Inscreva-se

Qual o papel e a diferença de clima e cultura organizacional
Cultura da Empresa

Qual o papel e a diferença de clima e cultura organizacional

Você sabe a diferença de clima e cultura organizacional? Esses dois termos estão entre os aspectos mais importantes para o sucesso de um negócio. Por isso, conhecer bem os conceitos e como aplicá-los no dia a dia é fundamental para todo profissional que deseja atender às demandas do novo RH.

No entanto, a diferença entre cultura e clima organizacional ainda não está bem difundida, por isso, confundem muitas pessoas, que pensam que as duas expressões significam a mesma coisa.

É um engano muito comum no mercado de trabalho.

Pensando nisso, resolvemos montar um guia para apresentar qual a diferença de clima e cultura organizacional.

Nosso objetivo é apresentar tudo o que você precisa saber sobre clima e cultura organizacional nas empresas.

O que significa cada termo?

Como se relacionam?

Qual a importância dos dois conceitos para a empresa?

A seguir, confira as respostas para essas perguntas a seguir!

Entenda a diferença de clima e cultura organizacional

O que é cultura organizacional?

Cultura organizacional é o código de conduta da empresa, que define o comportamento de seus membros e sua forma de interagir com todos os stakeholders.

Em outras palavras, é o DNA da organização.

Sem essas diretrizes, a empresa corre o risco de se perder em seus próprios processos de trabalho, sem conseguir consolidar um padrão de qualidade e comunicação.

Existem diferentes tipos de cultura organizacional, independente do escolhido, primeiro passo para criar uma cultura adequada é definir um propósito para a empresa.

Tenha em mente que esse objetivo deve ir muito além de números e lucro.

É preciso ter valores fortes e escolher uma missão que construa identificação entre a empresa e sua força de trabalho.

Tornar a sociedade mais sustentável e facilitar o dia a dia dos clientes são alguns exemplos de bons propósitos, entre diversas outras possibilidades.

Trata-se de uma escolha diretamente ligada à natureza do negócio, por isso varia de caso a caso e precisa ser muito bem estudada.

A partir disso, são definidas as linhas de pensamento que conduzirão todas as ações dos colaboradores em suas rotinas de trabalho.

A estrutura hierárquica será vertical ou horizontal?

Os horários serão flexíveis?

Haverá possibilidade de home office?

Qual o pacote de benefícios será oferecido aos funcionários?

Esses e outros detalhes fazem parte da cultura organizacional, e devem estar alinhados aos objetivos definidos pela empresa.

Se sua empresa ainda não tem uma cultura definida, está na hora de reunir gestores e colaboradores criar uma estratégia bem definida. Para te ajudar, indicamos o artigo; Como definir a cultura da sua empresa em 4 passos”.

O que é clima organizacional nas empresas?

Como já citamos existem grandes diferenças entre clima e cultura organizacional. Enquanto a cultura é uma identidade criada pela própria empresa, o clima organizacional é definido pela percepção dos colaboradores sobre a instituição. Entre os aspectos analisados estão:

  • condições de trabalho;
  • estrutura do escritório;
  • relacionamento entre líderes e subordinados.

Leia também: 10 principais características de um líder de sucesso

Todos são fatores essenciais para medir a qualidade do clima corporativo.

Uma das maiores diferenças de clima e cultura organizacional nas empresas é que o clima pode ser transformado de maneira mais rápida que a cultura.

Se o clima organizacional está ruim por algum motivo específico, basta solucionar o problema para deixar o colaborador satisfeito momentaneamente.

No entanto, engajar colaboradores deve ser um processo duradouro, medidas paliativas não bastam. É aí que entra a influência da cultura no clima organizacional.

Empresas que possuem no DNA a valorização e diálogo honesto com seus funcionários têm mais chances de desenvolver o bem-estar no trabalho e construir um ambiente que mantenha todos felizes e motivados.

Nem sempre um clima organizacional ruim está relacionado à cultura da empresa, mas é muito comum que isso aconteça. Se uma organização cultiva gestores agressivos, não tem um propósito e não se comunica adequadamente com seus funcionários, inevitavelmente o ambiente interno será visto com maus olhos pelos colaboradores.

Esse problema demanda uma mudança de cultura, o que pode ser mais complicado que simples ações para melhorar o clima.

A criação de uma nova identidade requer muito estudo, tempo e, principalmente, desapego das lideranças em relação às suas antigas práticas e processos de trabalho.

É importante salientar que discurso e prática precisam estar alinhados. Se a empresa vende uma ideia de conduta aos seus colaboradores, mas não a coloca em prática, o clima interno fica prejudicado e a organização perde a confiança de sua própria equipe.

Por outro lado, quando a companhia define uma cultura positiva e mostra ações alinhadas com essas diretrizes, a qualidade do clima organizacional aumenta.

Agora que você entende qual a diferença de clima e cultura organizacional, que tal saber como fazer uma pesquisa de clima? Baixe esse eBook gratuito!


Qual a importância do clima e cultura organizacional nas empresas?

Como vimos até aqui, a diferença de clima e cultura organizacional, mas estão diretamente relacionados dentro de uma empresa. Trabalhar bem esses dois aspectos traz muitas vantagens para o dia a dia de qualquer instituição. Confira alguns desses benefícios:

Motivação dos funcionários

Construir um clima positivo dentro da empresa torna os funcionários mais felizes e motivados.

O bom ambiente de trabalho é aquele que possibilita ótimas condições para realização das atividades, relacionamentos saudáveis com os colegas e chefes que dialoguem e valorizem seus subordinados.

Dessa forma, o nível de satisfação aumenta.

Além disso, ter propósitos que estejam alinhados com os dos colaboradores gera mais engajamento na equipe. Quando o profissional sabe que está trabalhando por objetivos que têm a ver com seus valores pessoais, ele tende a dar o melhor de si em todas as suas tarefas.

Leia também: Dinâmica de engajamento de equipe: as melhores formas de fazer

Atração e retenção de talentos

Ter um bom clima e cultura organizacional nas empresas ajuda a construir uma reputação positiva para o negócio no mercado de trabalho. Com isso, melhora a imagem da organização como lugar para trabalhar, facilitando o recrutamento e seleção de talentos e a retenção dos melhores profissionais da casa.

Leia mais em: Tudo sobre o que é gestão de talentos e a construção de times de alta performance

Afinal, quem não gostaria de ser contratado por uma empresa com a certeza de que encontrará um ambiente de trabalho alinhado às suas expectativas?

O mesmo vale para quem já está dentro da organização: que motivo um profissional teria para buscar outras oportunidades se a atual empresa atende a todas as suas necessidades?

Aumento da produtividade

O engajamento causado pelo bom clima organizacional traz outro grande benefício para as empresas: o aumento da produtividade.

Quando o profissional tem todas as suas necessidades atendidas no ambiente de trabalho, não precisa se preocupar com problemas ou insatisfações, colocando todo o foco na realização de suas atividades.

Mais felizes, os colaboradores se sentem motivados a trabalhar mais e melhor, gerando ótimos resultados para o negócio.

Chegamos ao final do nosso post! Conseguiu entender a qual a diferença de clima e cultura organizacional?

Agora que você conhece bem os dois conceitos, basta aplicá-los na sua empresa. Temos certeza de que você verá os resultados rapidamente!

Para aprender mais sobre cultura organizacional, confira este outro texto do blog: “Cultura de alta performance: os desafios de desenvolver equipes”.

Para fazer um acompanhamento ainda mais profissional de indicadores de RH e propor melhorias estratégicas, tanto na cultura como no clima, bem como em outros setores da organização, você pode contar com o auxílio da tecnologia.

Xerpa é um software para RH, com um sistema que atua na otimização de processos como overview, admissão e demissão, contratação, holeries, controle de férias e mais. Além de ser uma forma de como melhorar a produtividade no trabalho, ainda reduz 30% dos custos do seu RH.

Conheças as demais funcionalidades do aplicativo e fale já com um especialista!

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *