Descentralização do RH: entenda como funciona

descentralização do rh

Muitas empresas já perceberam que a descentralização do RH é um processo fundamental para garantir um fluxo de trabalho equilibrado para as equipes. Isso é importante para aliviar a sobrecarga do RH, especialmente em tempos de altas demandas e muito gerenciamento de crise.

No entanto, para que essa descentralização funcione de forma efetiva, é preciso realizar a adaptação de forma correta, levando em consideração aspectos como as ferramentas tecnológicas necessárias e as habilidades de cada profissional do setor. 

Assim, para entender quais processos de automatização podem ser adotados de forma dinâmica, e como aplicar essa tendência em sua empresa para criar um RH estratégico, neste artigo você confere:

  • O que é descentralização do RH?
  • Como é feito o processo de descentralização do RH?
  • Qual é o papel da tecnologia nesse processo?
  • Quais os principais benefícios dessa prática?

Boa leitura!

O que é descentralização do RH?

Há dois jeitos de manter o gerenciamento do RH: centralizado ou descentralizado. A descentralização do RH significa adotar o sistema de gestão descentralizado, que tem como principais características a automatização de processos e uma melhor delegação das responsabilidades do RH.

Em um departamento de RH centralizado, a equipe é responsável por realizar todas as etapas de um processo seletivo, isso inclui planejamento, recrutamento, contratação e adaptação dos novos funcionários.

Além disso, é comum que este setor também lide com responsabilidades como o pagamento de salários, desenvolvimento de programas internos para treinamento dos colaboradores, entre outras atividades.

Com a descentralização do RH, as atividades são mais distribuídas em um sistema no qual cada colaborador supervisiona seus próprios processos. Ou seja, em vez de ter um departamento de recursos humanos com procedimentos padronizados, a descentralização traz mais autonomia e agilidade aos profissionais.

Nesta estrutura descentralizada, cada profissional da equipe se concentra mais nas funções administrativas associadas ao gerenciamento de pessoal, a fim de apoiar a empresa como um todo. 

Tudo isso colabora para o estabelecimento de um ambiente de trabalho mais moderno, e com processos otimizados, o que contribui para resultados mais efetivos em geral. 

Como é feito o processo de descentralização do RH?

A pandemia de Covid-19 alterou a forma com que a maioria das empresas trabalha. O resultado, segundo uma recente pesquisa realizada no Brasil, é que a sobrecarga dos profissionais nunca foi tão alta. Por isso, um dos principais focos do processo de descentralização do RH deve ser justamente aliviar a sobrecarga do RH.

 Para realizar esse processo de descentralização do RH, o primeiro passo é transferir parte das funções executadas pelo setor de Recursos Humanos. Essa transferência não significa repassar as tarefas para outros setores, mas sim buscar ferramentas que auxiliem ou até mesmo realizem essas tarefas de forma automática.

Entre as atividades que podem ser descentralizadas, estão tarefas do dia a dia do RH, como a realização do espelho de ponto e a folha de pagamento, que podem ser emitidos de forma automatizada. 

Além de automatizar todas as tarefas possíveis, outras dicas para realizar a descentralização do RH são:

  • Reduza o tempo de atendimento na execução das tarefas;
  • Adote mecanismos que evitem o retrabalho na equipe;
  • Use ferramentas para a padronização de processos;
  • Aposente práticas que utilizam planilhas, fichas ou formulários preenchidos manualmente;
  • Descentralize as tomadas de decisão;
  • Adote sistemas internos que também facilitem a comunicação e interação do restante da empresa com o RH.

Há diversas opções que podem ser utilizadas para facilitar o processo de descentralização do RH. Por isso, cabe aos profissionais do setor identificarem os pontos mais sensíveis do departamento, para então propor soluções para os mesmos.

Qual é o papel da tecnologia nesse processo?

A tecnologia está diretamente ligada à adoção da descentralização do setor de recursos humanos. Pois através dela, empresas conseguem automatizar seus processos, facilitando o processamento de dados, a gestão dos recursos, a supervisão de equipes e tarefas, e muito mais.

É muito importante buscar soluções tecnológicas pensadas para facilitar as tarefas do RH, desde as mais simples até as mais complexas.

Há diversas ferramentas digitais especializadas  em descentralizar o RH no mercado, por isso, é preciso pesquisar bastante cada tecnologia, e então escolher a opção que mais se adeque as necessidades da sua empresa. 

Quais os principais benefícios dessa prática?

Embora o modelo de gestão centralizado seja o mais comum, a grande maioria dos especialistas concorda que o modelo descentralizado traz mais benefícios, tanto para o setor quanto para a empresa como um todo.

Para além da otimização de tarefas e a economia de tempo por parte dos profissionais, há outros benefícios vivenciados pela empresa ao optar pela descentralização do RH. Entre esses benefícios, destacamos:

  • Maior controle de processos e resultados;
  • Maior autonomia dos profissionais;
  • Diminuição de custos com operações manuais e insumos;
  • Agilidade na disponibilização de informações dos colaboradores em tempo real;
  • Maior controle de informações em processos de feedback com os colaboradores;
  • Aumento da produtividade da equipe;
  • Diminuição de erros no controle de dados e informações;
  • Redução de tarefas operacionais;
  • Diminuição do tempo de processos seletivos e demais operações;

Toda empresa sabe da importância do RH, por isso vale ressaltar que a descentralização do RH também acaba gerando uma maior integração da gestão de pessoas. O clima organizacional mais moderno e direto facilita a comunicação interna, o que auxilia na diminuição do turnover.

É importante lembrar, ainda, que neste momento de pandemia, quanto mais automatizados os processos e tarefas, mais seguro para todos. Com isso, hoje a descentralização do RH não é apenas um movimento importante para o avanço de uma empresa, mas também uma garantia de segurança para todos.

 

Se você gostou deste conteúdo, aproveite para compartilhar o artigo em suas redes sociais. Com isso as informações conseguem ajudar cada vez mais pessoas. Compartilhe!

Confira outros artigos que você pode se interessar