7 dicas para economizar e ser mais sustentável na limpeza em casa

economizar mais sustentável em casa

Os produtos de limpeza são essenciais para manter a casa limpa, porém eles podem pesar no bolso se não forem escolhidos corretamente. Por isso, muitas pessoas recorrem a dicas para economizar e ser mais sustentável em casa. 

Pois, dessa forma, é possível não só trazer economia no dia a dia da limpeza da casa, mas também contribuir com o meio ambiente. 

Você sabia que detergentes ou produtos que contenham cloro podem causar um desequilíbrio ambiental relacionado ao recurso hídrico? 

Ou seja, se descartados de forma incorreta diversos itens de limpeza podem impactar na microfauna, causando a morte de algas e peixes. Um simples despejar de água sanitária em excesso pode gerar esse problema na natureza. 

Isto quer dizer que usar produtos de limpeza em excesso pode impactar não só nas suas economias, mas no meio ambiente como um todo. Mas quais dicas dicas para economizar e ser mais sustentável em casa com produtos de limpeza? 

Neste artigo vamos lhe ajudar a economizar dinheiro, mantendo a sustentabilidade, sem precisar deixar de lado a limpeza da casa. Confira!   

Como economizar e ser sustentável no dia a dia?

Será que é mesmo possível ser sustentável e economizar com produtos de limpeza ao mesmo tempo? A resposta é sim! Para lhe ajudar nesse desafio, seguem 7 dicas que irão contribuir com os seus gastos financeiros e meio ambiente. 

1. Organize sua lista de compras 

Uma dica de ouro da gestão financeira é planejar as compras antecipadamente. Essa é também uma das dicas para economizar e ser mais sustentável em casa. 

Em outro artigo, inclusive, demos dicas de economia doméstica para fazer seu orçamento render, leia clicando aqui

Se você não sabe o que comprar, acaba aceitando aquele “produto de limpeza mágico”, que sempre custa uma pequena fortuna e muitas vezes tem o mesmo efeito de um mais barato. 

De acordo com um estudo do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) 81% dos brasileiros admitem não ter conhecimento sobre suas finanças. 

Por isso, antes de comprar faça a famosa listinha de compras e compre apenas o que precisa. Faça uma pesquisa do que agride menos o meio ambiente e dê preferência aos produtos de limpeza com menor conteúdo de ativos químicos. 

2. Compre 1 item de cada produto 

A importância dessa listinha de compras não evita apenas aquele desejo de comprar os “produtos de limpeza com funções mágicas”, mas também de comprar itens que tem a mesma função na limpeza. 

Quem nunca comprou um produto só porque a cor era diferente ou a marca e pagou mais caro sendo que a função dos dois era a mesa? O segredo é optar por apenas 1 item para cada finalidade e não vários com a mesma composição.

Portanto, pesquise antes a embalagem e para o que cada coisa serve e priorize aqueles itens mais sustentáveis. Lembre-se que ser mais caro não significa necessariamente que ele é melhor ou pior do que um mais barato. 

3. Utilize produtos com refil 

Atualmente inúmeros produtos de limpeza oferecem embalagens refil. Isso quer dizer que muito menos produtos serão descartados da forma incorreta. 

No Brasil, segundo o Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (Selurb) com a consultoria PwC (PricewaterhouseCoopers), o índice de reciclagem é baixíssimo, com 3,7%. 

24% dos domicílios não se preocupa com reciclagem e descartam o lixo de forma inadequada. Para evitar esse problema, uma das dicas para economizar e ser mais sustentável em casa é optar pelo refil

Assim, você contribui com o meio ambiente, diminuindo a produção de lixo e economizando ao comprar produtos que são refil, com embalagens mais simples e teoricamente mais baratas. 

4. Dilua corretamente os produtos 

Observe o rótulo dos produtos e utilize-o da forma correta. Muitos produtos de limpeza como sabão, amaciantes e desinfetantes devem ser diluídos. 

Esse recurso não serve apenas no sentido de usá-lo corretamente, essa é uma das dicas para economizar e ser mais sustentável em casa.

Afinal, você estará gerando menos lixo e é claro que seguindo as recomendações da embalagem o produto durará mais e você evita comprá-lo sem necessidade. 

5. Opte pela reutilização de água

O Instituto Trata Brasil revelou que 40% da água potável no país é desperdiçada. Um dos motivos é falta de cautela no uso da água. 

Quantas vezes você não viu alguém com uma mangueira ligada e despejando litros de água na calçada ou na limpeza do carro? 

Pois saiba que isso não só pode elevar sua conta, mas ser a causa de problemas ambientais graves, como a falta de abastecimento em algumas regiões. 

Portanto, uma das dicas para economizar e ser mais sustentável em casa neste sentido é priorizar a reutilização da água e usá-la com cautela. 

  • Em vez de utilizar mangueiras priorize os baldes; 
  • Use apenas a quantidade correta de água para diluir produtos, conforme orientação da embalagem; 
  • Organize a louça antes de ligar a torneira e não desperdice enquanto ensaboa pratos e talheres; 
  • Não use a máquina de lavar a todo o momento e aguarde acumular uma quantidade razoável de roupas para economizar em produto e água; 
  • Faça a reutilização da água do enxágue para lavar calçadas e até mesmo o chão da casa; 
  • Priorize o uso de um pano umedecido na limpeza da casa para economizar água.

Todas essas dicas para economizar e ser mais sustentável em casa são simples, e que podem ajudar o seu bolso e na preservação do meio ambiente. 

6. Use produtos alternativos e menos poluentes 

Diversas marcas de produtos de limpeza vêm se preocupando com o fator de prevenção e proteção ao meio ambiente. Até por isso hoje ficou muito mais fácil encontrar nas prateleiras produtos ecológicos. 

Então, faça uma pesquisa sobre qual opção é mais sustentável neste sentido. Esses produtos podem até ser mais baratos dos que possuem inúmeros ativos químicos lhe ajudando a economizar no fim do mês. 

Outra dica neste sentido é utilizar produtos alternativos e que podem ser feitos em casa. Bicarbonato e vinagre, por exemplo, quando diluídos em água podem remover gordura, eliminar o mofo e até dar uma cara nova em materiais enferrujados. 

Na internet é possível encontrar diversas receitas caseiras que podem reduzir seus gastos com itens de limpeza vendidos no mercado e que ajudam a diminuir o impacto no meio ambiente. O Catraca Livre já sugeriu algumas dicas neste sentido, leia aqui.  

7. Compre produtos de boa qualidade

Com certeza você já ouviu dizer que o barato sai caro, não é mesmo? Isso se aplica também na lista de dicas para economizar e ser mais sustentável em casa. Mas como economizar se preciso gastar mais? 

Como dissemos anteriormente, o mais caro nem sempre é o melhor, porém, é importante se atentar a boa qualidade do produto. De nada adianta comprar um item que precisa diluir dois copos em 1 litro, sendo que outros fazem o mesmo com 1 copo por litro. 

Ou até mesmo optar por panos de limpeza baratos, mas que só te farão perder mais tempo na limpeza e exigirão o uso de mais produtos para que a limpeza seja efetiva. 

Sendo assim, preste atenção a vida útil e composição dos panos de algodão ou as flanelas e invista naquilo que compensa e que de fato vai lhe ajudar a economizar futuramente. 

 

Gostou das nossas dicas? Já segue alguma delas? Deixe um comentário no post e interaja com a gente. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outros artigos que você pode se interessar