Inscreva-se

Entrevista em grupo: como usar essa estratégia no processo de recrutamento e seleção
Admissão

Entrevista em grupo: como usar essa estratégia no processo de recrutamento e seleção

A entrevista em grupo é uma estratégia de processo seletivo onde os recrutadores entrevistam vários candidatos ao mesmo tempo para economizar tempo e dinheiro.

Neste artigo abordaremos a importância dos processos seletivos na dinâmica de resultados das empresas. Entre os modelos mais adotados está a entrevista em grupo, que pode oferecer maior economia as empresas na seleção, além de poupar tempo dos recrutadores. Quer saber como ser mais assertivo para escolher o candidato ideal? Confira nossas dicas.

 

As vantagens e desvantagens da entrevista em grupo

Entrevista em grupo é uma forma de os recrutadores avaliarem as competências dos candidatos em conjunto. Por meio desse tipo de recrutamento é possível reunir um grande número de profissionais no mesmo ambiente, otimizando o tempo dos processos seletivos.

Porém, juntar um número elevado de candidatos é um desafio para os recrutadores em vários aspectos, como, por exemplo, conseguir deixar o profissional à vontade.

Como todo tipo de recrutamento, a entrevista em grupo apresenta vantagens e desvantagens e precisa ser avaliada pela empresa. Pois assim fica mais fácil encontrar um modelo ideal de recrutamento para acertar nas contratações.

Alguns dos motivos principais para que as empresas adotem esse tipo de entrevista são os custos dos processos seletivos e a redução do tempo com entrevistas.

Com a entrevista em grupo é possível avaliar ao mesmo tempo um número ilimitado de profissionais, em torno de 10 a 15 normalmente. Através dela, a empresa também pode analisar aspectos como: trabalho em equipe e desempenho sob pressão.

Quer saber mais os principais benefícios da entrevista em grupo e em quais pontos ela apresenta desvantagens em relação a entrevista individual?

Preparamos um manual sobre o assunto para que a sua empresa, junto aos gestores e profissionais de RH, avaliem se esse tipo de entrevista se adequa ao que você precisa.

 

O que esperar da entrevista em grupo

A entrevista em grupo pode ser uma alternativa a entrevista individual para acelerar seus processos de seleção. Mas, como qualquer formato de entrevista existem vantagens e desvantagens para a empresa, ao adotar essa estratégia.

Explicaremos cada um dos pontos para você reconhecer se esse processo é vantajoso para as escolhas profissionais da sua empresa.

 

As vantagens da entrevista em grupo

Entre as principais vantagens da entrevista em grupo, podemos destacar os seguintes pontos:

  • otimização do tempo no processo de seleção;
  • redução de custos;
  • apoio na contratação de muitos profissionais;
  • colocar candidatos a prova.

 

Otimização do tempo no processo de seleção

Uma das principais vantagens da entrevista em grupo é a possibilidade de diminuir o tempo do processo seletivo. Ou seja, quando os recrutadores recebem uma grande quantidade de currículos, eles podem selecionar um número maior de pessoas para entrevistar.

Com isso, eles reduzem o tempo de seleção dos perfis ideais para a vaga e durante a entrevista em grupo podem avaliar inúmeros candidatos ao mesmo tempo. Isso é uma grande vantagem em relação às entrevistas individuais que demandam muito mais tempo e disposição dos recrutadores.

Em uma entrevista individual, onde você gastaria duas horas com cada profissional, no formato de entrevista em grupo, nesse mesmo tempo, você entrevista até dez candidatos. Eliminando assim, possíveis dias consecutivos de entrevista e gastos extras.

Como diz o famoso ditado de Benjamin Franklin: “tempo é dinheiro”.

 

Apoio na contratação de muitos profissionais

A entrevista em grupo também facilita o trabalho dos recrutadores quando o processo de seleção está aberto para mais de uma pessoa.

Isso acontece em muitos casos na abertura de vagas para vendedores, operadores de telemarketing, em que muitos precisam ser contratados, com o mesmo perfil.

Adotando a entrevista em grupo fica mais fácil selecionar muitas pessoas para a mesma vaga. Contribuindo e reduzindo os esforços dos recrutadores para selecionar um grande número de candidatos para preencher os cargos.

 

Redução de custos

Um processo seletivo oferece inúmeros gastos para a empresa em todas as suas etapas. Seja na divulgação da vaga, pré-seleção, filtro, entrevistas e entre outras fases.

Gastos que podem ser mensurados pelo tempo que cada profissional (recrutador) irá dedicar em cada uma dessas etapas.

A entrevista em grupo pode reduzir esses custos, principalmente na etapa de pré-seleção e entrevistas, já que o custo será menor, levando em conta o tempo dedicado na procura.

Quando se desloca menos profissionais para um processo de contratação o gasto é menor. Isso se explica, pois, não é necessário fazer uma força-tarefa para que inúmeros profissionais contribuam com as etapas de seleção.

Assim, os profissionais de RH e os gestores podem se dedicar a outras tarefas para motivar seus colaboradores.

 

Colocar os candidatos à prova

É inegável que a entrevista em grupo gera certa tensão e pode aumentar o nível de pressão e estresse dos candidatos.

E isso pode ser benéfico para os recrutadores, que podem avaliar questões como comunicação, liderança, tomada de decisão, trabalho sob pressão e em grupo.

Em uma entrevista em grupo, o recrutador pode colocar o candidato à prova adaptando a dinâmica conforme a realidade da vaga que ele irá exercer.

É possível adotar dinâmicas com participações coletivas, orais ou de escrita, adequando os testes a competência que você precisa.

 

As desvantagens da entrevista em grupo

Apesar das vantagens, existem alguns inconvenientes que colocam a entrevista individual ainda à frente na preferência dos recrutadores. Destacamos esses pontos negativos abaixo.

  • exposição dos profissionais;
  • dificuldade para criar relacionamento com o candidato;
  • falhas na avaliação de habilidades;
  • impossibilidade para selecionar vagas executivas.

 

Exposição dos profissionais

Muitos profissionais se sentem expostos quando precisam falar sobre si na frente de outros. Uma das grandes desvantagens da entrevista em grupo é que os recrutadores podem estar perdendo um talento, que pode ser mais introvertido.

Dessa forma, é possível cometer uma injustiça profissional. Em uma entrevista em grupo, os mais extrovertidos podem se sobressair e não necessariamente serão os mais talentosos.

Essa imagem criada pode dar uma falsa impressão para o recrutador de que aquele é o melhor candidato.

 

Dificuldade para criar relacionamento com o candidato

A entrevista individual permite que o recrutador construa maior relacionamento com o candidato. Ponto que a entrevista em grupo não permite. A conversa olho no olho da entrevista individual pode oferecer maior profundidade de conhecimento do profissional.

É possível explorar e conhecer mais a fundo os pontos fortes e fracos do colaborador com maior intimidade para saber dos seus objetivos pessoais e profissionais. Quando se está em grupo, essa individualidade se perde, e o recrutador fica com uma visão mais macro.

 

Falhas na avaliação de habilidades

A entrevista em grupo pode apontar uma competência de trabalho em equipe em um profissional. Mas, não é em um dia que se constrói uma equipe eficiente.

Inclusive, nesse formato de entrevista, muitos podem se sentir inibidos e desconfortáveis em trabalhar com pessoas que estão lutando pela mesma vaga.  

Ou seja, não é a entrevista em grupo que te dará uma posição final sobre a aptidão de trabalhar em grupo ou não do seu candidato. Principalmente pela característica de expor o profissional na frente de concorrentes, dentro desse tipo de entrevista.

 

Impossibilidade para selecionar vagas executivas

Se é possível aplicar a estratégia da entrevista em grupo para reunir um grande número de candidatos, isso pode não funcionar em cargos executivos. Algumas empresas acreditam que podem abdicar da entrevista individual, reunindo um nível sênior em grupo.

Entretanto, não é assim que a coisa funciona. Candidatos mais experientes podem se sentir desmoralizados ao serem expostos no mesmo local com muitos candidatos.

A CEO da editora 3L Publishing, Michelle Gamble Risley, por exemplo, participou de uma entrevista em grupo e criticou veementemente a empresa.

Ela afirmou que sequer teria participado se soubesse que seria exposta daquela forma. Relatou também que a entrevista em grupo foi chocante e desmoralizante.

Por esse motivo, é muito importante que os recrutadores comuniquem com antecedência os profissionais que se candidataram para a vaga sobre como será a entrevista.

Recomendamos que você baixe esse eBook gratuito. Nele você saberá traçar estratégias para um processo de recrutamento e seleção efetivo! Responda o formulário e receba:


Dicas de entrevista em grupo para recrutadores

Para a entrevista em grupo, os recrutadores devem criar mecanismos para torná-la mais assertiva. Processos longos podem fazer a empresa perder dinheiro, gerando altos índices de turnover e de novas contratações.

Para obter sucesso na entrevista em grupo, é fundamental que o recrutador siga essas dicas:

  • controle o tempo;
  • prepare um roteiro de entrevista;
  • seja claro com os candidatos;
  • aplique testes.

 

Controle o tempo

Uma forma de planejar bem um processo seletivo é a competência de conseguir controlar o tempo.

Entrevistas em grupo tendem a durar muito mais do que o previsto. Então, é muito importante se planejar para delimitar o tempo para cada candidato falar.

Busque uma entrevista dirigida, onde você controla os candidatos e não o contrário. Dessa forma fica até mais fácil estar atento ao que cada profissional tem a dizer, sendo mais assertivo no momento da escolha.

 

Prepare um roteiro da sua entrevista

O que é mais importante para sua empresa e o que você está buscando no candidato ideal? Quais competências e habilidades a vaga exige? Responder essas perguntas é o primeiro passo para ser mais assertivo em processos seletivos, ainda mais em entrevista em grupo.

Prepare um roteiro, avalie questões como experiência profissional, formação educacional, preferências pessoais e objetivos na carreira. Esse planejamento pode lhe ajudar a selecionar ou a eliminar um profissional.  

 

Seja claro com os candidatos

Um posicionamento claro sobre o que você precisa saber dos colaboradores é essencial no seu papel de recrutador.

Dependendo da vaga, tente ser claro e objetivo nos questionamentos. Não seja técnico demais, para que todos os presentes na entrevista em grupo entendam – isso irá depender da competência exigida para o cargo.

É importante que em um processo seletivo o recrutador se coloque no nível dos seus candidatos. Desta forma, ele irá incentivar a participação de todos.

 

Aplique testes

Uma alternativa de recrutamento em entrevista em grupo são os testes de seleção. Através deles o recrutador pode ter maior exatidão sobre as habilidades e competências do candidato e consequentemente obter maior êxito na contratação de seus profissionais.

Confira abaixo algumas das técnicas mais utilizadas:

 

Teste de escrita

Saber escrever corretamente é o mínimo no mercado atual. Todos os profissionais mandam e-mails, fazem anotações e precisam ter um bom vocabulário para fazer isso.

Em uma entrevista em grupo, peça para os candidatos escreverem uma redação. Pode ser sobre o seu dia a dia ou contando sobre sua carreira e metas profissionais.

Sem dúvida, esse já será um caráter eliminatório muito eficaz para analisar a capacidade de escrita deles.

 

Dinâmica de grupo

Muito utilizada pelas empresas no mercado, a dinâmica de grupo é utilizada para que o recrutador possa ir mais a fundo sobre qual o perfil de cada candidato. Na entrevista em grupo, por exemplo, é possível perceber qual a capacidade de trabalho em equipe.

Uma das mais comuns é a dinâmica utilizada para entrosar a equipe. Aqui se dispõem os colaboradores em círculo e cada um faz uma apresentação de si mesmo e depois escolhe o próximo candidato que irá falar.

É um método simples, mas que pode contribuir em uma análise sobre a habilidade de relacionamento do seu futuro colaborador.

 

Teste de raciocínio

Testes de raciocínio lógico, idiomas e técnicos contribuem para que o recrutador encontre o perfil ideal para a vaga.

Em uma entrevista em grupo aplicar uma “prova” com perguntas objetivas relacionadas a área de atuação, pode determinar os conhecimentos específicos e necessários dos seus candidatos.

 

O tipo de entrevista ideal

Processos de recrutamento e seleção são sempre um desafio para a empresa e para os candidatos. Portanto, escolher o processo seletivo ideal – seja uma entrevista em grupo ou entrevista individual – para sua empresa é uma forma de ser mais assertivo nas escolhas.

Mas esse processo requer planejamento e estratégia do RH. Assim, será possível definir qual o tipo de recrutamento ideal para a cultura de recrutamento da empresa e do cargo ofertado.

O mercado exige dos recrutadores preparo profissional. Tanto para conhecerem as alternativas de recrutamento, como para construírem corretamente suas estruturas de entrevista para encontrar o candidato ideal.  

Empresas que erram menos no momento de selecionar um candidato possuem equipes que rendem mais e que oferecem maiores resultados. E, com isso, o índice de turnover diminui e é possível reter os talentos.

Uma pesquisa da Robert Half mostrou que 51% dos gestores do Brasil acreditam que a perda de produtividade está relacionada a contratação equivocada.  Por isso, é importante que o profissional de RH organize seus processos de recrutamento e seleção e esteja mais próximo do sucesso.

 

Quer saber mais sobre processos de seleção e descobrir como trazer maior eficácia para contratar novos colaboradores? Leia o nosso artigo “Entrevista estruturada: como ter maior precisão no recrutamento de novos funcionários?

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *