´
futuro do trabalho

Futuro do trabalho: quais serão os desafios do RH?

O futuro do trabalho consiste no profundo alinhamento entre as demandas atuais, das organizações, e as principais tendências tecnológicas que permitem mais produtividade e eficiência com o uso reduzido de recursos. Tudo isso, é claro, impacta uma revolução nos setores, o que abrange desafios múltiplos para as empresas transformarem os seus modelos de negócios.

 

O futuro do trabalho já tem sido discutido hoje mesmo — e há alguns anos, na verdade. Se a sua empresa ainda não começou a discutir o assunto, nas suas periódicas reuniões, aqui vai um aviso amigo: comece já!

Isso porque as grandes tendências e soluções tecnológicas já estão revolucionando o modelo de trabalho — em pequena e larguíssima escala! E não estamos falando apenas da transição do analógico para o digital ou de processos de admissão on-line, especificamente.

Esse conceito está amplamente fundamentado no quanto a tecnologia já afetou outros setores sociais e corporativos. É o caso dos atuais conceitos de RH 4.0, marketing 4.0 e indústria 4.0 — para citar alguns, apenas.

Que tal acompanhar-nos ao longo desta leitura, então, e descobrir os seus impactos e quais desafios o setor de RH tem pela frente?

O que significa o conceito de futuro do trabalho?

O futuro do trabalho nada mais é do que o conceito contemporâneo de lidar com as tendências do mercado por meio de sua análise e antecipação.

Por exemplo: o uso de um software de gestão modulável faz com que a sua empresa tenha, constantemente, um produto alinhado às carências do mercado, mas que se atualiza periodicamente para suprir as futuras demandas e eventuais necessidades que a sua organização tenha para desenvolver-se.

Não por menos, considerando que os adventos tecnológicos evoluem em um ritmo constante e dinâmico. Muitas soluções usadas, hoje em dia, podem ser obsoletas em curto prazo.

 

O quanto isso impacta o setor de RH?

Cada vez mais, o setor de recursos humanos tem assumido uma posição mais analítica, estratégica e determinante para o desenvolvimento das organizações — independentemente do seu porte ou setor de atuação.

Tudo porque as novas tecnologias — promovidas pelo conceito de futuro do trabalho — colocaram o departamento em uma posição privilegiada para compilar e avaliar as métricas obtidas por diversas soluções digitais, como o já citado software de gestão.

Sem falar, é claro, que esse tipo de solução permite mais tempo hábil, aos seus colaboradores, para desenvolverem estratégias de motivação, engajamento, flexibilidade e de promoção do bem-estar e da qualidade de vida de todos na organização.

Afinal, com as soluções tecnológicas vêm os recursos de automatização de processos.

Com isso, o futuro do trabalho se pauta em dar aos seus profissionais menos tarefas mecânicas e repetitivas, focando o seu tempo de expediente em atividades mais estratégicas, por assim dizer.

Inclusive, pode ser um recurso valioso para desafogar a sobrecarga que os seus profissionais workaholics carregam. Afinal de contas, com menos trabalhos “superficiais” sob a sua responsabilidade, eles podem organizar melhor as suas rotinas, evitando as longas horas pós-expediente em suas baias de trabalho.

Quais são os desafios que interpelam o futuro do trabalho no RH?

Desafios existem — especialmente, dentro de qualquer tipo de revolução dentro dos modelos de negócio. Com isso, o futuro do trabalho no RH está repleto de pontos de atenção, como:

 

Qualificação dos seus profissionais

Independentemente de ter uma equipe de RH com jovens talentos (egressos das gerações Z e millennials), profissionais veteranos ou um misto de várias gerações, é importante alinhar com todos os objetivos da empresa.

Isso inclui a afinidade que eles devem ter com esses recursos tecnológicos, por exemplo, e até mesmo a redistribuição do tempo de trabalho deles, tendo em vista as facilidades que os softwares promovem, atualmente.

Dessa maneira, a transição para o futuro do trabalho começa com harmonia, e um profundo alinhamento para que os seus colaboradores saibam, exatamente, o que é esperado deles com base nessa transformação.

 

Configuração da cultura organizacional da empresa

Imagine o impacto em uma rotina corporativa quando a energia elétrica passou a figurar na sociedade ou, até mesmo, os primeiros computadores?

O mesmo vale com a transformação digital, que remodelou todo o fluxo de trabalho das empresas. Como consequência, o RH tem um papel de protagonista nessa reconfiguração.

Para começar, é preciso entender o quanto tais mudanças (como o investimento em novas tecnologias) vai impactar a hierarquia, a logística dos processos de trabalho e quais serão os obstáculos ao longo de sua implementação.

Por exemplo: por meio de um programa que faça a admissão digital de novos funcionários, é preciso entender o que vai mudar, em todo o fluxo, para que a sua implementação não tenha gargalos produtivos.

 

Conhecimento das principais tecnologias do futuro do trabalho

De nada adianta um alto investimento em tecnologias se a sua empresa não tem, primeiramente, objetivos esclarecidos para gerar mais competitividade e qualificar toda a sua estrutura organizacional.

Para auxiliar, abaixo reunimos alguns dos principais recursos apontados como o futuro do trabalho para você diagnosticar quais deles podem ser adaptados à sua rotina:

 

1. Inteligência Artificial

inteligência artificial um recurso dotado de pluralidade nas soluções tecnológicas. Em um software de gestão, por exemplo, a compilação de dados (das métricas monitoradas pelo RH) e a sua análise estratégica permitem uma tomada de decisão mais assertiva e ágil.

 

2. Realidade Aumentada

A realidade aumentada é a sobreposição de imagens digitais em ambientes físicos. Para o treinamento de colaboradores, por exemplo, a tecnologia agrega mais engajamento e, principalmente, segurança — o recurso é usado para simular situações de risco, mas em um local seguro.

 

3. People Analytics

O people analytics esbanja uso da inteligência artificial para acumular dados a respeito da performance dos seus profissionais. Com isso, fica mais fácil identificar problemas, apontar carências e elaborar insights valiosos para o desenvolvimento da empresa.

 

4. Big Data

O Big Data é a tradução do intenso (e imenso) volume de dados on-line que geramos diariamente. Só para se ter uma ideia: em um dia, são gerados mais de 2,2 milhões de terabytes ao redor do mundo. Assim, a tecnologia facilita a absorção de organização de informações relevantes para a sua empresa.

 

5. Softwares de gestão

Softwares de gestão automatizam processos, reduzem o ciclo produtivo de cada tarefa do setor e, inclusive, integra a sua ferramenta com outras, permitindo uma avaliação completa do seu negócio.

 

Portanto, o seu setor de RH pode ter muito trabalho pela frente, ainda, para alcançar o futuro do trabalho no seu dia a dia. Entretanto, anime-se: muitas dessas tendências podem já estar — explícita ou implicitamente — inseridas nas tecnologias usadas pela sua empresa.

É importante saber quais delas podem facilitar o cumprimento de metas e objetivos que você já tem estabelecidos, internamente, para descobrir não apenas como tornar a rotina mais conveniente, mas quais são os próximos passos para a sua empresa permanecer em evolução — assim como o futuro do trabalho permanece em constante atualização.

 

Se você está em busca de um ambiente que já faz esse tipo de monitoramento e conhece bem quais são os grandes adventos do futuro do trabalho, fique de olho em nossa página do Facebook e siga-nos no Instagram, Twitter e LinkedIn! Lá, você vai ficar por dentro, em primeira mão, de todas as nossas dicas e novidades focadas na qualificação contínua do seu setor de RH! Nos vemos por lá 🙂

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.