Com alguns exemplos de manuais do colaborador, a sua empresa consegue elaborar um documento original, e carregado com tudo de melhor identificado em cada um deles. Assim, os profissionais recém-contratados têm mais chances de integrarem-se rapidamente ao ritmo e responsabilidades dos seus respectivos cargos.

 

Todo explorador do mundo antigo tinha em mãos um mapa detalhadíssimo para auxiliarmos em suas respectivas jornadas de conquistas. E os primeiros dias de trabalho podem ser tão desnorteantes quanto eram as primeiras expedições rumo ao desconhecido. Daí, a importância em ter um manual do colaborador.

Talvez, você conheça-o por outros nomes, como manual do funcionário ou guia de campo, entre outros. Só que a função dele é a mesma, independentemente de como você intitule-o.

E, para ajudar você a ser o norte na bússola dos seus futuros conquistadores, preparamos este post com alguns exemplos de manuais do colaborador.

Assim, você consegue extrair o melhor de cada um e compor um documento original e devidamente alinhado aos pilares institucionais da sua empresa. Boa leitura!

O que são os manuais do colaborador?

Antes de mostrarmos os exemplos de manuais do colaborador, vamos à contextualização de sua importância e aplicação: trata-se de um documento elaborado para orientar os recém-contratados sobre tudo que eles precisam saber para começar em seu trabalho.

Você pode enviá-lo até mesmo antes do primeiro dia, incluindo-o no e-mail de boas-vindas. Eles também podem ser documentos na forma de um formulário, e usado como um check-list ou referência para que o novo colaborador tenha em mãos todas as informações necessárias para uma integração harmoniosa.

Afinal de contas, sabemos que os primeiros dias de trabalho são densos, complexos e truncados. Quando se tem bons exemplos de manuais do colaborador, por sua vez, esse processo é mais orgânico.

Portanto, distribuir manuais do colaborador pode não apenas fazer com que os profissionais se sintam preparados para lidar com o trabalho, mas pode aumentar a eficiência do novo contratado logo de cara.

>> Quer ter o checklist perfeito de Onboarding para o colaborador? Clique aqui e acesse o nosso template!

Quais informações contêm um manual do colaborador?

Como os requisitos, os valores fundamentais e as metas de cada empresa são diferentes, cada uma deve ter o seu manual para que reflita, exatamente, essas características. Mas, no geral, um bom manual contém:

  • a cultura da empresa, os valores e uma declaração de sua missão no mercado;
  • os recursos humanos e as informações legais, bem como os direitos e as obrigações relacionados ao emprego, e o que se espera do colaborador;
  • expectativas realistas, para que o profissional se prepare e já planeje o seu próprio desenvolvimento na organização;
  • as políticas da empresa sobre o tempo de férias, informações relativas aos dias de falta (como em casos de doença, por exemplo), as políticas de não-discriminação etc..

Vale destacar, contudo, que não há lei que obrigue a elaboração desse tipo de documento. É claro que a empresa tem que notificar o colaborador a respeito de direitos e exigências trabalhistas, mas não como veremos nos exemplos de manuais do colaborador, mais abaixo.

Existem empresas, por exemplo, que fazem isso informalmente, em uma simples conversa. Mas, como vimos, fazer esse processo pode ser muito proveitoso para a organização e, especialmente, para os recém-contratados da empresa.

Vale destacar, também, que os manuais dos funcionários também ajudam a rápida integração dos funcionários. Faz com que sintam-se em casa facilmente, pois eles ficam por dentro da história da organização, bem como os pilares institucionais.

São questões relevantes para ele entender, de imediato, como se portar e agir em diversas situações, uma vez que toda a cultura organizacional está impressa no material. Mais do que aprender a realizar o seu trabalho, ele vai aprender a se comportar como um membro ativo da sua empresa.

Como inspirar-se em bons exemplos de manuais do colaborador?

A seguir, buscamos as informações de alguns excelentes exemplos de manuais do colaborador para a sua inspiração.

Isso porque, mesmo depois de saber tudo o que precisa estar em um manual, ainda é difícil imaginar como as informações devem surgir ao longo do conteúdo.

E, convenhamos: é muito mais fácil pensar em como será o manual da sua empresa se você puder trabalhar com alguns exemplos já consolidados, não é mesmo? Aí vão ótimos exemplos de manuais do colaborador que vale a pena dar uma espiada!

 

1. Nordstrom

Embora não atinjam todos os pontos que muitas empresas incluem, sua abordagem simples une-se a mensagem objetiva e funcional. Comece, portanto, com uma regra simples para preencher o conteúdo restante posteriormente. Clique aqui e acesse o manual da Nordstrom!

 

2. Valve

Se você tem se perguntado sobre bons exemplos de manuais do colaborador, é provável que suas pesquisas tenham se encerrado no excelente trabalho da Valve.

Foi, inclusive, um documento que viralizou, há um tempo, devido ao seu bom desempenho e receptividade dos colaboradores da empresa. Clique aqui e acesse o manual da Valve!

 

3. Hubspot

Esse manual faz parte da nossa seleta lista porque consegue impactar os leitores por meio de um formato tradicional de PowerPoint. Ao compartilhá-lo no SlideShare, eles praticam a transparência que tanto pregam no dia a dia da empresa. Clique aqui e acesse o manual da Hubspot!

 

4. Netflix

Há uma razão para que haja uma boa chance de você provavelmente ter ouvido falar sobre o documento da Netflix, entre tantos exemplos de manuais do colaborador.

Afinal de contas, ele delineia a cultura e os valores da empresa e os torna acionáveis para o leitos. Dê uma conferida aqui!

 

5. Facebook

O manual da maior rede social do mundo é projetado com tanta habilidade, que costuma exigir uma nova e prazerosa leitura por entre as suas páginas — um grande feito, considerando que estamos diante de um documento corporativo, e não um best-seller. Clique aqui e acesse o manual do Facebook!

 

6. Trello

A empresa de tecnologia usa a sua própria plataforma para abrigar o seu manual do colaborador. Quer mais praticidade e conveniência do que isso? Clique aqui e acesse o manual da empresa Trello!

 

Como esses exemplos de manuais do colaborador mostram, existem muitas maneiras de abordar o seu profissional recém-contratado. Uma dica nossa: comece com a base e os valores de sua empresa, e faça o processo de maneira lógica, transparente e objetiva.

E,caso esteja em busca de mais dicas para isso, e qualificar ainda mais a relação com os seus colaboradores, aproveite para assinar a nossa newsletter — é só preencher os seus dados, no canto inferior do blog da Xerpa — e receber todas as nossas novidades diretamente no seu endereço de e-mail!