etapas do treinamento e desenvolvimento

Etapas do treinamento e desenvolvimento: crie um planejamento infalível!

O treinamento e desenvolvimento (T&D) são processos que potencializam competências profissionais e pessoais para otimizar etapas do trabalho, e consequentemente, todo fluxo da empresa. Suas etapas fundamentais são:

  • diagnóstico;
  • planejamento;
  • implementação;
  • avaliação.

Tais processos devem ser planejados considerando a realidade da empresa, suas necessidades e, principalmente, o mercado em que ela está inserida. Todas as etapas do treinamento de desenvolvimento devem criar um elo de interesses para suprir as necessidades negociais da empresa.

Conhecimentos e habilidades devem ser estimulados a fim de fomentar atitudes dos colaboradores que elevem a qualidade da empresa como um todo, aprimorando a sua vantagem competitiva diante do mercado.

É importante ressaltar que programas de treinamentos e desenvolvimento são diferentes dos treinamentos tradicionais, que oferecem habilidades técnicas apenas para situações específicas. O T&D desenvolvem capacitações técnicas e interpessoais para situações das mais diferentes naturezas.

Quer conhecer todas as etapas de treinamento e desenvolvimento para potencializar as competências da sua equipe profissional? Então, acompanhe este post e otimize os resultados da sua empresa!

 

O que é Treinamento e Desenvolvimento (T&D)?

Segundo Yara Barreto, na obra Como treinar sua equipe (1995):

Treinamento é a educação profissional que visa adaptar o homem ao trabalho em determinada empresa, preparando-o adequadamente para o exercício de um cargo podendo ser aplicado a todos os níveis ou setores da empresa.

Já desenvolvimento é aperfeiçoar as capacidades e motivações dos colaboradores a fim de torná-los futuros membros valiosos da organização, conforme dizem George Milkovich e John Boudreau na obra Administração de Recursos Humanos (2000).

O treinamento é um processo que condiciona pessoas para execução de tarefas, e desenvolvimento é o processo de maturação, que eleva o nível de conhecimento, habilidades e comportamento.

 

Quais são as etapas do Treinamento e Desenvolvimento?

Uma medida inteligente é criar um planejamento junto com os gestores da empresa, assim é possível ter uma noção mais aprofundada sobre os objetivos negociais. Desta forma, alinhar ao propósito de crescimento dos colaboradores se torna mais prático.

Entenda todas as etapas logo abaixo:

 

1. Diagnóstico: definição das necessidades da organização

Antes de mais nada é essencial que seja feito um levantamento das necessidades da empresa e dos colaboradores. Para isso, pesquisas organizacionais podem ser aplicadas para facilitar o diagnóstico e detectar as falhas que acontecem nos processos atuais.

Além disso, como o treinamento precisa estar alinhado aos objetivos e metas negociais, como a busca pelo lucro, melhora na satisfação ao cliente, redução da rotatividade de colaboradores, entre outros, a sua base deve ser considerada.

Sua missão, visão e valores precisam estar diretamente ligados aos propósitos do treinamento, reforçando a cultura organizacional da empresa.

 

2. Planejamento: definição de ações e metas

Agora, levando em consideração todo diagnóstico da empresa, é o momento de planejar o treinamento na prática. Desde o conteúdo, a forma, o material, o local, a data, o custo, o prazo, a metodologia.

Para isso, é importante considerar o perfil dos colaboradores de cada setor, pois isso influenciará diretamente na absorção do conteúdo exposto.

Seja uma palestra, um curso on-line, um grupo de estudos ou uma aula tradicional, o perfil do receptor deve ser analisado com cautela. Um único formato dificilmente atenderá a todos com qualidade.

Além disso, é preciso que mecanismos de avaliação dessa aplicação também sejam definidos, a participação de um especialista para interpretar corretamente os dados é uma solução.

 

3. Implementação: execução

Neste momento também é importante considerar a metodologia escolhida. Por exemplo, se o treinamento for on-line, é fundamental que todos tenham acesso a internet com qualidade e um material digital pronto. O operacional será um requisito essencial.

Imprevisto acontecem, então esteja preparado para isso também. Tenha um plano B para qualquer problema. Uma equipe bem preparada faz toda a diferença!

 

4. Avaliação: mensuração de resultados

Hora de avaliar a qualidade do treinamento! Tudo pode ter corrido como o esperado, mas isso não necessariamente significa que trouxe resultados para a organização. Lembre-se do propósito do programa:

  • mudança no comportamento e no pensamento do colaborador;
  • otimização dos objetivos e metas mercadológicas da organização.

 

O treinamento atendeu a essas demandas?

Existem diversas formas de avaliar a qualidade de um treinamento, especialistas poderão dizer qual a melhor para o seu programa. Contudo, algumas práticas mais comuns podem ajudar.

Aplicar testes com conhecimentos técnicos podem ser uma opção para conferir se o conteúdo foi absorvido ou não pelos colaboradores. Feedback também são essenciais! Ouça sugestões e tome nota de tudo. Caso exista resistência por medo de se expor, faça questionários anônimos.

É importante ressaltar que o desenvolvimento é um caminho, e que o colaborador não mudará de uma hora pra outra e nem com apenas um programa de treinamento. O foco é sempre impulsioná-lo a experienciar transformações que o desenvolvam profissionalmente e pessoalmente. E assim, capacitá-lo a ser ainda mais eficiente naquilo que faz.

 

Quem participa do Treinamento e Desenvolvimento?

As etapas de treinamento e desenvolvimento devem integrar e interagir com todas as áreas da empresa, como um tipo de Networking. Só assim será possível observar o conjunto e criar padrões de pensamento propícios ao desenvolvimento de novos conhecimentos organizacionais.

Conhecendo todas as áreas da empresa, a adaptabilidade de novas culturas passa a ser mais assertiva, garantindo que a T&D seja mais do que uma tentativa, mas uma ferramenta estratégica na gestão do conhecimento e do capital intelectual em qualquer organização.

 

Quem elabora e aplica as etapas do Treinamento e Desenvolvimento?

Os profissionais de Recursos Humanos (RH) são os habilitados à essa tarefa. Cabe a eles democratizar e incentivar o desenvolvimento de conhecimento dentro da empresa. Para isso, é essencial que uma cultura organizacional seja instaurada ou reforçada para sustentar as práticas do T&D.

Os colaboradores e gestores precisam ser capazes de enxergar na prática os reais motivos e vantagens desse investimento para desenvolver uma consciência coletiva na organização.

A Cultura Organizacional é o principal critério tático e estratégico de qualquer operação empresarial, pois rege a maneira como as políticas e o planejamento estratégico são aplicados. Por isso, está diretamente ligada a todas as etapas do treinamento e desenvolvimento.

 

Curtiu as etapas de treinamento e desenvolvimento para potencializar a sua empresa? Siga a Xerpa nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn e conta pra gente como está sendo essa transformação!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.