Compartilhar conhecimento

5 formas de compartilhar conhecimento

Compartilhar conhecimento faz parte da nossa vida, seja diretamente ou indiretamente, na vida pessoal ou profissional, estamos o tempo todo aprendendo e ensinando. No mercado, no entanto, compartilhar conhecimento não é bem visto por todos os profissionais.

Isso ocorre principalmente porque muitas pessoas têm certo pavor de perder uma vantagem competitiva se repassarem aquilo que sabem a alguém. Além disso, muitos acham que retendo conhecimento conseguirão se destacar em seu cargo.

No entanto, esse cenário de competição excessiva é nocivo, não só para esse profissional que evita compartilhar conhecimento, e barra seu próprio crescimento, mas para a empresa.

Pois, se todos decidirem por compartilhar o conhecimento a equipe crescerá e consequentemente os resultados da organização serão maiores. Sem contar que quem compartilha conhecimento sem dúvida receberá em troca novos aprendizados

Mas como as empresas podem agir para estimular essa troca de conhecimento entre seus funcionários? Neste artigo vamos abordar:

  • Quais os motivos que levam alguém a não compartilhar conhecimento?;
  • Quais os benefícios de compartilhar conhecimento?;
  • Dicas para as empresas fomentarem o compartilhamento do conhecimento;

Aproveite para adquirir conhecimento com esse artigo seguindo em frente.  

O que é o compartilhamento de conhecimento?

“Afeto e conhecimento são duas coisas que se você guardar, você perde” (Mario Cortella)

Compartilhar conhecimento é o processo de repartir informações e habilidades com quem está ao seu redor. Essa forma de interação e troca de aprendizados entre as pessoas é que permite a evolução profissional e pessoal de ambas as partes.

O compartilhamento de conhecimento pode ocorrer em debates, formações, palestras, webinars, treinamentos, entre outros.

No meio empresarial também podemos encontrar esse cenário na comunicação interna e até mesmo em ações estratégicas da própria empresa. Como distribuição de conteúdos para os colaboradores, cursos de treinamentos e etc.

Por que as pessoas não compartilham conhecimento?

Compartilhar conhecimento devia ser algo natural do nosso dia a dia, principalmente no ambiente profissional. Até porque não seremos eternos e repassar o seu saber a outra pessoa é um ato nobre e maduro.

Contudo, nem todo mundo enxerga o grande valor que a troca de conhecimento tem. Uma vez que, quem oferece conhecimento também sai ganhando e tem a oportunidade de adquirir novos aprendizados com a outra pessoa.

Compartilhar conhecimento é uma troca de aprendizados e ambos os lados saem ganhando nesse processo. Porém, nem tudo pensa dessa forma e muitos preferem reter o que sabem por diversos motivos. Selecionamos abaixo três muito comuns no ambiente corporativo.

Mas quais serão os principais motivos para que um profissional tenha receio de compartilhar conhecimento no trabalho? Conheça alguns deles abaixo.

Medo de perder o cargo

O medo de compartilhar conhecimento muitas vezes está acompanhado do receio de perder o cargo para aquela pessoa que você está repassando seu saber.

A insegurança de achar que um profissional pode tomar sua vantagem competitiva faz com que a pessoa retenha informações. Esse é um erro comum no mercado. Pois, quem faz isso, está se autossabotando, barrando a troca de aprendizados.

Preferem o individualismo

Muitas pessoas acreditam que são as donas da verdade e com isso decidem se fechar e optam por não debater decisões ou escolhas na empresa.

Isso ocorre principalmente nos cargos mais altos, onde o profissional tem maior autonomia nas tomadas de decisão. Esse individualismo, porém, tem como consequência o não compartilhamento de conhecimento.

Afinal, esses profissionais acabam se fechando no próprio universo, retém todo o conhecimento, tratando-o como um bem. Ou seja, eles acreditam que quanto mais tem, melhor serão na empresa.

Mas acabam caminhando sozinhos, e se fechando para o trabalho em equipe, que é essencial.

Timidez

Outro problema comum para que a pessoa decida não compartilhar conhecimento é a timidez ou o medo de estar repassando informações erradas. Assim, esse profissional acaba guardando tudo para si e prefere ver o outro errar sozinho a tentar ajudá-lo.

Uma pesquisa da Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) revelou que 31,65% dos profissionais tem dificuldade em depender de alguém que está por perto por serem tímidos.

A grande questão no caso da timidez é que o profissional acaba fechando a porta para crescer profissionalmente. Dado que, se tornam inseguros no ambiente de trabalho e muitas vezes erram por evitar pedir ajuda para não serem julgados.

Quais os benefícios de compartilhar conhecimento?

Agora que já sabemos alguns dos principais medos de quem evita compartilhar conhecimento, vamos conhecer os principais benefícios dessa ação no trabalho.

Construção do conhecimento coletivo

Um dos principais benefícios de compartilhar conhecimento no ambiente de trabalho é a possibilidade de gerar um conhecimento coletivo. Quando há uma troca constante de saber entre os funcionários o desempenho organizacional é potencializado.

Isso quer dizer que todos se tornam mais produtivos e efetivos na execução de tarefas e resolução dos problemas em geral.

Imaginando um cenário onde uma pessoa encontrou a solução para determinado problema da empresa, se ela compartilha com todo mundo, há uma construção do conhecimento coletivo.

Pois, a partir daí, todos poderão resolver essa questão mais rapidamente, facilitando o trabalho em equipe e os resultados. 

Cria-se um ambiente de inovação e criatividade

Num ambiente empresarial a inovação e a criatividade são alguns dos pontos que podem colocar determinada empresa à frente da concorrência. Porém, é impossível criar um cenário como esse se as pessoas não compartilham conhecimento entre si.

Falamos isso, pois, o trabalho em equipe é essencial para que haja inovação e criatividade na execução das tarefas. Esse é um processo onde os profissionais estão o tempo todo compartilhando conhecimento.

Seja em forma de debate para planejar uma tarefa, sugerir caminhos ou até mesmo no momento de aprovação da estratégia. Cada um precisa expor o seu conhecimento para se criem novas perspectivas e ideias, de forma inovadora e criativa.

Nessas interações todos saem ganhando, enriquecendo-se profissionalmente e contribuindo para que o outro cresça também.

Destacamos a importância da inovação no artigo: “Gestão inovadora: como inovar nos processos administrativos da empresa”.

Fortalece o trabalho em equipe

Compartilhar conhecimento também fortalece o trabalho em equipe. Já que não existe uma competitividade extrema para ser maior que o seu colega de trabalho.

O espírito de equipe nesse caso é maior e todos têm a sensação de que estão crescendo pessoalmente e profissionalmente ao fazer parte daquele time.

Por isso, há um engajamento e uma luta por um mesmo objetivo e a equipe se vê disposta a contribuir entre si para que os resultados sejam alcançados.

Permite o desenvolvimento profissional

Uma pessoa que possui conhecimento apurado sobre determinado assunto e repassa aos outros, é muitas vezes vista como exemplo na empresa. É um talento que todo gestor quer ter no ambiente de trabalho.

Compartilhar conhecimento pode fazê-lo crescer na empresa, pois, você passa a ser uma fonte de inspiração para outras pessoas. Começa a ser visto como aquele que trata bem os funcionários e se dispõe a ajudar quando necessário.

Isso faz com que todos ao redor desejem crescer. Você é visto como referência e exemplo. É ouvido e tem poder de decisão. Então, um dos benefícios de compartilhar conhecimento é tornar-se alguém respeitado na profissão.

Não por saber demais, mas por ter a capacidade de compartilhar o que sabe para que todos evoluam.   

Como compartilhar conhecimento na empresa?

As empresas têm um papel importante para estimular seus colaboradores a compartilhar conhecimento. Conheça algumas opções que tornam viável essa realidade.

Oferecendo acesso a conteúdos diferenciados

Compartilhar conhecimento estimulando à leitura, esse é um bom caminho para fazer com que seus colaboradores se desenvolvam pessoalmente e profissionalmente.

Conteúdos relevantes para a profissão em questão podem ser repassados via e-mail, biblioteca virtual ou até mesmo por aplicativos de mensagem como WhatsApp e Telegram. Desde artigos, a notícias, e-books, newsletter e muito mais.

Crie uma periodicidade nesses envios e até mesmo instigue o debate entre os colaboradores no ambiente de trabalho sobre aqueles materiais. 

Organizando treinamentos e capacitações

Uma forma de compartilhar conhecimento com seus colaboradores é organizando cursos de capacitação e treinamentos

Cada uma dessas formações não só oferece ferramentas para que os profissionais executem suas tarefas com maior exatidão, mas é um estímulo à inovação.

Pois, profissionais que passam periodicamente por formações adquirem novos conhecimentos. Assim, conseguem potencializar seu desempenho e produtividade além de manterem atualizados com as novidades da profissão e do mercado.

Portanto, organize sempre esses tipos de formação, via cursos e treinamentos, para disseminar novos conhecimentos aos seus colaboradores.

Oferecendo cursos de extensão

Possibilitar que seus colaboradores façam algum curso de extensão como MBA e pós-graduação é uma forma de estímulo e incentivo para que eles busquem novos conhecimentos.

Mesmo não sendo a própria empresa que esteja compartilhando o conhecimento diretamente, ela está implantando uma estratégia que apoia a circulação de conhecimento.

Já que, esses colaboradores estarão tecnicamente mais preparados para a profissão e consequentemente poderão impactar outros profissionais com seu conhecimento mais apurado, influenciando até mesmo no seu desempenho diário.

Uma alternativa, para instigar os profissionais a procurarem essas extensões, vem por meio de parcerias com instituições que ofereçam descontos exclusivos.  

Construindo um espaço para divulgar conteúdo específicos

A empresa pode também disseminar esse conhecimento aos colaboradores utilizando ferramentas internas.

Uma das alternativas é um criar um blog e convidar diretores, gestores e até os próprios colaboradores para compartilharem conhecimento com produção de conteúdo.

Além disso, as facilidades que um material publicado na WEB tem, mesmo que seja de forma interna, permite que um colaborador compartilhe o conteúdo com outro, que repassa a mais uma pessoa e assim sucessivamente.

Logo, o conteúdo publicado pode ser uma forma de fomentar esse compartilhamento de conhecimento entre os profissionais da empresa. Posto que a todo o momento estará instigando novas pessoas a escreverem para compartilhar conhecimento e aprendizados.

Apostando em programas de mentoring

“No mentoring, o mentor disponibiliza sua experiência, seus conhecimentos, sua perspectiva e visão dos fatos, para que o profissional mais novo possa progredir na carreira” (Coaching e mentoring: foco na excelência – Adam Willy Nökel)

O mentoring é uma estratégia organizacional que busca compartilhar conhecimento entre profissionais com maior expertise com os que têm menos experiência na profissão.

O mentor é designado pela empresa para repassar seu saber e contribuir para que determinado profissional desenvolva suas habilidades com base em conselhos de quem conhece a profissão na prática.

E como forma de compartilhar o conhecimento esse profissional oferece conselhos, estratégias e métodos para que o mentorado adquira novas habilidades constantemente.

Esse tipo de estratégia, se bem planejada, é extremamente efetiva. Não à toa muitas empresas se utilizam desses métodos definindo profissionais com expertise em áreas variadas para que compartilhem conhecimento e formem seus colaboradores.

O mentor pode ser um profissional externo ou da própria empresa e que seja referência na área em questão. As reuniões de mentoria podem ocorrer semanalmente, quinzenalmente, mensalmente ou como a empresa pré-determinar.

Por que compartilhar conhecimento é importante?

Compartilhar conhecimento deveria ser algo natural no mercado de trabalho. No entanto, é um grande desafio por parte das empresas que precisam achar maneiras de estimular os colaboradores na troca de aprendizados.

Afinal, não existe crescimento, seja ele profissional ou pessoal, se não houver conhecimento. Todas as pessoas aprenderam algo ao longo da vida, seja com familiares, amigos ou professores.

O conhecimento está sempre transitando por cada um de nós. Depende apenas de termos a coragem de repassá-lo a outras pessoas e que em troca recebamos o que elas têm a nos oferecer.

Só que para isso é necessário ignorar o receio de perder um cargo ou ficar temeroso em relação a sua vantagem competitiva. O correto é pensar que sempre há ganho no compartilhamento de informações.

 

E você, quer continuar recebendo conhecimento? Convidamos você a assinar nossa newsletter para apoiar essa disseminação do saber.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.