Inscreva-se

Gestão de benefícios: por que é importante e como fazer uma eficiente?
Benefícios

Gestão de benefícios: por que é importante e como fazer uma eficiente?

A gestão de benefícios é um conjunto de mecanismos alinhados a visão da organização para oferecer outras formas de remuneração aos colaboradores além de seu salário. Têm como objetivo trazer resultados em relação a motivação pessoal da equipe, para aumentar a produtividade e reter talentos. Para implementá-la, é necessário:

  1. considere os novos perfis de colaboradores;
  2. analise todas as necessidades;
  3. aposte em reconhecimento e recompensas;
  4. estabeleça regras;
  5. avalie o custo-benefício.

Sua empresa realiza uma efetiva gestão de benefícios? Sabe como oferecer os benefícios corretos para o público interno? Confira, a seguir, como fazer a gestão de benefícios com sucesso:

 

A importância da gestão de benefícios

No contexto atual, a motivação e fidelização dos funcionários têm se tornado um dos principais pilares da gestão administrativa de uma empresa. Afinal, de todos os recursos que uma empresa precisa dispor para ser bem-sucedida, os recursos humanos são considerados os mais importantes.

Os funcionários são responsáveis por cumprirem as metas e objetivos da empresa, elevando seus resultados. Além disso, são eles também que podem levar uma organização ao fracasso, caso estejam desmotivados e reduzam sua produtividade.

Dessa forma, as corporações precisam encontrar meios para manter a dedicação de seus funcionários elevadas para garantir o crescimento dos negócios. A criação de um programa de benefícios e sua efetiva gestão pode auxiliar nessa missão.

Quando os colaboradores de uma empresa estão satisfeitos com seu trabalho e se sentem reconhecidos pela empresa, tornam-se verdadeiros parceiros do negócio. Assim, eles fazem muito além do que as suas obrigações, preocupando-se com o desenvolvimento da empresa.

No entanto, manter um colaborador satisfeito e estável em seu trabalho, atualmente, não é mais uma tarefa fácil, o que tem aumentado a preocupação das organizações. Esse novo cenário se dá pela entrada da nova geração, os millennials, no mercado de trabalho.

Após finalizar a leitura, recomendamos que você baixe esse eBook gratuito. Nele você entenderá estratégias eficazes para reter os melhores talentos. Responda o formulário e receba agora mesmo:


Programa de benefícios para os millennials

Os millennials são jovens que iniciaram sua carreira a pouco tempo e possuem mais contato com a tecnologia. Isso tem influenciado seu estilo de trabalho, fazendo com que eles busquem sempre por flexibilidade e novos desafios.

Agradar esse público tem exigido que as organizações inovem em seus pacotes de benefícios, tornando-os mais flexíveis. Afinal, a estabilidade profissional e financeira desejada pela geração anterior, já não é suficiente para mantê-los em um trabalho.

Essa nova geração deseja encontrar trabalhos em que possam ser inovadores e criativos, além de contarem com horários mais flexíveis. Sua motivação está em conquistar novos desafios na empresa. Além de poderem utilizar ferramentas modernas e terem ambientes de trabalho mais descontraídos.

Para conquistarem os millennials e serem capaz de atrair e reter talentos para seus negócios, as empresas precisaram se adaptar e inovar para manter a equipe comprometida.

Dessa forma, realizar uma gestão de benefícios eficiente e direcionada é uma estratégia efetiva de gestão de pessoas.

 

A gestão de benefícios nas empresas

Plano de gestão de benefícios é um conjunto de medidas de incentivo utilizado para motivar os funcionários das empresas. Além dos benefícios básicos que são mais conhecidos, como o auxílio médico, os trabalhadores atuais estão buscando por inovações.

As organizações devem, então, oferecer ambientes de trabalho mais atrativos, que incentivem os colaboradores a serem mais produtivos, além de estimulá-los a sentirem prazer ao trabalhar. A geração millennials deseja uma cultura organizacional mais criativa e aberta a novas ideias e tendências.

Quando uma empresa é capaz de fazer uma gestão de benefícios eficiente, é capaz de reter talentos em seu time e, por consequência, reduzir os índices de turnover de seus funcionários.

Para que isso seja possível, a organização precisa agir proativamente, pesquisando os itens de preferência de seus profissionais para montar um pacote de benefícios útil para todos.

Seguir apenas o padrão de mercado, com os benefícios obrigatórios, pode gerar insatisfação interna, fazendo com que os empregados passem a ver com maus olhos a organização. Portanto, é fundamental ouvir a opinião de seu time antes de tomar uma decisão.

Neste vídeo, você irá entender, com a Gympass, como fazer um programa de benefícios! 

 

As principais vantagens da gestão de benefícios

Como você pode ver até agora, a gestão de benefícios funciona como uma verdadeira estratégia das empresas. Ela é usada para motivar os colaboradores a serem mais produtivos em seus trabalhos.

No entanto, seus benefícios não param por aí. Além de serem vantajosos para os funcionários, eles podem ajudar no crescimento dos negócios. Conheça todos os benefícios proporcionados por eles:

 

1. Aumento da produtividade

Antes de mais nada, temos que destacar que a gestão de benefícios é um verdadeiro investimento em recursos humanos. Todos os gastos feitos pela empresa trazem um retorno real. Trabalhadores mais motivados e felizes passam a realizar suas tarefas com mais eficiência e, assim trazem maiores lucros para os negócios.

 

2. Retenção de talentos

A segunda grande vantagem da gestão de benefícios é atrair e reter talentos para seu time. Atualmente, está cada vez mais difícil encontrar profissionais competentes no mercado e atrai-los para sua empresa.

A retenção de talentos reduz a necessidade de gastos com contratação, treinamento e capacitação de novos colaboradores, além de representar uma importante vantagem competitiva.

Por isso, é necessário investir em programas de benefícios inovadores, que funcionem como verdadeiros diferenciais para que os colaboradores queiram se manter no trabalho.

 

3. Redução de absenteísmo e atrasos

Quando o ambiente é agradável e os colaboradores estão felizes ao realizarem suas funções, os atrasos e faltas injustificadas tendem a ser reduzidos. Os empregados passam a se preocupar mais com a execução de suas tarefas e com a qualidade de seu trabalho.

Isso evita que a organização tenha que lidar com taxas elevadas de absenteísmo de seus funcionários.

 

4. Otimização do clima organizacional

Para que a equipe se mantenha produtiva e integrada, é necessário proporcionar um clima organizacional agradável. Sua qualidade pode interferir nas decisões dos colaboradores, assim como em suas atitudes e humor. Portanto, a gestão de benefícios deve levar em conta o ambiente de trabalho.

Entre os principais impeditivos de um clima organizacional otimizado está a insatisfação dos empregados com o trabalho ou com a empresa. Colaboradores desmotivados trabalham menos e atrapalham todos a sua volta.

Assim, com os benefícios certos, a empresa pode manter sua equipe satisfeita e, consequentemente proporcionar um clima organizacional tranquilo e produtivo.

 

5. Conquista os clientes internos

Os funcionários são os primeiros clientes que uma empresa deve conquistar. Caso, eles não comprem a ideia de sua marca, provavelmente seu negócio não irá para frente.

Dessa forma, a gestão de benefícios é primordial para conquistar o apoio deles, deixando os satisfeitos com seu trabalho. Assim, eles próprios se tornam promovedores de sua empresa, disseminando informações referentes à qualidade dos produtos vendidos.

 

Passo a passo para o RH fazer a gestão de benefícios

1. Considere os novos perfis de colaboradores

Primeiramente, para fazer uma boa gestão de benefícios, a empresa deve saber quem é seu público interno e o que eles preferem. O quadro de funcionários conta com profissionais millennials? Normalmente, eles desejam benefícios mais flexíveis e modernos.

Sua empresa precisa considerar que o cenário mudou. Portanto, antes de oferecer um pacote tradicional, é preciso considerar a opinião de seu time. Afinal, eles possuem suas metas e esperam crescer e se desenvolver por meio das vantagens oferecidas pela organização.

 

2. Analise todas as necessidades

Outro ponto a ser levado em conta é o tipo de benefício oferecido. Uma boa gestão de benefícios deve considerar que as pessoas são diferentes. Portanto há necessidades e desejos distintos que precisam ser supridos.

O RH precisa conhecer os anseios e as metas de carreira dos profissionais do time para conhecer melhor as preferências dos profissionais. Assim, é possível filtrar quais benefícios são mais relevantes para cada grupo.

 

3. Aposte em reconhecimento e recompensas

Os profissionais atuais estão sempre buscando por novos desafios para se sentirem motivados. Portanto, sua empresa pode trabalhar com uma política de benefícios focada em recompensa para incentivar as equipes.

Oferecer algum tipo de premiação, como viagens ou bonificações em dinheiro pode ser uma boa opção. Isso mostra aos colaboradores que seus esforços são valorizados e remunerados.

 

4. Estabeleça regras

É importante que a gestão de benefícios tenha regras. O RH deve ter certeza de que todas as informações envolvidas na política de benefícios sejam repassadas para os colaboradores.

Fazer a divulgação dos pacotes de benefícios é fundamental para motivar os funcionários, além de esclarecer possíveis dúvidas.

 

5. Avalie o custo-benefício

Os benefícios gerados são muitos, no entanto, ainda é necessário que a gestão de benefícios caiba no bolso da empresa.

Portanto, é preciso avaliar o custo de oferecer os benefícios solicitados pelos colaboradores em relação às vantagens que eles proporcionarão para os negócios.

 

Aumentar o nível de engajamento e motivação dos empregados é a maneira mais simples e rápida de garantir a qualidade de seus serviços. Portanto, invista na gestão de benefícios de seus colaboradores para mostrar que sua empresa enxerga e reconhece seu capital humano. Afinal, eles são essenciais para garantir o sucesso de seus negócios.

Gostou do artigo? Assine nossa newsletter e receba mais informações direto na sua caixa de e-mail.

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *