ferramentas-gerenciais

7 ferramentas gerenciais que toda empresa precisa usar

Por meio do auxílio de ferramentas gerenciais, as empresas conseguem delegar para as soluções tecnológicas uma série de atividades.

Com isso, os seus especialistas adquirem tempo hábil para assumirem posições analíticas e estratégicas. Para tanto, vale a pena entender quais áreas e atividades podem ser otimizadas com essas ferramentas como:

  1. Gestão de documentos;
  2. Escrituração contábil;
  3. Sistema de cobrança;
  4. Gestão financeira;
  5. Auditoria;
  6. Balanço patrimonial;
  7. Controle de custos.

Nos dias atuais, as ferramentas gerenciais são de grande auxílio para os colaboradores, independentemente do setor em que atuem.

Entretanto, vale destacar que os setores financeiro e contábil têm muito a se beneficiar disso. Afinal de contas, por meio da automação de processos, os seus especialistas adquirem menos responsabilidades mecânicas e repetitivas e aproximam-se de uma atuação mais analítica e estratégica na empresa.

Quer saber quais são os departamentos e as atividades que podem ser ainda mais valorizadas por meio das ferramentas gerenciais? Neste post, vamos discutir o assunto de maneira mais aprofundada. Confira!

Importância das ferramentas gerenciais

ferramentas-de-gestao

Resumidamente, as ferramentas gerenciais podem ajudar na estruturação de áreas e seus respectivos processos. Além, é claro, de ter atuação ativa no auxílio do trabalho cotidiano.

Com a transformação digital presente na sociedade, tais soluções tecnológicas ofereceram respostas para as novas demandas criadas pelo mercado. Assim, adquire-se mais produtividade, economia de tempo e recursos e muito mais organização para os setores.

Quando falamos especificamente nos setores financeiro e contábil, estamos diante de atividades que exigem elevada concentração para acompanhar números, índices e dados em constante movimentação.

Com as ferramentas gerenciais, podem ocorrer menos erros, no processamento de informações e muito mais insights. Afinal, esses produtos podem atualizar os dados automaticamente, garantindo um tempo hábil para a tomada de decisão ágil e assertiva.

Atividades que podem ser beneficiadas pelas ferramentas de gestão

Abaixo, listamos alguns pontos que podem ser fortalecidos com o uso de ferramentas gerenciais. São eles:

  • registro, monitoramento e controle de todas as receitas da empresa;
  • organização dos custos e despesas realizados;
  • registro de todos os investimentos realizados;
  • monitoramento de índices para averiguar se o previsto e o projetado estão em alinhamento;
  • controle do estoque mais eficaz e automatizado;
  • acompanhamento de relatórios.

Você que já trabalha no setor deve ter percebido que as ferramentas gerenciais podem contribuir com muitas atividades e responsabilidades que compõem a sua rotina, não é mesmo? Vamos ver em quais áreas específicas essas soluções podem ser aplicadas.

7 principais ferramentas gerenciais para empresas

Abaixo, apontamos as áreas para onde apontam as grandes ferramentas gerenciais do mercado atualmente. Veja só quais são!

1. Gestão de documentos

Empresas que lidam com um volume elevado de documentos — como NFs, orçamentos, relatórios, registros financeiros e outras papeladas — precisa concentrar as informações em um só lugar.

E o melhor: sem ocupar muito do espaço físico da empresa. Assim, entre as ferramentas gerenciais mais relevantes para o financeiro e o setor contábil, a gestão de documentos se destaca.

Com esse tipo de solução, o armazenamento e o gerenciamento de arquivos acontece com mais facilidade, agilidade e fluidez. Além de permitir a abertura, edição e compartilhamento de informações com segurança, sem riscos de perder ou extraviar os documentos.

2. Escrituração contábil

A contabilidade pode ter um grande aliado para a tomada de decisão rápida e assertiva. Para isso, as ferramentas gerenciais garantem um registro prático dos dados com personalização das tarefas que a sua empresa tem, especificamente, adaptando-se às suas necessidades.

Vale destacar ainda que existem outros tipos de soluções que se adaptam rapidamente a qualquer tipo de organização, sabia?

E para saber mais a respeito, aproveite para ler o nosso artigo que aponta as melhores ferramentas para pequenas empresas, após esta leitura!

3. Sistema de cobrança

Por meio da automatização de cobranças, os seus especialistas devem cuidar, exclusivamente, de monitorar e acompanhar o processo, não tendo mais o trabalho de lidar diretamente com a atividade.

Dessa maneira, todo tipo de inadimplência é notificado com antecedência, garantindo aos profissionais mais recursos e tempo hábil para bolar estratégias diferenciadas para minimizar o impacto disso.

4. Gestão financeira

Softwares de gestão são algumas das principais ferramentas gerenciais, já que o setor financeiro adquire total amparo para ser automatizado e ter a sua rotina facilitada.

Por meio desse tipo de solução, a organização financeira da empresa é beneficiada. Sem falar que com a integração proporcionada com outras soluções (como um sistema contábil), o diálogo gera um poder de automatização ainda maior.

O que por consequência, oferece mais produtividade aos seus funcionários e a possibilidade de dedicar o seu tempo em ações mais estratégicas.

5. Auditoria

A auditoria interna tem o objetivo de avaliar as práticas aplicadas na empresa. E isso inclui:

  • setor contábil;
  • controle financeiro;
  • políticas de gestão. 

Entre outras áreas que devem ser monitoradas a fim de identificar melhorias contínuas em suas execuções.

Para qualquer tipo de empresa, ferramentas gerenciais nesse sentido facilitam a elaboração de auditorias, na compilação dos resultados e no diagnóstico de melhorias e ajustes nos processos de trabalho.

6. Balanço patrimonial

O balanço patrimonial aponta para os seus profissionais a situação dos lucros, além das dívidas e do patrimônio da empresa. Com tais ferramentas gerenciais, evita-se erros de preenchimento, na elaboração de relatórios e também de imprevistos nos cálculos e análises.

Assim, as suas equipes adquirem mais precisão na avaliação das condições financeiras da empresa.

7. Controle de custos

Por fim, procure por ferramentas gerenciais que auxiliem no controle de custos. Para quem segue uma série de orçamentos, vale a pena contar com esse tipo de solução.

Assim, fica mais fácil acompanhar as performances de cada área, a fim de identificar se a média orçamentária está sendo respeitada.

[Bônus] Xerpay: ferramenta de salário sob demanda

O Xerpay é uma ferramenta que permite que seus colaboradores antecipem parte de seus salários quando quiserem, de forma simples e instantânea.

O benefício permite que seus funcionários tenham mais liberdade financeira e evitem altos gastos com o cheque especial. Conheça os recursos do app:

Fale com um especialista e descubra como implementar esse benefício na sua empresa.

Agora, queremos ouvir também de você: quais ferramentas gerenciais são indispensáveis para a sua empresa? Compartilhe as suas experiências conosco, no campo de comentários deste post!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.