteísmo e presenteísmo são sinônimos para as faltas no dia de trabalho. Acontece que o primeiro se define pela falta do colaborador, enquanto o segundo se traduz pela ausência mental. Ou seja: o colaborador está presente, mas ausente na busca por resultados e crescimento individual.

Além disso, temos os afastamentos que podem ocorrer por diversos motivos, como:

  • estresse acumulado;
  • acidentes de trabalho;
  • ansiedade e outros distúrbios psicológicos;
  • pressão interna por metas inatingíveis;
  • assédios dentro da empresa;
  • competitividade desleal.

Por sua vez, o foco em gestão de saúde corporativa mostra que esses problemas ocorrem com menos frequência. E, consequentemente, reduzem os índices de ausências e afastamento.

 

Mais produtividade

A produtividade, muitas vezes, é uma resposta do colaborador de sua própria satisfação com a empresa. E, quando existe uma boa gestão de saúde corporativa, pode acontecer de os profissionais darem mais de si.

É aquela história de que profissionais felizes são mais produtivos, sabe?

 

Melhoria do ambiente de trabalho

Imagine um ambiente respeitoso, no qual a diversidade é celebrada, as decisões impactam a todos, positivamente, e o crescimento é contínuo e sustentável.

Parece até um verso de música do John Lennon, mas a gestão de saúde corporativa oferece a possibilidade de fazer do ambiente corporativo um segundo lar. Uma área de conforto, bem-estar, confiança e valorização.

Como consequência disso, o clima organizacional é fortalecido e não é só a saúde (física e mental) dos colaboradores que se beneficia. A organização também adquire:

Portanto, o trabalho de gestão de saúde corporativa pode ser um diferencial e tanto para o crescimento da empresa, como um todo. Melhores resultados a partir de um cuidado maior na saúde e na qualidade de vida das pessoas que dão tudo de si, todos os dias.

Como proporcionar um ambiente saudável na sua empresa?

Agora que já entendemos o conceito e os pontos positivos em trabalhar a gestão de saúde corporativa, vamos avaliar, na prática, como funciona esse processo?

Abaixo, reunimos algumas boas práticas para tirá-la do papel e aplicá-la no dia a dia da empresa. Confira!

 

Elabore uma gestão estratégica

O primeiro passo é a compreensão do perfil dos seus colaboradores. Como esse trabalho é alinhado com os valores da empresa e, também, como cada atividade é exercida internamente?

Com base nas respostas, o setor de RH aprende se as boas práticas de ergonomia e conforto estão sendo aplicadas  — evitando, assim, que acidentes de trabalho por lesões ocorram, por exemplo.

Depois, certifique-se de verificar:

  • a salubridade da empresa, como um todo;
  • o clima organizacional;
  • a gestão e sua relação com os colaboradores;
  • o índice de absenteísmo;
  • a taxa de demissões na empresa.

Com esses índices de RH devidamente monitorados, é possível não apenas solucionar problemas, mas antecipar o surgimento dos mesmos, garantindo um ambiente de trabalho muito mais qualitativo.

 

Incentive a qualidade de vida

Qual foi a última vez que os seus colaboradores fizeram um check-up? E exercícios físicos?

Por outro lado, qual foi a última campanha de bem-estar, saúde e qualidade de vida promovida pela empresa?

Procure avaliar o quanto esses valores podem ser disseminados, na rotina da empresa, e ofereça meios de comunicar aos colaboradores que toda a gestão se preocupa com isso. Algumas dicas nesse sentido:

  • faça campanhas de vacinação;
  • atenção às campanhas sazonais, como setembro amarelo, outubro rosa e novembro azul, entre outras;
  • crie grupos de caminhada, pedalada e outras atividades físicas que integrem e beneficiem o corpo e a mente dos colaboradores;
  • estimule os check-ups periódicos.

 Outra dica interessante é a realização de ginástica laboral dentro da empresa. Uma medida simples e fácil de aplicar, e que corresponde a um item elementar em qualquer gestão de saúde corporativa.

 

Faça parcerias

Mais uma questão que se converte em investimento, da empresa, na gestão de saúde corporativa: as parcerias com academias, médicos e nutricionistas, entre outros, que podem ajudar na promoção de mais qualidade de vida e bem-estar internamente.

Nesse sentido, esses profissionais podem fazer visitas esporádicas ou, ainda, concederem descontos exclusivos para o quadro de funcionários da empresa. Isso pode estimular a procura contínua dos seus profissionais por mais saúde.

 

Foco no ambiente

É inegável que o ambiente, ao redor, influencia diretamente na nossa saúde e desempenho. Por isso, cheque e faça esse monitoramento dentro da empresa. Avalie as condições por meio da Análise Ergonômica do Trabalho (AET), que prevê todos os itens necessários para boas condições de trabalho, como:

  • os móveis adequados;
  • os limites de levantamento e transporte de carga no dia a dia;
  • a organização do ambiente de trabalho;
  • os equipamentos utilizados;
  • os níveis de ruído em cada setor;
  • o projeto de iluminação focado não apenas em luz, mas em boa visibilidade e no bem-estar;
  • conforto térmico.

Isso tudo, somado a uma cultura organizacional humanizada, mostra que a empresa valoriza cada um dos seus colaboradores. E é por meio de cada um desses itens que a gestão de saúde corporativa pode se tornar um dos principais aliados de toda a organização.

Agora, no entanto, gostaríamos de saber mais de você, com base em suas experiências: como a sua empresa tem lidado com a gestão de saúde corporativa? Compartilhe a sua opinião conosco, no campo de comentários abaixo, e vamos expandir essa discussão!

 

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.