dicas para comprar em atacado com segurança

5 dicas para comprar em atacado com segurança

O atacado é uma opção econômica e atrativa porque são produtos oferecidos em caixas, fechados — apropriados para comerciantes que compram o mesmo item em grandes quantidades. Para tanto, vale a pena aprender algumas dicas para comprar em atacado com segurança, como:

  • Planeje os gastos;
  • Faça uma lista de compras;
  • Vá cedo ao atacado;
  • Leve apenas o necessário;
  • Saiba o que comprar em atacados.

Sabe quando dizem que o atacado é uma alternativa que compensa — e muito — no controle do orçamento familiar? Pois então, há muita verdade nessas palavras.

E, para que você agregue esse adjetivo na sua rotina, também, reunimos algumas dicas para comprar em atacado com segurança.

Por meio delas, você vai entender como evitar as compras supérfluas, ter mais educação financeira e, inclusive, conseguir melhorar a renda no final do mês. Questões fundamentais para evitar que você caia na armadilha da inadimplência ao longo do ano.

Boa leitura!

Quais são as diferenças entre varejo e atacado?

Comecemos pelo básico, considerando que muitas pessoas ainda não visualizam bem as diferenças entre varejo e atacado.

Elas são muito simples, contudo. O varejo consiste na comercialização de produtos por unidade. Ou seja: aquilo que você já deve ter o costume de ver nas prateleiras dos supermercados, por exemplo.

Já o atacado consiste em uma alternativa bastante conhecida por outros comerciantes. Afinal, os produtos são vendidos em caixas. Para quem compra grandes quantidades de um mesmo item, portanto, o atacado se mostra uma opção mais acessível, facilitada e econômica.

Vale a pena comprar em atacados?

No geral, a questão está muito associada à quantidade de um mesmo produto que você consome periodicamente. Com isso, antes de saber como comprar em atacado com segurança, entenda se você se enquadra nesse seleto grupo, no qual:

  • famílias grandes (acima de 4 pessoas, aproximadamente) podem se beneficiar disso, já que o consumo de produtos tende a ser maior do que uma família menor ou mesmo pessoas que vivem sozinhas;
  • compras em grupo também podem ser interessantes. Junte-se a amigos e parentes para fazer as compras, e aí a quantidade elevada de produtos, a um preço mais em conta, vai fazer a diferença nas contas do mês.

Além disso, fique de olho se o atacado fica próximo ou no caminho do seu itinerário diário. Normalmente, são locais afastados, o que pode inviabilizar aquela economia, na conta, se você vai gastar muito com o deslocamento de ida e vinda.

Quando não vale a pena comprar em atacado?

Com base na última dica do tópico anterior, também destacamos alguns aspectos que devem ser considerados e que nem sempre valem a pena investir nessa ideia — por mais que você aprenda como comprar em atacado com segurança. São eles:

  • família pequena, pois já mencionamos que a quantidade de consumo, de um mês, não justifica a quantidade/economia proporcionada pelas compras;
  • despensa pequena, já que você não vai ter local para estocar os itens a mais. O que também pode aumentar o risco de perder os alimentos, se armazenados em local ou da maneira equivocada;
  • se a economia na conta for inferior a 15%, o que não tende a valer a pena se você gasta muito tempo para ir ao atacado, se a marca adquirida no atacado é inferior e se você perde as suas conveniências do dia a dia.

O desperdício também deve ser mencionado. Cuidado para não comprar em atacado com segurança, mas negligenciar o prazo de validade dos produtos. Aí, é prejuízo na certa!

Quais são as dicas para comprar em atacado com segurança?

Agora que já exploramos as características de cada modelo de comercialização de produtos, é hora de conhecer as principais dicas para comprar em atacado com segurança! Veja, logo abaixo!

1. Planeje os gastos

Coloque os seus gastos no papel. Verifique quanto você consome com produtos, normalmente, e então delimite um custo máximo.

Em seguida, vá ao atacado mais próximo ou de sua confiança, e avalie os preços. Lembre-se de ter em consideração a dica que demos, anteriormente, a respeito da média de 15% de economia. 

Com os gastos calculados e a média por mês definida, fica mais fácil comprar em atacado com segurança.

2. Faça uma lista de compras

Quer garantir ainda mais segurança às suas idas ao atacado e evitar as compras por impulso? Carregue com você uma lista, então, com todos os itens que devem ser comprados.

Assim, você chega ao local com uma missão a ser cumprida. E isso também evita que você perambule pelos corredores, e comece a selecionar produtos que não estavam na lista.

Algo que serve, fundamentalmente, como um controle para você desenvolver a sua educação financeira.

Inclusive, se quiser saber mais sobre esse assunto, temos um post que explica, melhor, quais são — e como evitar — as principais armadilhas financeiras. Dê uma olhadinha após finalizar este artigo 😉

3. Vá cedo ao atacado

Pode parecer uma dica supérflua, mas faz sentido. Ao reservar uma data e horário específicos para ir ao atacado, você faz as compras sem pressa.

Se você tem tempo de sobra, não toma decisões precipitadas e transforma a ida ao atacado em um processo imune a imprevistos e problemas.

Não à toa, pode ser uma maneira pontual e eficiente para você ter mais financial wellness na sua vida.

4. Leve apenas o necessário

Objetividade é a alma do negócio. Leve o documento, o dinheiro (ou cartão) e só. Isso evita riscos (como furtos em locais mais aglomerados) e garante que você não tenha nenhuma distração além da sua fiel lista de compras que deverá ser cumprida.

5. Saiba o que comprar em atacados

Claro que essa lista pode variar de acordo com as suas necessidades, mas vale a pena saber quais são os melhores itens para comprar em atacado com segurança por conta das suas características, como:

  • produtos de limpeza e higiene pessoal (têm o prazo de validade longo, normalmente);
  • mantimentos não perecíveis, que duram bastante se estocados corretamente;
  • congelados, já que isso também prolonga o prazo de validade e consumo dos produtos.

Saber isso já pode ajudar a entender como a sua lista de compras pode ser beneficiada em um atacado, não é mesmo?

Como agregar economia também às compras?

Para finalizarmos, reunimos algumas sugestões pontuais que podem ajudar tanto a comprar em atacado com segurança como a fazer as suas compras do dia a dia com mais economia e praticidade. São elas:

  • analise o orçamento mensal e saiba quanto você pode gastar em compras, no máximo, evitando prejuízos e dívidas no final do mês;
  • guarde os comprovantes de compras, por um tempo, para que você possa monitorar a média de gastos (e de produtos, individualmente) para saber como melhorar o planejamento de compras;
  • antes de ir ao atacado, olhe a despensa e a geladeira para certificar-se de que você vai comprar a quantidade e os itens exatos;
  • não faça compras de estômago vazio. Loucura, né? Acontece que, quando estamos famintos, ao fazer compras, tendemos a pegar itens que não pegaríamos, normalmente.

Quer saber, agora, quais outras dicas de economia, planejamento e educação financeira você pode aplicar aos seus dias? Então, aproveite para curtir a nossa página no Facebook e a seguir-nos no Instagram e LinkedIn! Lá, você vai saber em primeira mão todas as novidades que postarmos em nosso blog e nas próprias redes sociais!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.