Conheça as melhores dicas de liderança para alcançar a excelência!

Liderança é a competência que um profissional possui para influenciar um grupo de colaboradores a contribuir com os resultados da empresa.

Neste artigo falaremos sobre o significado da palavra liderança e explicaremos qual o papel dessa competência na realidade da empresa. Daremos dicas sobre como um líder em potencial pode desenvolver suas habilidades para conseguir manter a equipe engajada e motivada para a conquista de resultados.

 

A importância da liderança na empresa

Liderança é a competência que determinado profissional possui para administrar e conduzir um grupo de colaboradores para contribuir com os resultados da empresa. O verdadeiro líder tem o poder de influenciar quem está ao seu redor para que todos, voluntariamente, estejam dispostos a lutar pelos objetivos da empresa.

As empresas vivem um momento em que a competição de mercado exige mudanças diárias e aquela que não se adapta a novas realidades fica para trás. Porém, para enfrentar esse processo de mudança e de reestruturação constante, é necessária uma gestão eficaz.

E o papel da liderança se mostra essencial e vital para que os processos mantenham um fluxo organizacional perfeito. Por meio do líder, as metas ficam mais claras, as funções são delegadas da forma correta e consequentemente os resultados são mais satisfatórios.

Mas o papel da liderança não é tarefa fácil, já que vai muito além de apenas gerir sua equipe. O verdadeiro líder é aquele que tem a capacidade de desenvolver grandes habilidades em seus liderados.

O ex-presidente norte-americano Abraham Lincoln fez uma descrição perfeita sobre qual o verdadeiro papel da liderança.

“A maior habilidade de um líder é desenvolver habilidades extraordinárias em pessoas comuns.” (Abraham Lincoln).

Mas como ser um bom líder? Quais caminhos devo seguir para ter uma liderança respeitada na minha equipe? Como engajar os funcionários e potencializar os resultados?

Preparamos algumas dicas sobre a importância da liderança nos resultados da empresa e quais os caminhos para você se tornar um bom líder. Confira!

 

As competências essenciais de um bom líder

Uma boa liderança necessita de algumas habilidades, que são essenciais na busca pela excelência. Saiba quais são elas abaixo:

 

1. Líder não nasce pronto

“Esperar que uma pessoa nasça com todas as ferramentas necessárias para liderar não faz sentido, com base no que sabemos sobre a complexidade de grupos e processos sociais. O fato de que a liderança é em sua maior parte desenvolvida é uma boa notícia para aqueles entre nós que estão envolvidos com desenvolvimento de liderança – líderes realmente podem ser desenvolvidos.” (Ronald Riggio).

Muitos líderes tem o perfil de liderança, mas não sabem como desenvolver suas habilidades. Uma alternativa para sanar esse tipo de questão é buscar um coach. Com um curso de coaching o líder pode desenvolver seus talentos e principalmente adquirir modernas técnicas de gestão para implantar no seu dia a dia.

Líderes de alta performance costumam fazer cursos que lhe auxiliam a perceber e descobrir o melhor de si mesmo. Afinal, o líder não nasce pronto.

 

2. Lidere com paixão

“A liderança é a capacidade de conseguir que as pessoas façam o que não querem fazer e gostem de o fazer”. (Harry Truman – Ex-presidente dos EUA).

Não há nada mais essencial do que ter paixão pelo trabalho que se executa. Quando a liderança é exercida por um profissional que gosta do que faz, qualquer problema pode se tornar apenas uma etapa a ser vencida.

Quando a paixão toma conta da liderança, as chances dos colaboradores serem influenciados pelo líder é muito maior. A paixão gera superação e é a chave para que todos estejam dispostos a assumir riscos calculados na busca por bons resultados.

A liderança que tem como base a paixão não desiste diante dos problemas e vive com intensidade e perseverança todos os dias, influenciado toda a equipe.

 

3. Seja flexível a mudança

“A genuína essência da liderança é que você tem que ter uma visão.” (Theodore Hesburgh).

A boa liderança é aquela que tem uma visão de futuro e não está presa ao passado. O bom líder precisa ser flexível às mudanças do mercado. Ele está sempre disposto a encarar novas oportunidades.

Estar atento às necessidades da empresa e as novidades do mercado pode ser uma forma de reorganizar os processos e conduzir a equipe rumo aos objetivos da empresa.

Quer acompanhar as Tendências de RH para os próximos anos? Confira esse artigo: clique aqui!

 

4. Comunicação é fundamental

“Os líderes são amigos da interação.” (Augusto Cury).

A comunicação é o ponto essencial da boa liderança. O bom líder é aquele que sabe utilizar o diálogo, a interação, como uma ferramenta do seu trabalho. Em muitos casos estabelecer metas, motivar e cobrar resultados dos colaboradores não é tarefa fácil, porém, se houver um diálogo que crie confiança, a comunicação é facilitada e a motivação potencializada.

A empatia e a simpatia nesse caso aliada a forma correta de se comunicar com seus liderados pode ser um grande apoio na delegação de responsabilidades e cobrança de resultados. O colaborador quer se sentir útil e importante a equipe, e quando o líder consegue propor essa sensação ele ganha um grande aliado na luta pelos objetivos da empresa.

 

5. Seja exemplo

“Se as palavras convencem, o exemplo arrasta.” (Confúcio).

Se o bom líder convence sua equipe pelas palavras, o exemplo que ele é engaja e arrasta a todos pelo mesmo caminho. A percepção dos colaboradores em relação a eficácia da liderança é um ponto a ser considerado.

A imagem que a equipe tem do líder, ou o que cada um dos colaboradores compartilha com algum colaborador, pode influenciar completamente na motivação de todos. O líder que constrói uma liderança, que se apega aos bons exemplos, influencia seus colaboradores a se comprometerem com a empresa.

 

6. Ouça sua equipe

“Você pode fazer mais amigos em duas semanas tornando-se um bom ouvinte do que em dois anos tentando fazer com que os outros se interessem por você.” (Dale Carnegie).

Uma das primeiras obrigações de uma boa liderança é saber ouvir. Desvalorizar a opinião da sua equipe é remar contra a maré e caminhar para o buraco. Querer ser superior aos outros, e o pior se sentir mais que todos da equipe compromete totalmente o relacionamento e a motivação dos colaboradores.

O bom líder deixa a porta aberta para novas ideias. Ouvir é um caminho de bons relacionamentos dentro da empresa. Estar em um cargo mais alto não quer dizer que você não tem o que aprender, e muitas vezes a ideia de quem possui um cargo mais baixo que você pode ser a solução que você estava procurando.

Dê atenção aos seus colaboradores, ouça o que eles têm a dizer e eles se interessarão pelo que você tem a dizer.  

 

7. Autoridade e Poder

“Liderança é baseada em imaginação, não dominação; em cooperação, não intimidação” (William Arthur Ward).

Ser respeitado pela influência que tem na equipe e não pelo poder do seu cargo, esse é o segredo da liderança. Demonstrar poder sobre a equipe pode corroer os relacionamentos, já que o ambiente será minado por grandes pressões psicológicas e medo.

Equipes que precisam trabalhar com profissionais grosseiros e que criam um ambiente hostil, tendem a ser passageiras. Essa realidade aumenta a taxa de turnover consideravelmente, já que ninguém se dispõe a viver uma realidade tão ruim e degradante.

Em outros termos, a autoridade pode ser uma habilidade que se constrói por meio da boa influência. O colaborador respeita o seu cargo, suas ideias e te vê como uma boa autoridade para tomar decisões difíceis e conduzi-los pelo melhor caminho.

 

8. Planeje seus projetos

“Para ser um líder, você tem que fazer as pessoas quererem te seguir, e ninguém quer seguir alguém que não sabe onde está indo.” (Joe Namath)

Planejamento e estratégia diante dos projetos é essencial para uma boa liderança. Se a sua equipe não sente confiança no que você quer que ela execute, a chance de tudo dar errado é muito grande.

O líder precisa saber explorar o potencial da equipe, distribuir as tarefas corretamente para os profissionais certos e mensurar possíveis erros. Quando o líder é organizado e demonstra inteligência e sabedoria diante das demandas ele engaja seus colaboradores e demonstra que sabe o caminho dos resultados.

 

9. Influencie seus colaboradores

“Os sentimentos elevados vencem sempre no final; os líderes que oferecem sangue, trabalho, lágrimas e suor conseguem sempre mais dos seus seguidores do que aqueles que oferecem segurança e diversão. Quando se chega a vias de fato, os seres humanos são heróicos.” (George Orwell)

Liderança é influência. E influência é conquistada através de confiança e comprometimento do líder com seus liderados. A tendência é que se siga a quem se confia. Portanto, o líder precisa demonstrar confiança em seus colaboradores, transformando objetivos individuais em objetivos com foco no bem comum.

O líder que busca excelência precisa perceber as necessidades de seus colaboradores e agir para satisfazê-los, mantê-los motivados e consequentemente reter os talentos. Quando a liderança trabalha para o bem de todos, dando seu suor, a chance de ter profissionais engajados a lutando juntos é muito maior.

 

10. Crie um bom ambiente na empresa

“Os líderes proeminentes saem de seu caminho para aumentar a autoestima de seu pessoal. Se as pessoas acreditam em si mesmas, é impressionante o que eles podem fazer” (Sam Walton).

O líder tem como responsabilidade manter um ambiente favorável para que a equipe esteja sempre disposta e animada na execução das tarefas. E é também da responsabilidade do líder entender as particularidades de cada colaborador e dar abertura para que todos alcancem seus objetivos profissionais, criando uma boa cultura organizacional.

Um bom ambiente também depende de bons feedbacks, distribuição de tarefas para os perfis certos, respeito e elogios em público, quando o trabalho é bem feito. Sua empresa depende do bom desempenho dos seus colaboradores para alcançar bons resultados e um bom ambiente de trabalho, onde todos estão dispostos a se ajudar, é essencial.

 

11. Reconheça suas fraquezas

“A primeira pessoa que você lidera é a si próprio.” (John Maxwell).

Reconhecer suas fraquezas é o primeiro passo para a boa liderança. O líder que não sabe os seus limites não sabe como reconhecer as forças e fraquezas de seus comandados.

Por mais incrível que pareça, a primeira pessoa que você precisa liderar é a si mesmo. É necessário se controlar, se atualizar e buscar sempre evoluir no caminho da gestão. Liderar não é simples, mas reconhecer onde você precisa melhorar às vezes é ainda mais difícil.

Se precisar realizar uma pesquisa com a sua equipe em relação a sua liderança, seja ela aberta ou fechada, para saber os pontos em que precisa melhorar, não hesite. Ouvir sua equipe às vezes é a melhor forma de se manter no caminho certo da liderança.

 

12. Liderança  x chefia

Muitas pessoas confundem chefe e líder, mas existem grandes diferenças entre essas duas atribuições. Chefe podemos dizer que é um cargo, e liderança é uma função. Ao chefe se obedece e ao líder se segue.

Enquanto o chefe tem um foco no resultado independente da forma, o líder também busca esses resultados, mas se preocupa com a satisfação dos colaboradores e tenta mantê-los motivados e engajados para alcançar os resultados.

 

Liderar é inspirar e servir

Liderança é essencialmente um caminho de inspiração e servidão. O líder tem inúmeras responsabilidades e está sempre na busca por manter seus colaboradores motivados e engajados com os objetivos da empresa.

O mercado está em uma busca incessante por profissionais que tratam a liderança não como simplesmente um cargo, mas sim como uma competência essencial nos resultados.

Líder não é aquele que trabalha sozinho ou que se impõe com poder pelo seu cargo. O líder é aquele que arrasta pelos exemplos e se dispõe a lutar em equipe, junto com todos e por todos se necessário.

O profissional de liderança está sempre atento às mudanças e as necessidades da empresa e de seus colaboradores. Ele tem uma visão macro dos problemas e do que ele precisa executar para que os caminhos sejam ajustados diariamente para alcançar os objetivos da empresa.

O bom líder conhece os pontos fortes e fracos da sua equipe e busca trabalhá-los para que os profissionais estejam sempre motivados e dispostos na luta por um bem comum. 

 

Se você quer saber mais sobre como gerenciar sua equipe, leia o artigo “Liderança em RH: entenda como engajar e desenvolver sua equipe”, clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *