Como elaborar um plano de benefícios para uma empresa?

como elaborar um plano de benefícios para uma empresa

Plano de benefícios é uma estratégia desenvolvida pelas empresas onde são oferecidas vantagens aos colaboradores, além do salário. Através disso, é possível atrair bons profissionais no mercado e reter talentos.

Com a competitividade em alta no mercado, organizações que sabem como elaborar um plano de benefícios se destacam. Quem consegue hoje motivar os profissionais está à frente dos concorrentes.

Isso porque incentivar um colaborador positivamente diminui a taxa de turnover, aumenta a produtividade e proporciona a empresa resultados mais satisfatórios.

Entretanto, saber como elaborar um plano de benefícios para uma empresa não é tarefa fácil e exige muita dedicação do RH e dos gestores. Já que é necessário um planejamento estratégico e financeiro para a implementação de um bom plano de benefícios.

Quer saber como montar um plano de benefícios perfeito para a sua empresa? Confira algumas dicas para lhe ajudar nesse caminho.

 

O passo a passo da política de benefícios

O RH tem o grande desafio de descobrir formas sobre como elaborar um plano de benefícios para uma empresa. Estratégias que sejam eficazes para que as vantagens oferecidas pela organização beneficiem a todos, desde o empregador ao empregado.

Para lhe ajudar nessa missão, construímos um passo a passo do que é necessário para planejar e implementar uma política de benefícios. Confira!

  • Defina seu orçamento;
  • Trace o perfil da sua equipe;
  • Conheça seus concorrentes;
  • Ofereça benefícios comuns ao mercado;
  • Surpreenda seus colaboradores;
  • Corrija seu plano se necessário;
  • Divulgue seus benefícios nos anúncios de emprego;
  • Utilize indicadores de desempenho.

Definir os itens acima como prioridade na construção da sua política de benefícios pode impactar positivamente a sua estratégia. Adotá-los facilita e muito o caminho de implementação, que exige sempre muito cuidado e atenção do RH.

 

Defina seu orçamento

Definir o orçamento para a construção de um plano de benefícios é fundamental para que a empresa não ultrapasse seu limite orçamentário. De nada adianta ter a melhor ideia de política de benefícios se é impossível colocá-la em prática.

Trace metas de investimento e seja realista. Coloque os objetivos em primeiro plano antes de investir. Ter o direcionamento correto sobre o que você irá oferecer a equipe faz toda a diferença.

Saber o que sua empresa deseja – reter talentos, atrair grandes profissionais no mercado, diminuir a rotatividade – contribui com a estimativa de valores do plano.

 

Trace o perfil da sua equipe

Analisar e determinar o perfil da sua equipe é o primeiro passo para quem deseja saber como elaborar um plano de benefícios para uma empresa. Não existe ninguém melhor para dizer o que lhe deixaria feliz do que o próprio colaborador.

Faça uma pesquisa interna sobre quais vantagens seriam benéficas para a equipe e o que seria valorizado por eles. Ao ouvir os colaboradores você consegue incluí-los nas decisões da empresa e demonstra o quanto você valoriza o trabalho deles.

Sendo assim, traçar um perfil da sua equipe e de seus profissionais, entendendo quais são suas necessidades é essencial para que o plano de benefícios seja efetivo.

 

Conheça seus concorrentes

Faça uma pesquisa de mercado sobre seus concorrentes. Para ser competitivo é necessário saber quais os diferenciais da concorrência e em que ela se sobressai em relação ao que você oferece aos seus profissionais.

Assim é possível inclusive reter os seus talentos, sem abrir chance para que eles futuramente optem por sair da sua empresa para trabalhar com o concorrente.

Colaboradores satisfeitos têm muito menos chances de pedir demissão ou abrir mão de seu emprego para se arriscar em outro.

Estude o mercado, veja o que é valorizado pelos profissionais da sua área. Essa é uma boa maneira de saber como elaborar um plano de benefícios para uma empresa, diminuindo as chances de erros e aumentando a efetividade do plano.

 

Ofereça benefícios comuns ao mercado

Entender a lei da CLT e conhecer quais os benefícios obrigatórios e extras exige muita atenção do RH. De fato a empresa já oferece aos colaboradores vantagens impostas pela lei, contudo alguns benefícios não obrigatórios são praticamente essenciais atualmente.

O vale-refeição e o plano de saúde são alguns desses exemplos. Não são obrigatórios, porém, de alguma forma tem um poder muito grande para atrair bons profissionais e reter talentos.

Eles se tornaram vantagens comuns a boas empresas e que todo colaborador almeja quando busca uma vaga de emprego.

 

Surpreenda seus colaboradores

Um plano de benefícios traz normalmente consigo vantagens bem comuns, como plano médico e odontológico, vale refeição, participação nos lucros, entre outros. Entretanto, algumas empresas vão além e não tem medo de inovar.

No Google, por exemplo, os empregados têm à disposição um salão de jogos, lanches à vontade, além de permitir que colaboradores levem seu animais de estimação a empresa.

Já na Netflix os colaboradores têm férias ilimitadas, onde decidem o próprio período de férias ou dias em que vão se ausentar para resolver problemas pessoais.

Se o seu orçamento ou rotina não permitem algo parecido, ofereça coisas mais simples como café da manhã grátis, lanchinhos da tarde, comemoração de aniversários e etc. Tudo é uma questão de orçamento e de criatividade para motivar sua equipe.

 

Divulgue seus benefícios nos anúncios de emprego

Divulgar corretamente os diferenciais da sua organização em um processo seletivo também faz parte da estratégia de como elaborar um plano de benefícios para uma empresa. Uma vaga de emprego precisa ser atrativa para chamar a atenção dos melhores candidatos.

Coloque tudo que sua empresa tem a oferecer de salário e benefícios. Pois assim, as chances de atrair quem realmente deseja concorrer a vaga aumentam. Uma boa descrição do seu plano de benefícios pode chamar a atenção dos profissionais mais qualificados.

 

Corrija seu plano se necessário

Um equívoco no plano de benefícios pode fazer com que a empresa perca muito dinheiro e crie insatisfação em vez de motivar a equipe. Portanto, é importante saber reconhecer uma má escolha de benefícios para poder ajustá-los e corrigi-los ao longo do plano.

É possível avaliar se a escolha foi correta realizando uma pesquisa interna de satisfação. Você pode aplicar um questionário anônimo sobre o que falta para eles em questão de benefícios e o que mais gostam na empresa.

Ou até mesmo convidar cada colaborador para uma conversa individual para ter um feedback sobre sua política de benefícios. Assim, você tem a oportunidade de avaliar os erros e acertos e saber se realmente está conseguindo motivá-los com o que oferece.

 

Utilize indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho devem fazer parte da sua estratégia de como elaborar um plano de benefícios para uma empresa.

Conhecido como Key Performance Indicators, as KPIs são ferramentas que podem contribuir para que a empresa tenha uma visão exata sobre suas metas e objetivos.

Ao implantar uma política de benefícios é ideal que você mensure quais privilégios ela trouxe para as rotinas da sua empresa. Seus colaboradores estão produzindo mais? A qualidade do trabalho aumentou? O lucro está crescendo? A taxa de turnover diminuiu?

Ter em mente a política de benefícios x desempenho é essencial para saber se a estratégia sobre como elaborar um plano de benefícios para uma empresa está correta ou equivocada.

Se nada mudou na sua empresa ao oferecer vantagens aos seus colaboradores, talvez os benefícios oferecidos não sejam os melhores e a estratégia está errada.

 

A importância de montar uma boa política de benefícios

Diariamente o mercado sofre transformações e precisa se adaptar para encontrar maneiras de atrair bons profissionais e principalmente reter seus talentos. Uma das alternativas para alcançar esse objetivo é saber como elaborar um plano de benefício para uma empresa.

Construir uma estratégia que ofereça boas vantagens a equipe pode motivá-la, engajá-la e aumentar a sua produtividade. Trabalhador que executa sua tarefa feliz tende a render mais e estar sempre disposto a lutar pelas metas e objetivos da empresa.

Uma política de benefícios bem planejada influencia completamente na rotina da empresa. Por isso, é essencial que no mercado atual as empresas estejam prontas para terem a disposição dos profissionais os melhores diferenciais para se destacarem no mercado.

Quer saber tudo sobre o universo do RH? Siga a Xerpa nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn e esteja sempre atualizado no mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *