Empresas que investem na motivação dos funcionários alcançam índices de crescimento e lucratividade muito maiores. Isso porque as organizações dependem diretamente de profissionais engajados e dispostos para que o seu produto ou serviço tenha um alto padrão de qualidade.

Grandes corporações já se deram conta disso e investem muito para oferecer as melhores condições de trabalho possíveis, apostando no bem-estar e na qualidade de vida dos colaboradores.

Neste post, vamos falar sobre algumas dessas organizações e o que fazem para garantir o engajamento dos seus profissionais. Se você ficou curioso para saber os benefícios que os empregados dessas empresas têm direito, acompanhe o nosso post!

 

Por que investir na motivação dos funcionários?

Os profissionais levam em consideração as condições de trabalho na hora de disputar uma vaga.

Hoje, todos têm consciência de que um bom ambiente laboral respeita os seus funcionários e dá condições para que as tarefas sejam realizadas de maneira plena.

Se observarmos as grandes empresas que dominam o mercado atual, como Facebook e Google, todas têm uma preocupação constante com a satisfação dos seus contratados, tratando os colaboradores como clientes.

Políticas voltadas ao lúdico e ao bem-estar têm se mostrado eficientes para altos níveis de contentamento dos funcionários, assim como estratégias que possam facilitar o seu dia a dia, como creche na empresa e convênios com instituições de ensino, por exemplo.

Com o crescimento do mercado e o surgimento de diversas startups, saem na frente as corporações que oferecem condições capazes de atrair os melhores talentos.

Além disso, a retenção é outro fator importante. Os custos de rescisão e processos seletivos são altos e devem ser evitados ao máximo.

Uma organização capaz de oferecer boas condições de trabalho se destaca não só na hora de contratar, mas também na hora de atrair o consumidor e acaba ultrapassando a concorrência.

 

Quais são as grandes empresas que investem na motivação dos funcionários?

Reunimos aqui alguns exemplos de organizações de grande porte que se preocupam com a motivação de seus colaboradores, e como elas promovem esse engajamento. São elas:

 

1. Coca-Cola

A cultura organizacional da Coca-Cola se baseia fortemente no bem-estar dos profissionais. Dentre seus pilares está a crença de que o sucesso da empresa depende diretamente de funcionários comprometidos e motivados.

Há na organização uma gratidão permanente pelo papel significativo dos empregados no alcance das metas corporativas.

O trabalho da empresa pelo engajamento de seus funcionários é feito por meio de excelentes benefícios.

O pacote de vantagens da empresa já é bem interessante por si só, e ainda somado com alguns recursos difíceis de encontrar em outras organizações.Dentre essas vantagens estão:

  • reembolso de matrícula. Um fundo financeiro para graduação renovável;
  • descontos para a compra de carros e serviço de limpeza à seco nas dependências da empresa.

 

2. Facebook

Dentre os diferenciais do pacote de benefícios oferecido por Mark Zuckerberg aos seus funcionários está a assistência médica e odontológica e seguro de vida. Além disso, a empresa reembolsa 50% da mensalidade da academia.

Para futuras mamães, o Facebook oferece quatro meses de licença-maternidade e uma verba adicional de 4 mil dólares para despesas de adoção.

Os colaboradores com filhos até 5 anos de idade têm direito a 3 mil dólares anuais para cobrir gastos com babás.

 

3. DreamWorks

A DreamWork oferece diversos benefícios não-monetários, mas que impactam na qualidade de vida dos funcionários.

Podemos citar alguns, como:

  • aulas de exercícios físicos;
  • estações de trabalho personalizadas
  • smoothies;
  • e iniciativas voltadas para o engajamento.

Essas atividades não são vistas como distração. A empresa entende que durante a realização de grandes projetos, é natural que em alguns momentos as pessoas percam um pouco da energia e da motivação.

Tais intervenções ajudam a retomar a concentração e fazem o trabalho fluir melhor, mesmo com pequenas mudanças na rotina.

 

4. Google

Em todos os escritórios do Google espalhados pelo mundo, os funcionários seguem horários flexíveis de trabalho. Isso se dá graças à crença da empresa na liberdade e na responsabilidade das pessoas.

Um dos pontos mais marcantes do Google é a administração por metas e não por processos.

Assim, os próprios colaboradores definem como vão alcançar seus objetivos e gerir a carreira, mantendo a sua identidade e maneira de trabalhar.

 

5. L’Oréal

A maior oportunidade de engajamento dos funcionários está logo nos primeiros meses de contratação. A L’Oréal usa esse recurso como nenhuma outra empresa e conhece o impacto desse fator no atendimento aos clientes.

Após mudanças em prol do envolvimento maior dos seus colaboradores, a empresa notou que a fidelidade dos consumidores aos produtos da marca aumentou em cerca de 50%.

Por isso, a organização sabe da importância de trabalhar a retenção de seus funcionários. Mesmo que para isso sejam necessários investimentos mais altos.

Dentre as estratégias usadas, está a implementação de um aplicativo chamado “Fit”, que pretende auxiliar o processo de integração dos profissionais recém-contratados.

O recurso alcança até 10.000 novas contratações por ano e está disponível em 11 idiomas. A ferramenta ajuda os funcionários a conhecerem a cultura e normas da empresa, completando as “missões” na vida real.

 

6. HP

A Hewlett Packard tem uma política global de trabalho remoto com horário flexível há 15 anos. No Brasil, a empresa conta com mais de 8.400 funcionários, sendo que 40% deles atuam de maneira remota.

O vice-presidente de RH da empresa, Antonio Salvador, afirma que não há uma regra determinada para o trabalho remoto, que pode ser negociado entre colaborador e gestor.

Essa negociação é feita com base no tipo de trabalho de cada um ― funções que exigem interação diária com clientes ou que obedecem a regulamentações sindicais coletivas, como call centers, infelizmente não podem ser incluídas nessa política.

No entanto, outras funções estão liberadas para esse regime de atuação e inclusive, já demonstram aumentos da produtividade por dispensar os funcionários do deslocamento.

 

Agora que você conhece grandes empresas que investem na motivação dos funcionários e sabe da importância desse aspecto para o crescimento corporativo, que tal pensar em algumas estratégias para promover o bem-estar dos seus colaboradores?

 

Deixe um comentário no post com algumas das suas práticas, ou se você é um contratado, quais benefícios gostaria de ter em sua empresa.