como aproveitar o 13º salário

6 dicas para aprender como aproveitar o 13º salário

Para aprender como aproveitar o 13º salário, tenha em mente os seus objetivos e desafios para poupar a sua renda. Com isso, você estabelece um planejamento financeiro que garanta o uso estratégico desses recursos mais que bem-vindos. Entre as dicas, destacamos:

  1. Pague as contas atrasadas e regularize suas dívidas;
  2. Antecipe parcelas;
  3. Atenção aos gastos de início de ano;
  4. Crie uma reserva de emergência;
  5. Faça investimentos;
  6. Inicie um novo projeto.

Com a poupança rendendo menos para o bolso do brasileiro, mais pessoas estão em busca de alternativas para fazer render o dinheiro economizado periodicamente. 

E é aí que você pode se beneficiar amplamente com as nossas dicas, a aprender como aproveitar o 13º salário.

Esses recursos mais que bem-vindos, no final do ano, costumam ser o alívio financeiro de muita gente para quitar as contas, preparar-se para os impostos obrigatórios, no início do ano seguinte, e também para um planejamento em longo prazo, como a aposentadoria.

Para ajudar, reunimos 6 dicas que vão ensinar você como aproveitar o 13º salário sem gastá-lo com aquisições supérfluas e/ou desnecessárias.

Boa leitura!

Como aproveitar o 13º salário?

Profissionais com registro CLT têm esse benefício garantido pelas leis trabalhistas, e que consiste em um pagamento complementar, normalmente dividido em duas parcelas entre os meses de novembro e dezembro.

Daí, o nome. É um salário a mais dentro do calendário anual. Para muitos, essa é a opção mais desejada para a realização das compras de Natal e planejamento dos próximos meses.

Para outros, fica difícil saber como aproveitar o 13º salário se as dívidas estão acumuladas ou se não existe uma análise prévia dos seus gastos e renda, a fim de saber como usá-lo estrategicamente.

Vamos mudar esse panorama? Siga, abaixo, as nossas sugestões!

1. Pague as contas atrasadas e regularize suas dívidas

Grande parte das pessoas interessadas em aprender como aproveitar o 13º salário começam pela solução mais evidente: pagar as contas atrasadas.

E, na nossa opinião, essa é uma decisão pra lá de correta!

Afinal de contas, em um país com mais de 60 milhões de pessoas com o nome sujo, livrar-se desse grande obstáculo financeiro pode ser o primeiro passo para reestruturar-se, financeiramente, e ter um ano menos sufocante desde o mês de janeiro.

Comece colocando sobre a mesa, então, as contas atrasadas. Pode ser a água, a luz, o aluguel, a fatura… Verifique o que tem fatiado mais a sua renda mensal, e quais têm os juros maiores. Assim, quitar os débitos permite que você componha um cálculo menos debilitante para os próximos meses.

2. Antecipe parcelas

Em vez de esperar os débitos acumularem, que tal antecipar as eventuais parcelas que podem oferecer uma folga financeira lá para frente? Por exemplo, o financiamento de um automóvel ou imóvel?

Dependendo do credor, inclusive, você consegue um desconto na parcela se optar por antecipar os pagamentos. Vale a pena observar quais benefícios você adquire com isso, para aprender como aproveitar o 13º salário em curto prazo e, com isso, ter vantagens em médio prazo.

3. Atenção aos gastos de início de ano

Começa um ano e, antes mesmo de ter a sua primeira resolução cumprida, as contas se acumulam à sua porta. Afinal de contas, é a época em que alguns impostos são cobrados, como o IPTU e o IPVA — para quem tem automóvel.

Além disso, tende a ser o momento de custear o material escolar da criançada, as matrículas e as já citadas resoluções de fim de ano, até. É o caso, por exemplo, da academia prometida desde o ano passado.

Se você vinha pensando como aproveitar o 13º salário, então, lembre-se que janeiro é um mês potencialmente mais caro por conta dessas questões.

4. Crie uma reserva de emergência

Que tal aproveitar o 13º salário em um investimento de baixo risco?

Pensar no futuro é uma boa maneira de poupar qualquer quantia que seja, e a qualquer hora. Se não existem pendências financeiras imediatas, na sua vida, considere essa economia.

O melhor é que você pode poupar por qualquer razão, desde a compra de algo em curto prazo às grandes e longas metas — como acumular o suficiente para uma aposentadoria tranquila.

No entanto, a reserva de emergência pode ser considerada, principalmente, para evitar que imprevistos criem um grande obstáculo na sua vida. Digamos, por exemplo, que você tenha que arcar com algumas despesas médicas.

Sem uma reserva, a sua renda — então destinada a outras coisas — acaba comprometida para esse imprevisto. E é aí que você deve considerar uma quantia para essas eventuais situações.

5. Faça investimentos

Complementando o tópico anterior, você pode focar exclusivamente em investimentos. E não para uma reserva ou pensar no futuro, mas para valorizar o seu patrimônio continuamente.

Ao aproveitar o 13º salário para isso, você estabelece um primeiro passo motivacional para manter-se em constante poupança de recursos. E se tem interesse no assunto, convidamos você a dar uma conferida em outro artigo nosso, que fala especificamente sobre os diferentes tipos de investimentos que você pode ficar de olho!

6. Inicie um novo projeto

Pessoas têm, em geral, um sonho que continuam protelando, como:

  • fazer um curso;
  • realizar uma viagem de intercâmbio;
  • experimentar um ano sabático;
  • começar um novo negócio.

Independentemente do objetivo, veja como aproveitar o 13º salário para enfim tirar esse planejamento do papel. Pode não ser o suficiente para executá-lo, mas pode ser o diferencial para você levá-lo à prática. 

O ponto principal, com isso tudo, é que você pode desenvolver a sua educação financeira só de aprender como aproveitar o 13º salário.

E sabe por quê? É uma maneira de priorizar as questões financeiras em sua vida, e também de delimitar novos objetivos, metas e prazos para alcançá-los. 

Se você tem pendências, antes de realizá-los, foque nelas. Se é hora de colocar as suas metas em prática, use o 13º salário para que você não atrase mais um ano, deixando sempre para o futuro algo que pode ser realizado agora mesmo.

Para que você fique por dentro de mais questões associadas ao assunto, aproveite para dar uma olhadinha em outro artigo nosso. Nesse, nós ensinamos você a calcular o décimo terceiro salário! Dessa maneira, você vai saber antecipadamente quanto esperar de recursos na sua conta bancária, quando o momento chegar!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.