Inscreva-se

Funcionário desmotivado? Descubra como identificar esses colaboradores!
Cultura da Empresa

Funcionário desmotivado? Descubra como identificar esses colaboradores!

A motivação é um dos fatores que mais influenciam nos resultados de um negócio.

Sem ela, o foco e o comprometimento dos colaboradores desaparecem, o que causa impactos extremamente negativos na produtividade.

Nesse cenário, um dos papéis mais importantes do RH é saber como identificar um funcionário desmotivado.

Ao detectar as razões do problema, é possível traçar um plano para recuperar o profissional em questão, fazendo com que ele volte a render tudo o que pode.

Pensando nisso, reunimos neste artigo os principais sinais que mostram quando um funcionário está desmotivado. Para saber mais, é só acompanhar o post!

 

Como o RH deve atuar para motivar a equipe?

Uma das principais funções do RH é cuidar da gestão de pessoas, o que inclui planejar e executar medidas que garantam a motivação dos funcionários.

Para ter sucesso nessa missão, é preciso identificar as necessidades dos colaboradores e criar ações efetivas para atender a cada uma delas.

Vamos começar pelo básico: todo profissional deseja ser valorizado financeiramente pelo seu trabalho, certo?

Para assegurar que isso aconteça, o departamento deve ter muita atenção ao plano de cargos e salários.

Se a remuneração e benefícios estiverem abaixo do mercado, certamente os colaboradores ficarão insatisfeitos e deixarão a organização na primeira oportunidade que aparecer.

Estimular o crescimento profissional também ajuda a evitar que o funcionário fique desmotivado.

Isso pode ser feito por meio de treinamentos, programas de educação corporativa e um plano de carreira bem elaborado.

Dessa forma, os talentos da empresa desenvolvem suas competências e recebem orientação para evoluir na estrutura hierárquica.

Contar com a colaboração dos gestores também é muito importante para manter a motivação em alta.

Desenvolva os líderes para que eles inspirem, valorizem e respeitem seus funcionários.

Excesso de burocracia e comportamentos agressivos são péssimas práticas para qualidade do ambiente de trabalho.

Entenda tudo sobre motivação no trabalho através deste e-Book:


Quais razões tornam um funcionário desmotivado?

Como dito anteriormente, o funcionário fica desmotivado quando não tem suas necessidades atendidas.

Satisfação profissional vai muito além de trabalhar e receber o salário em dia. Veja abaixo alguns dos principais fatores que podem minar o comprometimento de um colaborador.

 

Ausência de feedbacks

Feedbacks são fundamentais para que o profissional tenha consciência dos seus acertos, erros e o que deve fazer para evoluir.

Sem esse tipo de retorno, o funcionário fica perdido em relação às suas metas, e pouco a pouco deixa de enxergar oportunidades de crescimento na empresa.

 

Baixa remuneração

Receber menos do que outros profissionais da mesma área é motivo de frustração para muitas pessoas.

Caso não seja possível oferecer um aumento imediato, o gestor deve valorizar o trabalho do funcionário com incentivos, elogios e orientações.

Assim, ele perceberá que pode crescer e conquistar um bom retorno financeiro a médio prazo.

 

Falta de propósito

Os profissionais querem, acima de tudo, se sentir bem com aquilo o que fazem. Para isso, é necessário criar identificação com a cultura e com o propósito da empresa.

Se o colaborador não tiver um objetivo que o faça ter alegria em trabalhar, mais cedo ou mais tarde ficará desmotivado.

 

Metas impossíveis ou medíocres

Estabelecer metas inalcançáveis é uma das piores coisas que um gestor pode fazer a um funcionário.

Por mais que ele se esforce, nunca vai conquistar seu objetivo, o que resulta em um grande sentimento de incapacidade.

O mesmo vale para metas fáceis demais. Profissionais talentosos são movidos por desafios. Quando eles não existem, fica difícil manter esses colaboradores interessados em suas atividades.

 

Conflitos na equipe

Empresas que estimulam a competição acirrada entre funcionários costumam ter altas taxas de desmotivação.

Isso aumenta o volume de conflitos internos, fazendo com que o clima fique insustentável. Já imaginou trabalhar diariamente em um lugar onde ninguém se fala?

Para evitar isso, o melhor a fazer é criar um ambiente colaborativo. Quando todos se ajudam, fica fácil criar vínculos poderosos e relacionamentos saudáveis.

Assim, quando surgirem conflitos, solucioná-los será muito mais simples.

 

Como identificar um funcionário desmotivado?

Saber identificar um funcionário desmotivado é primordial para resolver o problema. Para isso, é preciso ficar atento a alguns sinais. Confira abaixo uma lista com os indícios mais comuns:

 

Falta de entusiasmo

Falta de proatividade, atraso de entregas, desinteresse pelos objetivos da empresa… Muitos gestores interpretam esse tipo de atitude como má vontade, mas na maioria das vezes significa apenas que o funcionário está desmotivado.

Vale ter uma conversa com o colaborador para entender o problema e encontrar soluções.


Excesso de reclamações

Funcionários desmotivados costumam reclamar de tudo, alimentar fofocas e agir com pessimismo, o que prejudica muito o ambiente de trabalho.

Em casos assim, é preciso ligar o sinal de alerta, pois a negatividade é contagiosa e pode afetar a motivação dos demais membros da equipe.


Queda na produtividade

Quando um funcionário está desmotivado, sua produtividade vai caindo gradativamente. Não é proposital, e sim uma consequência da falta de foco.

Portanto, se perceber queda na qualidade das entregas de um colaborador, procure saber o que está acontecendo.

 

Faltas e atrasos

O aumento das taxas de absenteísmo e atrasos são fortes indícios de desmotivação. Quando não sente vontade de trabalhar, o colaborador faz de tudo para permanecer o máximo de tempo possível longe da empresa.

É claro que isso também pode estar relacionado a questões de saúde, por isso é importante observar cada situação de perto.

Se for o caso, mantenha um canal de diálogo aberto para o funcionário compartilhar o problema.

 

Respostas negativas

“Não tenho tempo”, “agora não dá”, “não vou fazer” são frases típicas do funcionário desmotivado.

Por estar insatisfeito, o colaborador inconscientemente negligencia as metas da empresa e se nega a colaborar com a equipe.

É uma atitude altamente nociva, que precisa de solução imediata.

 

Essas foram as nossas dicas para identificar um funcionário desmotivado! Agora que você já sabe tudo sobre o assunto, que tal colocar o que aprendeu em prática?

Preste atenção aos sinais e promova soluções rápidas para os problemas identificados. Assim, será possível garantir um alto nível de satisfação interna e produtividade!

 

Gostou do artigo? Siga-nos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn! Nas redes sociais, você acompanha em primeira mão todos os nossos melhores conteúdos sobre RH e gestão de pessoas!

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *