contratação em startup

Contratação em startup: como funciona o processo?

Em todas as companhias, o processo seletivo não é simples, porém, é ainda mais delicado quando falamos de contratação em startup. Por ser uma empresa emergente, ainda desenvolvendo um modelo de negócios, atrair talentos pode não ser fácil. 

O principal motivo para esse desafio é que, por não ser uma empresa consolidada, será necessário oferecer uma série de informações e benefícios para convencer o candidato. Mas, é preciso ter ainda uma preocupação com o perfil do profissional, que deve combinar com os valores da empresa.

Outro ponto que deve ser levado em consideração numa contratação em startup é a capacidade do candidato. Por ser uma empresa que está crescendo, certamente virão momentos delicados que exigirão diversas habilidades, entre elas, a adaptação a situações adversas.

Por isso, neste artigo, vamos falar sobre os diferenciais do processo de contratação em startup. Você vai saber:

  • Quais os desafios de uma contratação em startup?;
  • Quais os diferenciais em relação a uma empresa comum?;
  • Como atrair talentos?;
  • Tenha uma estratégia
  • Faça um bom anúncio da vaga disponível
  • Conquiste os candidatos ao vender o seu negócio
  • O que deve ser considerado ao escolher um candidato?;

Então, vamos lá!

Quais os desafios de uma contratação em startup?

São muitos os desafios para o profissional de recursos humanos ao contratar um novo colaborador para a sua empresa. Eles variam desde avaliação das habilidades profissionais até a análise de perfil e valores compatíveis com a companhia. 

Quando falamos de contratação em startup, o cenário é ainda mais desafiador porque se trata de uma empresa em crescimento e que não conta com uma presença de marca no mercado. Além disso, nem sempre os recursos financeiros são suficientes para oferecer bons salários.

Desta forma, é necessário criar estratégias para convencer os talentos de que é um bom local para trabalhar e de que o plano de carreira é vantajoso.

Quais os diferenciais em relação a uma empresa comum?

Normalmente, uma startup ainda não tem recursos financeiros suficientes para atrair colaboradores pelo salário, sendo difícil disputar com empresas já consolidadas. Por isso, uma contratação em startup certamente não seguirá os mesmos passos das demais companhias. 

Primeiramente, é preciso definir bem a missão, o propósito e os valores da sua startup e desenvolver uma estratégia de negócio clara e possível de ser colocada em prática. Assim, ao contatar os talentos, você terá como convencê-lo de que vale a pena investir na sua empresa.

Outro ponto diferencial é que nem sempre a contratação em startup seguirá os padrões do mercado, como a tradicional vaga em CLT. 

Dependendo do objetivo dos novos empresários, pode ser oferecido um contrato de vesting, por exemplo, quando o colaborador terá direitos futuros sobre os lucros da companhia.

Como atrair talentos?

A pergunta que não quer calar é como então conseguir bons profissionais na contratação em startup? Apesar de difícil, fazer uma boa contratação em startup não é impossível e algumas dicas podem ajudar neste processo.

Tenha uma estratégia

A maioria das empresas se preocupa com o planejamento estratégico e financeiro do negócio, porém, pecam na hora de fazer uma nova contratação. Por isso, antes de aumentar o quadro de funcionários da sua startup, faça uma estratégia de recrutamento.

Junte o objetivo de negócio da empresa e verifique a curto ou médio prazo quais serão os profissionais que precisa para sua startup. Também avalie os recursos financeiros e quais benefícios poderá oferecer aos candidatos na contratação em startup.

Faça um bom anúncio da vaga disponível

Antes de fazer a contratação em startup, faça uma análise interna das necessidades da companhia. Este artigo do nosso blog fala um pouco mais sobre quais pontos levar em consideração na hora de buscar um novo colaborador.

Avalie qual o perfil de profissional você irá precisar, por exemplo, se é uma pessoa mais experiente ou nova no mercado, que queira crescer junto com seu negócio. 

Faça uma descrição clara do que busca no candidato e dos valores e missão da companhia, antes de realizar uma contratação em startup.

Inclusive, se for contratar uma empresa especializada em recursos humanos, tenha certeza de ter passado todas as informações necessárias para que façam uma seleção correta. Afinal, eles não fazem parte da startup e não conhecem os detalhes do negócio como o empreendedor.

Conquiste os candidatos ao vender o seu negócio

A contratação em startup precisa muito convencer o candidato de que vale a pena investir seu tempo e carreira na construção do novo negócio. Por isso, o processo é um pouco parecido com a venda de um produto ou serviço: é preciso vender o seu negócio para o profissional. 

Ele precisa ser conquistado com o objetivo do negócio, com os valores, com o formato de trabalho, por exemplo. Hoje em dia, especialmente após a pandemia, o home office está muito valorizado pelos profissionais. 

Considere esta forma de atuação, pelo menos parcial numa contratação em startup. 

É importante que o candidato sinta que pode pertencer à startup não apenas como colaborador, mas também como parte integrante e essencial para o negócio crescer.

O que deve ser considerado ao escolher um candidato?

Como já falamos, tudo vai depender do que a empresa precisa naquele momento para ajudar no crescimento do negócio. Porém, é essencial que na contratação em startup o candidato esteja ciente de que se trata de uma empresa em ascensão e que pode enfrentar dificuldades no início.

Nem sempre o melhor critério de seleção será a experiência. Um dos motivos é que um profissional com bastante tempo no mercado pode ser conquistado com propostas mais vantajosas de empresas já consolidadas. 

Por isso, certifique-se de que contará com uma pessoa disposta a enfrentar ao lado dos donos, todos os desafios que uma empresa nova pode encontrar na trajetória. Deixe claro também que certamente serão recompensados quando prosperar. 

 

Gostou deste conteúdo sobre contratação em startup? Assine a nossa newsletter e receba as novidades do blog da Xerpa em primeira mão.

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.