Gestão de fortaleza: como ela pode ser um diferencial na empresa

Todo colaborador é contratado por uma razão: seja por uma habilidade muito necessária ou por ter uma reputação impecável no mercado. Apesar disso, os modelos de gestão tradicionais levam mais em conta as fraquezas do que os pontos fortes dos profissionais. Em contraponto a isso, foi criada uma abordagem chamada gestão de fortaleza.

Trabalhar o que os funcionários têm de melhor é uma maneira efetiva de garantir resultados extraordinários. Neste post, explicamos tudo o que você precisa saber sobre essa ideia de gestão e como ela funciona na prática. Ficou interessado? Confira a seguir!

O que é gestão de fortaleza?

Gestão de fortaleza é um modelo de liderança que busca potencializar e recompensar os pontos fortes dos colaboradores, ao invés de punir as falhas. Assim, é possível empoderar gestores e subordinados, além de estimular a construção de uma cultura organizacional saudável.

Apesar do foco nas fortalezas, esse tipo de gestão não ignora as fraquezas. Na verdade, a abordagem reconhece que todos temos pontos fortes e fracos, buscando maneiras de tirar o melhor proveito possível dessas características.

Esse mindset permite que os funcionários evoluam ainda mais no que têm de melhor e trabalhem seus defeitos no dia a dia, para que se tornem profissionais completos.

Quais são os benefícios da gestão de fortaleza?

A gestão de fortaleza vem transformando a forma como as equipes trabalham e se organizam. Veja abaixo os maiores benefícios de implementar essa estilo de liderança no dia a dia.

 

Evolução da equipe

Bons profissionais estão sempre buscando oportunidades para crescer na carreira, e estimular os pontos fortes é uma ótima forma de atender a essa necessidade. Faz parte do trabalho do líder pensar em como engajar, inspirar e desenvolver as pessoas para que elas se destaquem dentro da organização.

A gestão de fortaleza ajuda a construir as melhores oportunidades de sucesso para os colaboradores. Com um olhar cuidadoso para as habilidades e paixões de cada um, é possível fazê-los evoluir profissionalmente, elevando a qualidade da mão de obra da empresa.

 

Valorização dos colaboradores

A gestão de fortaleza valoriza os profissionais de forma muito mais ampla que a gestão de performance, que leva em conta apenas resultados e KPIs.

O modelo não considera apenas a frieza dos números para avaliar os colaboradores, e sim as competências, personalidade e potencial que cada um demonstra no dia a dia.

Por ser uma abordagem mais humana, é encarada de maneira mais positiva pela equipe, que se sente mais valorizada pelo gestor e pela organização.

 

Mais motivação

A valorização dos colaboradores está intimamente ligada a outro grande benefício da gestão de fortaleza: o aumento da motivação e do engajamento.

Em uma pesquisa americana, 69% dos entrevistados afirmaram que trabalhariam melhor se sentissem o devido reconhecimento por seus esforços. No mesmo estudo, 78% dos participantes disseram que o reconhecimento é um grande fator de motivação no dia a dia de trabalho.

Outro levantamento, feito pela Gallup, revelou que empresas que valorizam os pontos fortes dos seus funcionários têm um nível de engajamento 23% maior que as demais.

 

Mais produtividade

Todos os benefícios citados anteriormente contribuem para que seja atingido um dos maiores objetivos de todas as empresas: o aumento da produtividade.

Funcionários motivados produzem mais e melhor. Além disso, ao explorar as maiores fortalezas de cada colaborador, o gestor garante que cada tarefa seja executada com o máximo de qualidade. Assim, é possível conquistar excelentes resultados para o negócio.

Como implementar a gestão de fortaleza?

Para aproveitar tudo o que a gestão de fortaleza pode oferecer, é preciso muito cuidado e planejamento para colocá-la em prática. Veja abaixo as principais dicas para implementar a ideia de maneira efetiva.

 

Alinhe tarefas em vez de delegar

Em vez de distribuir as tarefas aos membros da equipe de acordo com o seu entendimento, experimente perguntar: “temos um novo projeto, quem quer trabalhar nele?”.

As pessoas geralmente se sentem mais à vontade atuando com aquilo o que mais dominam. Portanto, essa é uma ótima estratégia para colocar o profissional certo no lugar certo.

Para fazer esse alinhamento com eficiência, também é necessário conhecer a fundo os membros da equipe. Observe, no dia a dia, quais são as potencialidades de cada um e procure estimular as pessoas a trabalharem com tarefas que combinem com elas.

Desse modo, o gestor passa a ser visto como um líder melhor e consegue proporcionar a todos um ambiente mais produtivo e inovador.

 

Busquem profissionais que se complementam

Na hora de montar a equipe, busque pessoas de diferentes culturas, perspectivas, paixões e gêneros, entre outras características. A diversidade no ambiente de trabalho é essencial para construir times criativos e inovadores.

Esse desafio funciona como um quebra-cabeças: quando todas aquelas peças diferentes estão no lugar certo, você enxerga a imagem final. Com fortalezas que se complementam, as chances de sucesso da equipe são muito maiores.

 

Crie uma cultura de transparência

Para extrair o melhor de cada profissional, o líder deve ter a confiança da equipe. E isso só se constrói agindo com honestidade e transparência.

Se o gestor fizer isso, os membros do time ficarão abertos a compartilhar suas paixões, motivações e sonhos. Ao escutá-los com atenção, fica mais fácil conhecer seus principais pontos fortes e usá-los a favor do dia a dia da empresa.

 

Empodere os colaboradores

Montar um time diverso e completo é metade do caminho na gestão de fortaleza.  A outra metade é empoderar essas pessoas para elas gerarem resultados acima da média.

Como líder, você precisa estimular que sua equipe tenha ousadia para assumir riscos e pensar fora da caixa. Só assim a empresa conseguirá criar produtos, serviços e formas de atender o cliente que se diferencie no mercado.

 

Chegamos ao fim do nosso guia sobre gestão de fortaleza! Depois de tanta informação nova, que tal revisar os principais pontos e colocar o que aprendeu em prática? Faça um planejamento e comece a desenvolver a cultura de valorizar os pontos fortes dentro da sua organização. Com certeza os resultados disso serão surpreendentes!

 

Gostou do artigo? Deixe um comentário e conte para a gente como você faz a gestão de pessoas da sua empresa! Estamos à disposição para responder às suas dúvidas e opiniões sobre o assunto!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.