É possível ter uma conta corrente sem taxa?

conta corrente sem taxa

Os desafios da economia atual reforçam a necessidade das pessoas fugirem de gastos desnecessários e tarifas. Mas será que realmente existe uma forma de ter uma conta corrente sem taxa

É fato que cada vez mais surgem instituições flexíveis e atrativas para o bolso do consumidor. A tendência é que modelos engessados de manutenção da conta bancária se tornem ultrapassados! É por isso que os bancos digitais têm conquistado a parcela mais jovem da população. 

Então a resposta é sim. Dá para ter uma conta bancária sem ter que pagar taxas mensais! E para te ajudar, vamos mostrar neste post:

  • o que a lei diz sobre taxas bancárias;
  • como migrar para o plano gratuito;
  • quais bancos oferecem essa possibilidade.

Não deixe de acompanhar!

Como funciona uma conta corrente gratuita?

Você sabia que conta corrente sem tarifa é um direito seu, e não um privilégio?

De acordo com a Resolução nº 3.919/2010 do Banco Central, todos os bancos nacionais são obrigados a oferecerem uma conta corrente gratuita para pessoas físicas. Essa conta precisa disponibilizar serviços essenciais como:

  • cartão de débito;
  • 10 folhas de cheques por mês;
  • segunda via do cartão de débito;
  • até 4 saques por mês;
  • até 2 extratos por mês;
  • realização de consultas via internet;
  • até 2 transferências entre contas da própria instituição por mês;
  • compensação de cheques.

Ou seja, o cliente tem direito a utilização de todos esses serviços de forma gratuita, desde que respeite os limites mensais de cada serviço. Caso a pessoa não use cheque ou cartão de crédito, por exemplo, a instituição não pode cobrar por esses serviços. 

Optar pelo pacote de serviços essenciais vale a pena quando você não faz muitas transações ao longo do mês. 

Então, é possível gastar menos sem precisar trocar de banco! O caminho é conversar e revisar as tarifas que você está pagando, a fim de identificar quais são realmente essenciais. 

Porém, se você não conseguir redução nenhuma, considere mudar de instituição ou optar por uma conta corrente digital. 

No próximo tópico, você verá quais as principais tarifas cobradas pelos bancos e se é normal que eles cobrem pela manutenção da sua conta. 

Se você quer criar novos hábitos financeiros, continue de olho no texto!

Quais as principais taxas cobradas pelos bancos?

A cobrança de tarifas geralmente acontece em 3 tipos de situações: 

  1. serviços prioritários, como cartão de crédito, câmbio de moeda estrangeira;
  2. serviços especiais, como FGTS e PIS/PASEP;
  3. serviços diferenciados, como carga e recarga de cartão pré-pago, extrato diferenciado, declarações e outros.

Será que existe outra forma de você conseguir uma conta corrente sem tarifa e sem anuidade?

O valor da manutenção da conta depende de instituição para instituição. Se você é universitário, as tarifas costumam ser menores. Nesse caso, é preciso comprovar que você está matriculado em algum curso do ensino superior.

A conta salário é uma alternativa, embora limitada. Além de ser obrigatoriamente aberta pelo empregador, só permite depósitos da empresa pagadora e pagamento de contas. Outros serviços, como transferência bancária, só podem ser realizados mediante tarifa.

Outro caminho é pedir a migração para uma conta mais simples, mesmo que você já use a normal há um bom tempo. Cabe a você analisar quais são as suas reais necessidades! 

Em resumo, os bancos costumam cobrar uma anuidade, a taxa de manutenção mensal, transferências e quando você ultrapassa o limite de serviços ou saques bancários

Fique atento: se você praticamente não movimenta a sua conta (usa apenas os serviços essenciais) ou apenas a conta poupança, o banco não pode cobrar uma tarifa mensal de você. 

Se você faz muitas transações ao longo do mês e mesmo assim busca pela redução de tarifas, existem 2 formas: a primeira é conversando com o banco. Caso isso não dê resultado, talvez seja hora de optar pela conta digital!

Então, se você quer tirar as tarifas da conta corrente, analise tudo isso e siga as dicas acima. Não fique pagando por tarifas que você nem usa!

Hora de migrar para uma conta digital?

Os bancos digitais são atrativos porque dispensam juros ou tarifas abusivas. Mesmo assim, sempre existe algum serviço que é pago. Portanto, para fugir das cobranças, é preciso respeitar os limites de uso.

Mas quais as taxas cobradas pelos bancos digitais? Confira os principais prós e contras de alguns dos mais populares: 

  • Banco Inter

Prós: abertura de conta gratuita, taxa zero para transferências e serviços essenciais, cartão de crédito, cartão internacional, depósito, investimento, Pix, recarga de celular, saques gratuitos e serviços como financiamento, não tem tarifa mensal. 

Contras: não oferece cartão virtual, não tem atendimento 24 horas, não permite abertura de conta conjunta.

  • Nubank

Prós: abertura gratuita, ausência de taxas para transferências e depósitos, cartão de crédito internacional, conta PJ, depósito, investimentos (apenas CDI e poupança), Pix, recarga de celular, e zero taxa de manutenção. 

Contras: saques custam 6.50, cobra taxa e uso no exterior, não acumula milhas, dificuldade para conseguir ser aprovado (abrir uma conta exige fila de espera, exceto no caso de cartão de débito) e  dificuldade para aumentar o limite do cartão.

  • Neon

Prós: abertura gratuita, serviços básicos gratuitos, cartão internacional e de débito sem anuidade, cartão de crédito com limite gerenciável, investimentos (apenas CDI e CDB), Pix, recarga de celular e empréstimos.

Contras: cobra 5.90 por saque, não oferece transferências ilimitadas, cobra 2.50 por emissão de boleto, não tem cheque especial, conta só pode ser aberta por celular. 

O banco pode cobrar taxa de manutenção de conta corrente, mas isso depende de qual é a modalidade e quais serviços você utiliza regularmente.

Se você quer reduzir ou até eliminar totalmente as taxas da sua conta, analise quais serviços você realmente usa e quais são dispensáveis. Vale a pena ficar pagando por aqueles serviços que você “talvez use um dia”?

As contas digitais são práticas e boas alternativas para quem busca gastar menos. Em contrapartida, funcionam de forma 100% digital. Se precisar ir ao banco para conversar ou negociar com gerente não conseguirá. 

Confira quais opções o seu próprio banco tem para oferecer antes de fazer a migração. Seja qual for a escolha, saiba que você não é obrigado a pagar taxas abusivas e tarifas inúteis para sempre. 

É possível sim ter uma conta corrente gratuita ou pedir pela redução de tarifas! Se informe e também siga as nossas dicas acima!

 

Esse post te ajudou de alguma forma? Compartilha nas suas redes sociais para ajudar quem você conhece também! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outros artigos que você pode se interessar