gestão de escolas de idioma

Conheça 9 dicas para gestão de escolas de idioma

A gestão de escolas de idioma difere bastante de muitos outros setores. Afinal de contas, as particularidades do mercado exigem um conhecimento multidisciplinar dos empreendedores.

Assim, não basta ter conhecimento em finanças se você não entende como atrair e fidelizar os seus atuais alunos. Não há como competir com a concorrência se não existir um planejamento próximo para o desenvolvimento da sua marca — seja em investimentos ou técnicas de aprendizagem — e nem mesmo como monetizar um estabelecimento comercial que não se preocupa em agregar valor à sua marca.

Portanto, vale a pena dar uma conferida em todas as 9 dicas para gestão de escolas de idioma que selecionamos para este post. Algo que pode servir tanto para o empreendedor veterano do setor, quanto para iniciantes e empresários de outras áreas.

Abaixo, vamos discutir os seguintes tópicos:

  1. Aprenda a gerir com personalidade;
  2. Tenha métricas de desempenho para monitorar;
  3. Use a tecnologia na sua gestão de escolas de idioma;
  4. Crie diferenciais para os seus alunos e alunos em potencial;
  5. Aprenda a motivar os seus profissionais;
  6. Permita o ambiente educativo criativo;
  7. Capacite-se continuamente;
  8. Invista em marketing digital;
  9. Facilite os meios de pagamento.

Boa leitura!

9 dicas para a eficiente gestão de escolas de idioma

1. Aprenda a gerir com personalidade

Personalidade, no que diz respeito a uma empresa, tem a ver com a sua cultura organizacional. Ou seja: a maneira com a qual as escolas de idioma se apresentam ao público-alvo, interagem com eles e posiciona-se diante de todo tipo de situação ou assunto.

E isso influencia, também, na metodologia pedagógica e até mesmo na aplicação de aulas de cada professor do seu empreendimento. Sem falar na sua gestão com cada um deles, considerando que existem perfis e personalidades distintos, também, o que impacta em, basicamente, toda interação que você fizer — interna e externamente.

Quando existe essa integração e uniformidade, o valor de marca é maior e as pessoas passam a associar a linguagem, a identidade visual e os posicionamentos da empresa como se fossem alguém próximo a elas. Por sua vez, empresas que contam com ações genéricas, nesse sentido, tendem a fixar menos no ideário do consumidor e dos clientes em potencial.

2. Tenha métricas de desempenho para monitorar

Hoje em dia, não podemos acreditar, puramente, no instinto e em palpites sem o menor embasamento. Até por isso, muitas tecnologias atuais facilitam a automação de processos e a apresentação de relatórios que condizem com diversas métricas capazes de auxiliar no seu gradual desenvolvimento.

Para a gestão de escolas de idioma, esse tipo de postura ajuda a entender:

  • quais ações surtiram o efeito esperado;
  • quais estratégias não renderam o projetado e podem ser ajustadas rapidamente (ou descartadas);
  • entender os próximos objetivos;
  • avaliar as urgências e os desafios em curto, médio e longo prazo.

Entre muitos outros dados que podem render uma tomada de decisão mais ágil e assertiva — tanto interna quanto externamente. Para os alunos, consumidores em potencial e também para os professores, portanto.

3. Use a tecnologia na sua gestão de escolas de idioma

Complementarmente ao tópico anterior, vale a pena falar especificamente a respeito das novas tecnologias do mercado. Afinal de contas, elas podem ir muito além do que o monitoramento de métricas para o seu negócio.

E, se você ainda desconhece os benefícios em contar com essas soluções corporativas, confira a seguir algumas delas e o que elas podem fazer pela gestão da sua marca em múltiplas frentes.

Tecnologias

  • ferramentas de gestão de escolas de idioma, que centralizam as principais informações necessárias para a manutenção da sua empresa, como o administrativo, financeiro, gestão de pessoas e RH, entre outras áreas centralizadas em uma só plataforma;
  • captação de alunos, que tende a automatizar as ações estratégias para atrair e também para fidelizar os seus alunos — bom exemplo disso são as soluções de automação de e-mail marketing;
  • agenda digital, que pode ser acompanhada por todos os profissionais em um só lugar. Isso evita conflitos de agenda, anotações equivocadas de algum profissional e muito mais segurança e precisão no planejamento de aulas da sua empresa;
  • gestão financeira, que é algo fundamental para qualquer tipo de empresa, e de qualquer porte. Com soluções digitais nesse sentido, o trabalho fica mais fácil, munido de recursos que facilitam a rotina e ferramentas diversas para personalizar e manter o seu trabalho muito mais conveniente;
  • prontuários, agilizando toda a relação com os alunos e também promovendo a organização do sistema de sua própria escola de idiomas;
  • ferramentas que valorizem o sistema pedagógico, permitindo uma digitalização maior de recursos para interagir com os alunos e tornar a aprendizagem ainda melhor.

Inclusive, por falar na qualidade do aprendizado, nós fizemos um post completíssimo sobre a relação entre neurociências e aprendizagem — um assunto que tem tudo a ver com a gestão de escolas de idioma e com a qualidade das metodologias aplicadas para o melhor aproveitamento possível de seus alunos! Dê uma olhadinha, assim que finalizar a leitura deste post!

4. Crie diferenciais para os seus alunos e alunos em potencial

Diferenciais são ferramentas que ajudam a distanciar você, cada vez mais, da sua concorrência. Especialmente, se a qualidade do ensino já é reconhecida e professores e alunos acumulam elevados graus de satisfação com a sua escola de idiomas.

Com essas ações exclusivas, portanto, você segue um caminho natural de desenvolvimento para uma situação que já aparenta estar em condições favoráveis. A estagnação, afinal de contas, não é uma opção.

Aí vão algumas dicas de incentivos que podem ajudar a promover ainda mais a relação com os seus professores e também com os alunos:

  • participação anual nos lucros, para os professores;
  • bônus por objetivos e/ou metas alcançados;
  • prêmios e recompensas;
  • benefícios corporativos mais vantajosos;
  • descontos, para os alunos, ao indicarem pessoas para a escola de idiomas;
  • estratégias de gamificação nas salas de aula.

Entre outras ações que podem promover, com exclusividade, o seu negócio e o consequente desenvolvimento da marca no seu ramo de atuação.

5. Aprenda a motivar os seus profissionais

Motivação é elementar para o crescimento de qualquer empresa. Sem esse combustível, é comum os profissionais tornarem-se menos engajados e compromissados com os resultados e objetivos, em médio e longo prazo, da sua empresa.

Boa maneira de fazer isso é por meio das pesquisas de satisfação e também das reuniões periódicas com o seu quadro de funcionários. São questões que favorecem as opiniões, desejos e receios, e que são mais assertivos na hora de solucioná-los.

6. Permita o ambiente educativo criativo

Tenha um direcionamento de ensino, mas deixe que os seus professores sejam livres para usar a criatividade. O enrijecimento das regras torna o aprendizado igualmente engessado, o que pode não servir adequadamente para todos os alunos.

Daí, a importância em agregar autonomia aos seus profissionais. Permita-os explorarem diversos meios dentro da cartilha de ensino da sua escola de idiomas, e monitore para saber quais são as ações que mais rendem resultados positivamente impactantes.

7. Capacite-se continuamente

Um ponto específico para a boa gestão de escolas de idioma: capacite-se. Faça cursos, melhore o networking, pesquise o mercado ininterruptamente… Isso tudo ajuda a construir uma imagem profissional cada vez mais preparada para o mercado atual e também para as tendências futuras.

Em um momento tão dinâmico quanto o atual em que vivemos, os profissionais têm que manter-se em constante reciclagem de conhecimentos. Não caia na armadilha de acreditar que não há mais para onde desenvolver-se, porque esse é um dos maiores mitos que os empreendedores tomam como verdade.

8. Invista em marketing digital

As ações de marketing, atualmente, focam em áreas on-line e que contribuem ativamente para gerar mais presença digital à sua marca.

Para uma boa gestão de escolas de idioma, portanto, convém explorar as mídias onde o seu público-alvo mais se concentra, para fortalecer as ações estratégicas nessas plataformas. Por meio disso, os seus alunos interagem, clientes em potencial passam a consumir os seus conteúdos e a divulgação do seu negócio ocorre com mais amplitude e precisão no impacto de sua audiência.

Importante, contudo, saber exatamente qual é o perfil do seu consumidor, o que ele pesquisa, na internet, para chegar até você e como a sua escola pode atender a essa demanda gerada pelo cliente. Ao traduzir essas questões em conteúdos, e solucionar as questões, sua marca desenvolve-se mais e mais como referência no ramo.

9. Facilite os meios de pagamento

Hoje em dia, as pessoas buscam facilidades múltiplas para consumir um produto ou serviço. E os meios de pagamento têm relevante impacto na tomada de decisão delas.

Explore os meios mais práticos e convenientes, além de aproveitar aqueles que já são tendência no mercado. Com isso, a sua gestão de escolas de idioma fica mais capacitada para atender as inovações do setor e, ainda, apresenta-se com mais diferenciais que atraem e fidelizam o seu consumidor.

E, convenhamos: quanto menos processos mecânicos e burocráticos a sua empresa tiver, melhor vai ser a relação com o seu negócio. Automatize o que puder, capacite-se mais e entenda o perfil dos seus profissionais e alunos. Pois com esses pilares devidamente estruturados na sua rotina, fica mais fácil construir uma escola imbatível e preparada para tornar-se referência no mercado!

 

Deu para entender um pouquinho mais sobre as melhores estratégias de gestão de escolas de idioma? Compartilhe as suas experiências conosco, no campo de comentários logo abaixo, e vamos ampliar ainda mais esta proveitosa discussão sobre o assunto!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.