Como diminuir a conta de luz: 8 dicas para te ajudar a economizar

Como diminuir a conta de luz? Essa é uma pergunta recorrente em um país cuja maioria acredita que a tarifa praticada é cara ou muito cara.

Mas a verdade é que essa economia depende muito mais de nós mesmos do que da fornecedora de energia elétrica na sua região. 

Pequenos hábitos do dia a dia contribuem com o consumo desnecessário e que, por sua vez, se transformam em um valor maior do que o previsto na conta de luz.

Vamos testar se isso é realmente verdade? Neste post, vamos apresentar as seguintes dicas de como diminuir a conta de luz:

  • Invista em energias renováveis;
  • Foque em iluminação e entradas de ar naturais;
  • Atenção ao uso do chuveiro elétrico;
  • Troque as suas lâmpadas por versões fluorescentes ou LED;
  • Verifique se você usa todos os eletrodomésticos de sua residência;
  • Cuidado com o consumo do ar-condicionado;
  • Procure por eletrodomésticos econômicos;
  • Faça a manutenção periódica dos seus aparelhos eletrônicos.

Se identificou com algum dos tópicos que serão melhor explorados abaixo? Então, fique conosco e descubra como diminuir a conta de luz definitivamente!

Dicas de como diminuir a conta de luz

o-que-fazer-economizar-energia

1. Invista em energias renováveis

A energia solar, embora ainda tenha uma alto custo de instalação e implementação no país, é uma das grandes inovações pensadas para não apenas diminuir a conta de luz, mas também para apoiar-se em mais energias renováveis — e infinitas.

O mesmo vale para a energia eólica, mas isso não significa necessariamente que a sua residência deve buscar apenas essas fontes  de energia, pois também existem opções menos tecnológicas e que garante grande economia. Quer ver só?

2. Foque em iluminação e entradas de luz natural

Com um bom planejamento, seja na construção ou na reforma do seu lar, é possível privilegiar o acesso de luz natural. Claraboias, janelas, entradas de luz… isso tudo se converte em uma residência mais arejada e bem iluminada naturalmente. 

Se você não sabia como diminuir a conta de luz, essa pode ser uma boa opção em curto e médio prazo.

Por isso, pratique deixar as janelas abertas ao longo do dia. Se a circulação de ar tiver sido bem planejada, é possível que você nem precise de ventiladores ou do ar-condicionado ligados por muito tempo.

Da mesma forma, a iluminação natural permite que você só utilize seus interruptores à noite ou diante de uma boa necessidade apenas.

3. Atenção ao uso do chuveiro elétrico

A conta de luz veio muito alta, mas você não sabe dizer a origem desse elevado consumo de energia elétrica? Boa parte das vezes, a resposta está no banho quente e prolongado.

Isso porque, os chuveiros elétricos são um dos grandes vilões da conta de luz. Não à toa, no inverno, o consumo pode ser maior, porque tendemos a desejar a água quente com muito mais facilidade.

Vale a pena ficar de olho, contudo, nos recursos do seu próprio chuveiro. Aqueles que possuem chaves “verão” e inverno” podem agregar uma boa solução para quem vinha se perguntando como diminuir a conta de luz. 

Quando posicionado em “verão”, o chuveiro pode proporcionar uma economia de até 30% no consumo de energia elétrica se comparado com a sua posição na chave de “inverno”. Vale a pena ficar de olho nisso.

Outro ponto que pode ajudar a diminuir a conta de luz é desligar o chuveiro durante o banho. Funciona de maneira similar à torneira fechada enquanto escovamos os dentes: ao ensaboar o corpo ou enquanto espera os produtos capilares agirem, desligue o chuveiro elétrico.

A economia vai ser pouca, mas gradualmente pode se traduzir em uma boa redução na conta de energia elétrica.

Leia também: Como cortar gastos: 9 dicas para eliminar contas desnecessárias!

4. Troque as suas lâmpadas por versões fluorescentes ou LED

Não é de hoje que falam a respeito da economia das lâmpadas LED, mas as fluorescentes também possuem boa dose de consumo reduzido. Ainda mais, quando comparamos ambas com as lâmpadas incandescentes.

No geral, a redução no consumo é de até 80% aproximadamente. Imagine o quanto isso ajuda a diminuir a conta de luz no fim do mês?

Se quiser conhecer um pouco mais sobre os vilões que espreitam se alimentar de sua energia elétrica, aproveite para ler também o artigo: 6 fatores que causam aumento na conta de luz.

5. Verifique se você usa todos os eletrodomésticos de sua residência

Dê uma olhada nas tomadas de sua casa e analise quantas delas estão em uso. Em seguida, verifique quais dessas tomadas estão, realmente, sendo utilizadas ou apenas plugadas, consumindo energia.

A resposta pode te surpreender.

Por exemplo: deixar carregador na tomada gasta energia. Então, por que deixar o aparelho carregando a noite inteira? Faça uso consciente disso e a conta de luz pode ser menor no mês seguinte.

Agora, não caia na paranoia de desligar tudo na sua residência. Desligar a geladeira à noite economiza energia, é verdade, mas também pode estragar os alimentos dentro — especialmente, se você fizer isso diariamente.

É importante economizar, mas com inteligência e poder analítico para entender qual consumo é necessário e qual é dispensável.

Como exercício, comece analisando quais aparelhos mais consomem energia e descubra se você os têm em casa, e se você os usa com frequência. É uma boa maneira de saber como agir quando a conta de luz vem muito alta.

6. Cuidado com o consumo do ar-condicionado

Acredite, o brasileiro entende bem que o ar-condicionado não é luxo, mas quase uma necessidade nos dias e noites quentes. Mas lembre-se também, que a sua conta de luz vai às alturas se não existir um uso consciente do aparelho.

Vale a pena focar em alguns pontos-chave para que esse aliado não se transforme em vilão, como:

  • escolha um modelo adequado para a área útil do ambiente a ser climatizado;
  • identifique marcas e modelos do aparelho que sejam reconhecidamente sustentáveis e econômicos;
  • procure por funções no aparelho que favoreçam o uso consciente — como o desligamento automático;
  • faça uma instalação profissional para garantir o uso eficaz do aparelho sem que ele tenha que trabalhar em dobro para atingir a potência desejada;
  • mantenha as janelas fechadas quando o ar-condicionado estiver em uso.

Você pode ainda substituir o ar-condicionado para um ventilador. Econômico e eficiente, em algumas situações, ele pode refrescar e garantir um bom refresco também na conta de luz.

7. Procure por eletrodomésticos econômicos

De carona no tópico anterior, vale a pena conhecer mais a respeito do selo da Procel. Trata-se de uma classificação concedida para os aparelhos que ofereçam maior economia de energia em uso. 

Se você já estava sem ideias sobre o que fazer para economizar energia, essa simples medida já pode fazer uma boa diferença no final do mês. Especialmente, se você já vinha procurando motivos para substituir a velha e barulhenta geladeira.

Pode ser uma maneira simples e bem efetiva de economizar no dia a dia!

8. Faça a manutenção periódica dos seus aparelhos eletrônicos

Por fim, leve em consideração o que mencionamos no tópico anterior e dê uma boa analisada nos seus atuais produtos eletrônicos. Descubra se eles têm o selo Procel e, ainda, se estão em boas condições de uso.

Isso se deve ao fato de que, fora das condições ideais, esses produtos podem consumir mais do que deveriam. Um simples mal contato na fiação pode alterar a quantidade de energia consumida.

Daí, a dica de procurar por meios de fazer uma manutenção periódica dos aparelhos eletrônicos.

Você, inclusive, pode fazer isso. Checando a vedação da geladeira, conferindo a qualidade de toda a instalação elétrica e até mesmo conferindo aqueles já mencionados aparelho que consomem energia mesmo em desuso, e que ninguém em sua residência utiliza há tempos.

Dinheiro com segurança: o brasileiro não abre mão

Seguir as dicas acima de como diminuir a conta de luz vai ajudar a gerenciar melhor o seu salário.

Mas além dessa opção, as empresas também podem ajudar seus colaboradores nessa missão.

Conheça a ferramenta Xerpay e saiba como funciona o sistema que implementa o pagamento sob demanda, ou seja, os colaboradores de uma empresa podem antecipar parte de seus salários quando precisarem.

Essa ferramenta está mudando a forma como os funcionários lidam com o seu salário e gerando mais satisfação e motivação no trabalho.

O Xerpay pode ser um dos benefícios mais valorizados por quem trabalha em sua empresa. Fale com um especialista e conheça mais!

Agora, que tal colocar isso tudo em prática? E uma boa maneira de começar isso é por meio do compartilhamento deste post nas suas redes sociais!

Seus parentes e amigos também podem estar precisando dessas dicas, a fim de mudar de vez os hábitos e aprenderem, definitivamente, como diminuir a conta de luz!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outros artigos que você pode se interessar