Como realizar o processo de admissão de funcionários?

Processo de admissão de funcionários

Assim que um funcionário é contratado por uma empresa, é necessário que ele entregue documentos e informações específicas. Acompanhe nosso passo a passo sobre o processo de admissão de funcionários!

Mas, antes de começarmos, temos um dica bacana para você! Se você está planejando o processo de recrutamento e seleção, para atrair os melhores talentos, indicamos que você baixe esse eBook. Faça o download gratuito respondendo o formulário:


 

Processo de Admissão de Funcionários

1. As etapas do processo de recrutamento e seleção

Antes da admissão, é importante entender o processo de recrutamento e seleção. É assim que a empresa entende quais são as pessoas que estão dentro do perfil procurado pela empresa. Veja algumas das etapas mais comuns:

    • Descrição da vaga: características profissionais e perfil do funcionário buscado pela empresa;
    • Anúncio da vaga: divulgação da descrição da vaga nos canais aos quais os candidatos têm acesso;
    • Triagem dos currículos: filtro para desconsiderar os currículos que não estão de acordo com a vaga;
    • Contato por telefone: abordagem inicial para verificar disponibilidade, comprovar habilidades e debater o interesse do candidato pela vaga;
    • Entrevista: o encontro pode ser conduzido pelos gestores ou pelo pessoal de RH, dependendo da cultura da empresa e do seu tamanho;
    • Aplicação de testes: comprovação das habilidades e das competências necessários para o cargo.

 

Depois de passar por todas as etapas é escolhido o melhor candidato para a vaga.

 

2. Exame Admissional

Esse exame serve para conferir a saúde do profissional, com o intuito de saber se ele está fisicamente apto para realizar as funções do cargo para o qual foi contratado na empresa.

Primeiro, precisamos ter certeza de que o novo colaborador está apto a trabalhar. Por isso, o segundo passo do processo de admissão de funcionários é pedir que ele realize o exame médico admissional obrigatório, de acordo com o PCMSO – sigla para Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional.

     

3. Entrega de documentos

Comece a recolher os seguintes documentos para a preparação da ficha do funcionário:

  • Carteira de Trabalho, também chamada de CTPS, para você fazer as anotações necessárias. Lembre-se de devolver em até 48 horas;
  • Uma foto 3X4, que será anexada ao livro ou ficha de registro de funcionários.

Além desses, os documentos abaixo devem ser concedidos como cópias simples ou digitais. O principal motivo de recebê-los é poder ter certeza de que todos os números fornecidos são verdadeiros e que não houve nenhum tipo de falsidade ideológica:

  • RG ou outra carteira de identificação emitida por outros meios, como as de Conselhos Regionais;
  • CPF;
  • Título de eleitor;
  • Comprovante de residência;
  • PIS ou NIS;
  • Carteira de motorista, a CNH – pode inclusive substituir o RG e CPF por conter em si os números;
  • Documento de reservista para homens maiores de 18 anos de idade;
  • Certidão de casamento para cadastro de dependentes;
  • Certidão de nascimento de filhos menores de 21 anos de idade para cadastro de dependentes;
  • Cartão de vacina para filhos menores de 5 anos de idade para cadastro do Salário Família e outros benefícios;
  • Comprovante de escolaridade para filhos com até 14 anos de idade para cadastro do Salário Família e outros benefícios.

 

4. Preenchimento de CTPS e ficha cadastral

Assim que tudo isso estiver em mãos, a empresa precisará preencher estes dados pessoais e outros dados relacionados ao contrato de trabalho na CTPS, livro ou fichas de registro do funcionário. São eles:

  • Função na empresa;
  • Salário;
  • Data de admissão;
  • Grau de instrução;
  • Estado civil;
  • Jornada de trabalho;
  • Dependentes para o salário família;
  • Dependentes para o imposto de renda.

Para saber como preencher os campos com as informações acima, faça o download gratuito do eBook: Carteira de Trabalho sem erros!

Caso a carteira esteja sem nenhum espaço disponível nas páginas de Contrato de Trabalho, será necessário pedir que o funcionário tire uma Carteira de Trabalho de Continuação. Ele pode agendar pelo telefone ao ligar em 158 ou no site do Ministério do Trabalho em http://saaweb.mte.gov.br/

Quando você receber a nova carteira, faça a anotação do dado na carteira normalmente.

 

5. Compra de benefícios

A empresa também pode perguntar ao funcionário, através de documentos a serem preenchidos e assinados, se ele fará uso de Vale Transporte. É importante já saber a rota completa e o quanto será o gasto diário para comprar a modalidade certa e colocar os créditos nos cartões.

Verifique se precisará também de auxílio para a abertura de uma conta corrente no banco para o recebimento do salário. Você pode precisar emitir uma carta explicando sobre a abertura.

Se a sua empresa oferece Plano de Saúde, também será necessário pedir o número do Cartão SUS. Se o funcionário não souber ou não tiver, você pode consultar o número neste link.

 

6. Documentações da empresa

Uma das práticas para no processo de admissão dos funcionário é apresentar alguns documentos da empresa a fim de facilitar o dia a dia de quem está chegando. Nesses documentos, podem ter uma apresentação mais detalhada da empresa e alguns dos benefícios oferecidos. Veja as documentações mais comuns:

  • Termo de confidencialidade: Caso o funcionário lide com informações que são sigilosas de clientes e, por isso, todos assinam um termo de responsabilidade.
  • Termo de solicitação de vale transporte: Termo obrigatório da lei que garante o transporte do funcionário até o local de trabalho.
  • Código de conduta: documento que define o comportamento de seus membros e alinha os principais valores da empresa,

Esses materiais de boas-vindas ajudam o funcionário ao novo ambiente de trabalho e informam sobre sua nova função e sobre a empresa.

 

Tenha certeza de que todos os passos do processo de admissão de funcionários citados acima foram seguidos com muito cuidado. Qualquer erro nesse momento poderá trazer problemas com a previdência.

Quando a rotina é mal realizada ou não é cumprida, coloca o empregador e o empregado em situação de risco, podendo gerar multas ou ainda anulação de atos. Preste muita atenção para reunir todos os documentos e garantir uma admissão bem sucedida.   

Curtiu o nosso material sobre como processar a admissão de um funcionário? Quer aprender mais? Não esqueça de baixar o e-Book Carteira de Trabalho sem erros e você saberá tudo sobre a CTPS!

2 thoughts on “Como realizar o processo de admissão de funcionários?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *