Como anotar corretamente a Contribuição Sindical na Carteira de Trabalho

contribuição sindical

Baixar eBook: Carteira de Trabalho sem erros!

Todos os anos os funcionários são obrigados a pagar o equivalente a um dia de seu salário para a contribuição sindical. Ao contrário da contribuição associativa ou assistencial, que é opcional, a Contribuição Sindical é descontada obrigatoriamente sempre no mês de março. O dinheiro tem um destino favorável: ajudar o Sindicato em sua busca de melhores condições de trabalho e oferecer serviços úteis ao trabalhador. Parte dele é também revertido em impostos para a União e para o Ministério do Trabalho.

A empresa precisa formalizar o pagamento preenchendo os campos específicos sobre ela nas páginas de Contribuição Sindical da Carteira de Trabalho. Essa ação pode ser feita no mês em que é feito o desconto, ou até mesmo quando o trabalhador sair de férias. Veja um passo a passo abaixo para evitar erros, preenchendo os campos corretamente:

  1. Abra a carteira na página de Contribuição Sindical
  2. Contribuição de R$: Escreva o valor do pagamento à Contribuição Sindical do funcionário (equivalente a um dia de trabalho)
  3. A favor de: Coloque o nome do Sindicato que receberá o pagamento
  4. Ano: Escreva o ano em que o pagamento foi feito
  5. Assinatura do empregador: A empresa deve bater um carimbo com o próprio nome, e o empregador assina em cima

Caso não haja espaço nesta página, você também pode fazer o registro na área de Anotações Gerais. Basta escrever as informações acima da mesma maneira e também incluir os nomes das informações.

Pronto, o registro está feito! É importante lembrar que não é necessário preencher outras informações como a contribuição assistencial e outros descontos de sindicato. Somente a contribuição sindical deve ser registrada em carteira. Qualquer erro durante o preenchimento deverá ser corrigido seguindo os padrões, e a gente já explicou como fazer isso aqui.

Se a Carteira de Trabalho não tiver mais espaço?

Caso a carteira esteja sem nenhum espaço disponível nem na área de Contribuição Sindical e nem nas Anotações Gerais, será necessário pedir que o funcionário tire uma Carteira de Trabalho de Continuação. Ele pode agendar pelo telefone ao ligar em 158 ou no site do Ministério do Trabalho em http://saaweb.mte.gov.br/

Quando você receber a nova carteira, faça a anotação do dado na carteira normalmente.

Quer saber tudo sobre anotações na CTPS?

Para ter em mãos um guia completo as regras da carteira de trabalho e saber como fazer todas as anotações necessárias, baixe nosso eBook: Carteira de Trabalho sem erros!

Clique abaixo para fazer o download:

Baixar eBook: Carteira de Trabalho sem erros!

Com o eBook você aprende o passo-a-passo para cada tipo de anotação, para evitar qualquer problema futuro! 

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *