gerenciar a mudança cultural no local de trabalho

Aprenda a gerenciar a mudança cultural no local de trabalho!

Muitos fatores podem motivar a mudança cultural no local de trabalho. É necessário estar à frente de eventuais problemas internos, portanto, como a gestão opressora, os assédios e o bullying, entre outros, para que o ambiente seja mais produtivo, harmônico e com elevado nível de satisfação coletiva.

 

Gerenciar a mudança cultural no local de trabalho pode ser uma tarefa assustadora, pois esse tipo de mudança apresenta amplitude nos desafios a serem enfrentados e superados.

É importante, então, saber como identificar quais são esses desafios e obstáculos que podem surgir pelo caminho.

Por isso, convidamos você a seguir com esta leitura e aprender como gerenciar a mudança cultural no local de trabalho. Confira!

 

A importância da cultura da empresa

A importância de promover uma cultura de grande empresa não pode ser enfatizada excessivamente. As empresas que falham em colocar qualquer medida de importância em sua cultura interna, ou que permitem que a toxicidade interna cresça e se espalhe, estão fadadas a experimentar uma miríade de dificuldades.

Com isso, assédio, intimidação, violações dos direitos dos funcionários e outros abusos fluem a partir de um ambiente tóxico — e que custa milhões aos empregadores em processos judiciais.

O pior é que muitos desses processos poderiam ser evitados se a necessidade de mudança cultural no local de trabalho tivesse sido resolvida com antecedência.

Felizmente, a cultura tóxica da empresa é geralmente visível logo no início, e se os comportamentos e atitudes associados a ela forem contidos em tempo hábil, você pode evitar muitos problemas no futuro.

Como empregador ou profissional de RH, é sua responsabilidade abordar esses comportamentos tóxicos.

 

A motivação de mudança nas organizações

Muitas circunstâncias podem levar as organizações a reconhecer a necessidade de uma mudança cultural no local de trabalho.

Talvez, a sua organização tenha passado recentemente por um crescimento significativo, mudanças na liderança ou se questionado por que muitos dos seus bons funcionários estão buscando carreiras em outros lugares.

Esses sinais (entre outros) indicam que, talvez, seja hora de reformular a cultura interna. E, a seguir, aqui vão algumas das razões pelas quais as empresas precisam fazer uma mudança cultural no local de trabalho!

 

Funcionários

Uma grande motivação para gerenciar a mudança cultural no local de trabalho é ter funcionários com problemas.

Afinal de contas, ao permitir que alguns funcionários problemáticos mantenham seus maus hábitos, a empresa abre precedentes para que essas atitudes encorajem o mau comportamento coletivamente.

Assim, investir na mudança de cultura pode contagiar o comportamento proativo, otimista e resolutivo.

 

Crescimento acelerado

À medida que as empresas crescem, é percebida a necessidade por mudanças.

Por exemplo: horários de trabalho flexíveis podem funcionar para empresas menores, mas, quando crescem, mais estrutura e procedimentos podem ser necessários para ajudar a garantir confiabilidade aos processos.

Além disso, quando as empresas crescem, há menos visibilidade do CEO, o que reduz o seu impacto direto na cultura da empresa.

Consequentemente, o crescimento da empresa pode levar ao desenvolvimento de subculturas e mais oportunidades para a cultura tóxica infeccionar de maneira desapercebida entre um pequeno número de funcionários.

No entanto, também há aspectos positivos nisso, pois uma empresa em crescimento traz novas pessoas com diferentes perspectivas.

 

Índice de rotatividade

Funcionários se demitem, ocasionalmente, mas o excesso de rotatividade — sem explicação aparente — pode exigir que o setor de RH e os líderes examinem a cultura da empresa para encontrar a raiz do problema.

E não é mais segredo que, se uma empresa deseja reter seus melhores e mais brilhantes, precisa entregar uma boa experiência de funcionário.

 

Os benefícios de investir em gerenciar a cultura no local de trabalho

Quando os problemas acima são contornados, a sua empresa se beneficia amplamente em trabalhar a cultura de maneira propositiva no dia a dia, como:

Estabelecer uma cultura de empresa forte e bem-sucedida é vital para o sucesso em longo prazo de qualquer organização. Só que é importante avaliar os desafios dessa empreitada — como veremos a seguir!

 

Os desafios para gerenciar a mudança cultural no local de trabalho

O RH e a liderança da empresa podem enfrentar alguns desafios após diagnosticada a necessidade de transformar e implementar a cultura interna. Alguns deles você confere logo abaixo:

  • resistência à mudança, já que as pessoas, no geral, tendem a resistir às transformações no local de trabalho;
  • falta de motivação, sendo difícil recuperar a produtividade e o engajamento do funcionário. Daí, inclusive, a importância em conseguir alinhar a cultura da empresa com o perfil do seu quadro de funcionários;
  • falta de liderança, pois a mudança é responsabilidade de todos, não apenas do departamento de RH, e é importante pessoas à frente dessa mudança de atitude e comportamento;
  • potencial limitado, interferindo na busca por mudança. Soma-se a isso aquela estagnação e estabilidade, de alguns, que interferem no crescimento e transformação da empresa.

Vamos ver então, a seguir, como justamente evitar que essas questões acima se transformem em um problema para você gerenciar a mudança cultural no local de trabalho!

 

Como gerenciar a mudança cultural no local de trabalho

Os desafios de gerenciar a mudança cultural no local de trabalho podem ser assustadores, mas existem soluções que facilitam a tarefa de ajudar você a manter sua sanidade mental!

 

Colabore

Faça com que os funcionários queiram participar da criação da cultura da empresa. Quando se trata de mudança cultural, a colaboração é fundamental.

Isso porque os seus funcionários compõem a cultura interna, e deixar de incluí-los no processo cria apenas mais tensão no relacionamento — já distante, muitas vezes.

A cultura não é um processo unilateral, é composto por todos da organização. Por isso, ouça e aplique o feedback e as ideias que seus funcionários dão.

Para ajudar a garantir a colaboração, seja transparente e autêntico desde o início. Você também deve entender os sentimentos dos funcionários, realizando reuniões individuais e em grupo, onde você pode discutir abertamente preocupações e superar barreiras.

 

Não deixe os problemas acumularem

Após a instituição de novas políticas ou regras, cumpra-as desde o primeiro dia. Não deixe que os problemas anteriores permaneçam ou evoluam para outras situações.

É importante que você faça um acompanhamento consistente dessas mudanças, sendo o diferencial para qualquer equipe de gerenciamento. E, se você deparar com um funcionário agindo de maneira contrária à nova cultura da empresa, tome medidas imediatas e deixe claro que isso não será tolerado.

Se você começar a deixar as coisas acontecerem, aqui e ali, os colaboradores não levarão as novas alterações ou políticas a sério.

 

Invista na boa comunicação

Não confie em um único e-mail para informar sobre as mudanças no local de trabalho. No lugar, planeje uma reunião — ou várias — antes de fazer qualquer alteração.

Isso ajuda a obter a contribuição e o comprometimento dos funcionários. Afinal, sua empresa planejou mudanças programadas e comunicou todo o processo a seus funcionários para que ninguém seja pego de surpresa.

Comunicando-se com sua equipe sobre quais valores eles consideram importantes, as mudanças que você está planejando — e como implementá-las — reduzem a resistência à mudança.

 

Faça alterações graduais

Gerenciar a mudança de cultura no local de trabalho deve ser um processo gradual. Assim, em vez de uma rápida sucessão de mensagens ou reuniões, dê aos funcionários tempo para se adaptarem às ideias.

Pode levar semanas ou até meses para fazer as alterações desejadas, mas será mais fácil para todos os envolvidos. Afinal, ajustar a um novo ambiente de trabalho e cultura é difícil.

Portanto, introduza as mudanças lentamente, isso dará aos membros de sua equipe bastante tempo para se adaptarem e adaptarem-se confortavelmente à nova cultura.

 

Foque na alegria e satisfação no ambiente de trabalho

Mudança de qualquer tipo é difícil. Até por isso, focar na alegria dos colaboradores pode ser uma alternativa mais eficaz para implementá-las e contribuir com um ambiente sadio e colaborativo.

Às vezes, soluções simples, como investir em um café da manhã para os profissionais, ajudam na manutenção da satisfação, o que permite um alinhamento mais próximo de toda a cultura com os funcionários.

 

Os cuidados com a manutenção da cultura da empresa

Agora que já vimos como implementar e manter a cultura interna, a seguir separamos algumas dicas finais para você gerenciar a mudança cultural no local de trabalho:

  • defina valores e expectativas durante as entrevistas de emprego a fim de contratar as pessoas com mais afinidade à sua cultura;
  • garanta que os funcionários tenham uma ótima experiência durante os primeiros dias de trabalho e sintam-se conectados à sua marca;
  • forneça treinamento para definir os funcionários para o sucesso;
  • recompense aqueles que se saem bem;
  • comunique-se eficientemente e com transparência;
  • facilite o trabalho dos funcionários;
  • certifique-se de que os gerentes são líderes. Líderes inspiram e focam nas pessoas.

 

Gerenciar a mudança de cultura no local de trabalho é um desafio, mas seguindo essas dicas, você estará no caminho certo para criar uma cultura corporativa voltada para o sucesso. Mas aproveite para nos contar como a sua empresa já lida com essa situação no campo de comentários deste post!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.