consultar nome sujo

Aprenda a importância e os passos para consultar nome sujo

Saber como consultar nome sujo é importante para qualquer pessoa, uma vez que o processo ajuda a definir se existe alguma dívida pendente. Caso existam inadimplências identificadas, muitos problemas podem surgir na vida da pessoa, como a dificuldade de conseguir crédito ou mesmo a impossibilidade de obter um novo cartão de crédito. Para tanto, o passo a passo para o procedimento consiste em:

  • acessar os sites dos órgãos de proteção ao crédito ou visitá-los presencialmente;
  • ter o número do CPF em mãos;
  • realizar a consulta.

Você solicita à instituição financeira um novo cartão de crédito e o pedido é negado. Nessas horas, inesperadamente, você descobre que tem uma dívida antiga, e acumulada, prejudicando sua saúde financeira.

E, acredite, esse é apenas um dos grandes benefícios em saber como consultar nome sujo.

Ponto interessante nisso, é o seguinte: o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) revelou recentemente que mais da metade dos brasileiros não sabe que tem o seu nome impedido por esse motivo.

Daí, a importância em consultar nome sujo. Sabendo como fazê-lo, a sua educação financeira segue à toda rumo aos seus objetivos, e sem imprevistos como o ilustrado na abertura deste texto.

Vamos ver, então, como consultar nome sujo? Basta acompanhar-nos ao longo desta leitura até o final do artigo!

O que significa “nome sujo”?

O termo é popularmente associado a quem tem algum débito e, portanto, enquadra-se nos exemplos restritivos que destacamos na introdução do artigo.

Ou seja: um brasileiro endividado está com o “nome sujo na praça” — daí, a origem do termo, que consiste em seguida à notificação aos órgãos de crédito e, assim, restringir as ações dessa pessoa.

Por consequência, esse tipo de problema pode causar uma série de transtornos à pessoa. Um deles é o estresse financeiro e, se você tem interesse em saber mais a respeito desse assunto, clique aqui para ser direcionado a um artigo nosso que trata especificamente sobre o estresse financeiro!

Quais motivos podem levar ao nome sujo?

Antes de aprendermos como consultar nome sujo, convém a compreensão dos motivos que podem levar a essa situação debilitante.

E, como já destacamos, a inadimplência tende a ser o único fator principal. Só que ocorrem situações complementares que levam a esse problema e ao seu contínuo acúmulo — especialmente, para que não sabe está com o nome sujo.

Abaixo, alguns exemplos que ajudam a elucidar melhor a questão:

  • falta de dinheiro para honrar os compromissos com pagamentos;
  • não pagamento da fatura do cartão de crédito (ou de loja) ou boletos;
  • ausência no pagamento da pensão alimentícia ou;
  • conta corrente zerada para quitar dívidas com o cheque especial e outros tipos de empréstimos;
  • contas correntes inativas.

É importante, então, conhecer bem o seu planejamento financeiro e os compromissos que você assume, para que essas contas não surjam de maneira imprevista na sua vida.

Quem monitora esse tipo de situação?

Existem diversos órgãos de proteção ao crédito que podem ajudar você a aprender como consultar nome sujo.

A maioria já deve conhecer o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) e também o Serasa Experian — dois dos serviços mais antigos no país, e geridos para garantir que o consumidor tenha, em mãos, os meios mais fáceis para consultar nome sujo com base nos dados de inadimplência oferecidos pelas empresas.

Você também pode encontrar esse mesmo tipo de solução em outros órgãos que, hoje em dia, aumentam a competitividade do ramo. Alguns deles:

  • Boa Vista Serviços;
  • CCF;
  • CADIN;
  • SCR;
  • Cobrança indevida.

Saiba, então, que não faltam opções para você saber como consultar nome sujo.

Como consultar nome sujo?

Você pode fazer isso tanto presencialmente — indo diretamente aos órgãos com os seus documentos pessoais (como identidade, CPF e comprovante de endereço) — quanto on-line.

Assim, você economiza em tempo e pode fazer a consulta a qualquer hora, e de qualquer lugar. Muito mais conveniência, não é mesmo?

Vamos ver, então, como é o passo a passo para aprender como consultar nome sujo nesses órgãos de proteção ao crédito:

SPC e SERASA

Ao consultar nome sujo no SPC, tenha em mente os seguintes processos:

Atenção, apenas, para o fato de que o SPC Brasil cobra pelo serviço de consulta.

SERASA

A consulta, aqui, é grátis. Para tanto, é necessário preencher um formulário básico de cadastro. Por meio dele, você pode ter acesso a uma série de produtos oferecidos, como:

  • Serasa eCred;
  • Serasa Antifraude;
  • Serasa Limpa Nome;
  • Serasa Score;
  • Serasa Cadastro Positivo;
  • Serasa Ensina e Você Consulta.

Para acessá-lo, basta clicar no link a seguir para direcionar você ao portal do Serasa!

SCPC Boa Vista

Assim como no caso anterior, você deve digitar o número do seu CPF no campo requisitado, sendo que o SCPC Boa Vista também oferece o serviço gratuitamente.

Acesse o site aqui.

Existem diferenças em consultar nesses órgãos?

De maneira geral, não. Afinal de contas, os bancos de dados utilizados são basicamente os mesmos. Acontece que, em algum momento, você pode consultar nome sujo no Serasa e não ter nenhuma correspondência, enquanto no Boa vista já consta uma inadimplência.

Isso pode ocorrer por conta da atualização desses bancos de dados, que são alimentados por diferentes fontes. Então, se você tem dúvida quanto a estar ou não com o nome sujo na praça, aproveite para usar os serviços de maneira combinada.

Dessa maneira, você se certifica de que não existem pendências financeiras em lugar algum.

Como resolver o problema?

Após ter aprendido como consultar nome sujo — e constatado que existem pendências — é necessário entrar em contato com a empresa responsável pela dívida.

Com isso, você consegue avaliar a melhor ação para quitar o débito e tirar o seu nome desses órgãos. Lembrando, apenas, que as restrições só são impostas entre 30 ou 60 dias após o prazo de pagamento ter expirado.

Portanto, crie o hábito de fazer essa consulta periodicamente, agora que você já sabe como consultar nome sujo, e estabeleça um planejamento financeiro muito menos envolto em imprevistos.

Deseja compartilhar as suas experiências sobre o assunto? Então, deixe um comentário e ajude-nos a expandir essa discussão para que mais pessoas saibam como sair dessa situação financeira incômoda e limitante!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.