Erp para pequenas empresas

ERP para Pequenas Empresas: tudo sobre o que é, como usar e seus benefícios

O ERP para pequenas empresas pode ser muitas vezes ainda mais importante do que para aquelas grandes, já que facilita a gestão empresarial.

O sistema ERP para pequenas empresas auxilia nos primeiros estágios de crescimento da organização, garantindo que o negócio consiga sobreviver através de um gerenciamento eficaz! Além disso, ele engloba diversos processos da rotina empresarial, facilitando a sua realização.

Com o sistema ERP para pequenas empresas, é possível aumentar a produtividade no ambiente de trabalho, uma vez que sua eficiência automatizada reduz os erros e necessidades de ajustes.

Neste artigo, mostraremos mais sobre esse conceito e como ele pode ajudar nas pequenas empresas. Continue lendo e tire suas dúvidas!

O que é ERP para pequenas empresas?

Do inglês, ERP é uma sigla para Enterprise Resource Planning que em português é traduzida como Sistema de Recursos Empresariais.

O ERP para pequenas empresas é uma ferramenta que permite unificar todos os processos gerenciais do seu cotidiano em um mesmo sistema que utiliza a automação para elevar a eficácia de um negócio. Ao mesmo tempo que permite um(a) melhor:

Ou seja, serão ali incluídas soluções de diversos setores como:

  • finanças;
  • administrativo;
  • contábil;
  • estoque;
  • vendas, entre outros.

Ao invés de uma empresa ter um software para cada setor, com o ERP para pequenas empresas é possível otimizar processos em um sistema único e integrado. No entanto, sempre com suas adequadas especificações, oferecendo arquivos e ferramentas que cada um deles precisa para realizar suas funções.

Enquanto muitas empresas possuem planilhas específicas para cada setor – que precisam ser atualizadas e armazenadas manualmente, dificultando o fluxo de dados -, os ERPs facilitam o seu compartilhamento de informações de forma integrada e sem o risco duplicações!

Por que usar um sistema ERP nas pequenas empresas?

Ter um sistema ERP em seu negócio é fundamental para o crescimento, através de um aumento na eficácia dos processos gerenciais. É por meio deles que os lucros sobem. Ao mesmo tempo que se experimenta uma redução do retrabalho e do desperdício de recursos.

Isso porque as necessidades da empresa irão se concentrar em um único sistema, ao invés da utilização de inúmeros softwares. Tornando a comunicação eficiente e integrada entre setores sem desordem, o que aumenta a eficácia dos processos e o seu potencial de crescimento no mercado!

Ou seja, o sistema ERP para pequenas empresas não trabalha de forma pontual, resolvendo apenas um problema, mas sim, atingindo um nível maior na produtividade da empresa.

Benefícios do ERP em pequenas empresas

É possível reparar que esse é um sistema bastante assertivo e imprescindível para o sucesso de um negócio, certo?

Portanto, ele é considerado um investimento necessário em termos de crescimento. Abaixo listamos suas principais vantagens do ERP para empresas, confira!

1. Otimização dos processos gerenciais

Considerado um modelo de automação comercial, o ERP para pequenas empresas possui uma metodologia fácil de ser utilizada. Isso porque ela serve para simplificar o trabalho humano. Ao mesmo tempo que permite a entrega de resultados de qualidade.

Sua eficiência se dá pela intuitividade das plataformas online que podem ser utilizadas em computadores e dispositivos móveis.

Além disso, as informações são compartilhadas num mesmo local, sempre de forma segura, através do armazenamento protegido por tecnologia de ponta!

O sistema permite ainda uma redução nos custos com softwares, ao mesmo tempo que aumenta a eficiência nas rotinas administrativas.

2. ERP para pequenas empresas economizarem

Uma de suas inúmeras vantagens, é a redução de custos dentro das empresas, através da integração de dados de diferentes setores.

Logo, o gestor acompanha o fluxo de caixa de maneira adequada, identificando o quanto pode ser utilizado para investir no crescimento do negócio. Ao mesmo tempo que ele obtém uma análise sobre as possíveis melhorias que vão reduzir os custos sem que a produtividade caia!

Por exemplo, incentivando o trabalho através do estoque mínimo, uma ação que reduz as perdas de forma significativa.

3. Elevação da produtividade humana

Por ser um sistema automatizado, uma padronização de processos acaba sendo implementada dentro das empresas.

Isso facilita o trabalho dos colaboradores que perdem menos tempo com tarefas repetitivas. Ou até mesmo, com questões burocráticas!

Sua estrutura bastante simples torna possível a colaboração entre diversos setores, aumentando produtividade e agilidade para atender as demandas, ao contrário do que acontece quando diversos softwares são usados já que, nesses casos, o número de erros e retrabalho é bem grande!

Vale ressaltar ainda que essa integração facilita o uso de dados em diferentes setores, mas, que são fornecidos por apenas um!

Por exemplo, quando o marketing recebe os resultados de uma campanha, logo, as informações são passadas para os setores de vendas e finanças.

4. Potencial de crescimento e aumento nos lucros

O ERP nas pequenas empresas torna sua gestão mais eficaz através de um fluxo concentrado de informações de diferentes setores.

Com isso, uma análise permite identificar quais áreas necessitam de mais investimento. Ou então, como reduzir os custos nas empresas com gastos elevados.

Portanto, esse sistema facilita a criação de indicadores de desempenho para o seu negócio, com acompanhamento automático.

De modo que, os gestores tenham auxílio na hora de traçar estratégias. Ou até mesmo, para identificar falhas nos processos e criar as melhores soluções.

Uma vez que, os indicadores apontam em “tempo real” as maiores falhas e custos que prejudicam o desenvolvimento da empresa!

Em resposta, é possível tomar decisões mais assertivas que irão influenciar o crescimento da empresa. Afinal de contas, os dados estarão sempre atualizados!

ERP é fundamental para as pequenas empresas

Em resumo, o ERP para pequenas empresas é fundamental para o crescimento de diversos negócios dentro do mercado.

O sistema funciona de forma integrada, unificando diferentes setores. Isso permite que análises e identificações sejam feitas de forma automatizada.

Com isso os gestores podem melhorar a tomada de decisões, com base em dados mais assertivos para:

  • Reduzir diversos custos;
  • Aumentar a eficiência dos processos;
  • Elevar a produtividade;
  • Otimizar os processos gerenciais;
  •  Identificar setores que precisam de investimentos;
  • Localizar pontos de melhorias.

Gostou do artigo? Otimize a produtividade do seu negócio com o ERP para pequenas empresas. Clique aqui e conheça o blog da GestãoClick, você terá acesso a conteúdos com esse!

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.