evitar comprar desnecessárias

Como evitar compras desnecessárias? Confira dicas para controlar melhor os gastos!

Segundo dados da Confederação Nacional Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito, 61 milhões de brasileiros entraram em 2020 endividados, situação que vem piorando com a crise mundial causada pela pandemia. 

Mais do que nunca, este é o momento de pensar em como evitar compras desnecessárias para não prejudicar o orçamento.

Milhares de pessoas têm dívidas altíssimas por não conseguirem dizer “não” a si mesmas. Lembre-se: algumas compras podem até satisfazer seus desejos imediatos, mas também pode acabar colocando em risco seu bolso e seu futuro financeiro.

Para te ajudar, listamos as melhores dicas sobre como evitar compras desnecessárias e controlar melhor os gastos. Quer saber mais? Confira a seguir!

A importância do autocontrole para a saúde financeira

Cortar gastos e poupar dinheiro são atitudes fundamentais para manter uma boa saúde financeira, sobretudo em momentos de crise, em que as taxas de desemprego sobem e o mercado de trabalho fica cheio de incertezas.

Monitorando as despesas, é possível usar o dinheiro de forma mais inteligente e construir uma boa reserva de emergência, enfrentando esses momentos com muito mais tranquilidade.

Para isso, ter autocontrole é imprescindível. Segundo o CNDL, 60% dos brasileiros fazem compras por impulso com frequência, hábito que contribui para aumentar a taxa de endividamento no País. Os itens favoritos para esse tipo de compra são:

  • roupas, calçados e acessórios;
  • compras de supermercado;
  • cosméticos;
  • contas de bares e restaurantes.

Não há problema nenhum em investir no próprio bem-estar, afinal ele é absolutamente necessário para uma vida feliz e saudável. A questão é fazer compras e mais compras sem nenhum planejamento, muitas vezes gastando mais do que ganha.

É aí que muita gente se perde e cai no cheque especial ou estoura o limite do cartão de crédito. Com os juros se acumulando, a dívida vira uma bola de neve, e aquelas compras que deveriam trazer satisfação se tornam um problema dos grandes.

Para que isso não aconteça, é preciso criar hábitos que joguem a favor do seu bolso, como os que veremos a seguir.

Dicas para evitar compras desnecessárias

Para evitar compras desnecessárias, tudo se resume a avaliar bem a necessidade de levar um item para casa e frear os impulsos de ter gastos que não cabem no seu bolso. Mas sabemos que não é tão simples assim. 

Por isso, separamos algumas dicas que podem te ajudar a controlar melhor o seu orçamento.

  • respeite seu orçamento mensal;
  • faça uma lista quando for ao supermercado;
  • deixe o cartão de crédito em casa;
  • não compre de primeira;
  • cuidado com as promoções;
  • evite dar presentes caros;
  • liste razões para não fazer a compra;
  • alimente-se em casa;
  • deixe o carro na garagem;
  • fuja das tentações;
  • comece a poupar;
  • controle as suas emoções.

Respeite seu orçamento mensal

O primeiro passo para evitar compras desnecessárias é montar uma planilha de orçamento mensal. Nela, você poderá anotar tudo o que entre e o que sai da sua conta, dividindo suas despesas em categorias como moradia, alimentação, transporte, bem-estar e dívidas, entre outras.

Assim você terá uma visão mais clara das suas finanças pessoas e passará a observar para onde está indo o seu dinheiro. Dessa forma, fica mais fácil identificar os excessos e cortar gastos onde é necessário.

Mas tenha em mente que apenas montar o orçamento não vai te ajudar: é preciso respeitá-lo acima de tudo. Por isso, não deixe de anotar seus gastos diariamente e observar quanto dinheiro você ainda tem para o mês, evitando ficar no vermelho ou gastar demais no cartão de crédito.

>> Quer aprender a montar um orçamento pessoal eficiente? Confira este outro post do blog: Planejamento financeiro pessoal: o que é e como implementá-lo <<

Faça uma lista quando for ao supermercado

Sempre que for ao supermercado, faça uma lista de compras e coloque no carrinho apenas o que estiver anotado nela. Para não correr o risco de levar itens extras, evita ficar passeando pelos corredores e vá direto ao ponto. Outra dica é deixar as crianças em casa, para que o poder de convencimento delas não o faça comprar nada além do necessário.

Deixe o cartão de crédito em casa

Se você tem o hábito de fazer compras por impulso, deixe o cartão de crédito em casa ou, de preferência, nem tenha um. Muitas pessoas se endividam porque usam o cartão como extensão do salário, ou fazem muitas compras parceladas sem ter real controle do quanto estão gastando.

Nisso, a conta vem bem mais alta do que a pessoa pode pagar, fazendo com que ela precise parcelar a fatura. Essa é a maior armadilha financeira em que alguém pode cair, pois o crédito rotativo tem um dos juros mais altos do mercado. Quando você se dá conta, está pagando mais em taxas do que no valor dos produtos em si.

Não compre de primeira

Uma boa tática para evitar compras desnecessárias é nunca levar um item para casa assim que o vê. Se você gostou muito de algo, mas achou caro, espere 24 horas. Se depois desse tempo, achar que ainda precisa daquilo, só então leve.

E ainda assim não compre na primeira loja em que passou. Pesquise em outros lugares e na internet, para ver se encontra um preço menor. 

Considere também esperar um pouco mais para fazer negócio. Produtos como smartphones, por exemplo, costumam ficar bem mais baratos alguns meses após o lançamento.

Cuidado com as promoções

Resistir a promoções quando não tem dinheiro ou sabe que não precisa daquele produto é fundamental para evitar compras desnecessárias. De nada adianta encontrar um item com desconto se o seu orçamento já está estourado, não é mesmo?

Não se deixe impressionar por mensagens como “corra, que está acabando”, “é só até hoje” ou “desconto para os primeiros cem clientes”. Esse senso de urgência, na verdade, não existe: são frases criadas para que você se sinta quase obrigado a comprar o que não precisa.

Evite dar presentes caros

Se for uma compra planejada e não for prejudicar o seu bolso, não tem problema impressionar uma pessoa querida com o presente dos sonhos. Agora, se o dinheiro estiver curto, não há motivo para dar um presente caro e apertar ainda mais as suas contas.

Se o seu filho precisa de um tênis novo e você não tem dinheiro, compre um modelo mais simples. O aniversário do seu pai está chegando e você não pode dar o que gostaria? Faça o seu melhor da forma que puder, sem gastar mais do que pode. Pensar dessa forma é uma ótima maneira de evitar compras desnecessárias.

Liste razões para não fazer a compra

Ao pegar nas mãos um item que está pensando em comprar, liste cinco razões para não levá-lo para casa. Se no fim das contas você achar a decisão ruim, não compre. 

Pense novamente no exemplo do smartphone: você pode querer muito o modelo top de linha que custa R$ 5 mil reais, mas será que precisa mesmo dele? Ou aquela linha intermediária de R$ 1,5 mil já satisfaz as suas necessidades?

Só de avaliar o custo-benefício você já consegue enxergar com clareza se a compra vale a pena ou não.

Alimente-se em casa

No dia a dia, procure fazer suas refeições em casa sempre que puder. Em geral, fazer compras no supermercado e cozinhar sai muito mais barato do que comer fora.

Não que você nunca deva ir a restaurantes, mas deixe isso para os finais de semana ou para ocasiões especiais. Fazer isso com frequência pode fazer o seu dinheiro ir embora num piscar de olhos.

Deixe o carro na garagem

Outra boa maneira de evitar compras desnecessárias é deixar o carro em casa, pelo menos algumas vezes na semana. Vá a pé, de bike, de metrô… Todos esses meios de transporte custam muito mais barato do que usar o carro todos os dias. Usar aplicativos de caronas de vez em quando também pode te ajudar a economizar.

Assim você se livre do estresse do trânsito e economiza com estacionamento e combustível. Além disso, se for fazer compras, vai acabar levando menos itens, já que não terá como carregar muitas sacolas.

Fuja das tentações

Se ir ao shopping desperta impulsos consumistas em você, evite esse tipo de ambiente. Normalmente esses locais são planejados para que você sinta vontade de comprar cada vez mais. Para evitar compras desnecessárias, prefira passeios que não tenham esse tipo de tentação, como parques.

O mesmo vale para compras online. Você não resiste às promoções que recebe por e-mail e nas rede sociais? Pare de seguir páginas de loja e desative esse tipo de notificação. Quanto menos incentivo você tiver para comprar, melhor.

Comece a poupar

Guardar uma parte do seu salário assim que ele cai na sua conta é uma excelente forma de evitar compras desnecessárias. Assim você evita gastar com o que não precisa e ainda constrói uma boa reserva para você. Depois de um tempo, você terá uma boa quantia para usar em imprevistos ou fazer aquela viagem que você desejava há muito tempo.

Controle suas emoções

Se você costuma recorrer à compras quando está triste ou nervoso, saiba que isso é muito comum. É a chamada “terapia de compras”, que acontece quando uma pessoa gasta dinheiro para aliviar o estresse ou se sentir bem momentaneamente, por estar passando por uma situação difícil.

Se for o seu caso, olhe para dentro e tente entender o que está acontecendo, procurando soluções reais para o problema. As compras podem até trazer um alívio momentâneo, mas não resolvem nada. Pior: o gasto desenfreado pode deixar o seu orçamento fora de controle, trazendo mais um problema sério para você lidar mais tarde.

Agora que você já sabe como evitar compras desnecessárias, que tal colocar o que aprendeu em prática? Não deixe de viver nem de fazer as coisas que gosta, mas busque o autocontrole para chegar a um equilíbrio. Quanto mais você pensar antes de comprar, mais dinheiro vai poupar.

 

Gostou do artigo? Siga-nos nas redes sociais e recebe em primeira mão os nossos melhores conteúdos sobre finanças pessoais. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.