como-analisar-dre

Como analisar DRE e fazer o demonstrativo de resultados

Um dos pontos essenciais para se alcançar sucesso no negócio é cuidar de perto da saúde financeira da empresa. Nesse cenário de controle de finanças temos o Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE) que pode ajudar nesse desafio. Mas como analisar um DRE?

Muitos empreendedores que fazem a própria gestão no início de uma empreitada cometem o erro de analisar apenas o Balanço Patrimonial

Porém com a análise de DRE é possível visualizar o momento da companhia em um determinado espaço de tempo. Ou seja, são dados que mostram o panorama atual das finanças

É essa ferramenta que demonstra movimentações como receita, custos e impostos, entre outros. Basicamente, o demonstrativo de resultados do exercício esclarece em que passo a empresa está perdendo ou ganhando dinheiro. 

Já o Balanço Patrimonial irá apontar em que posição essas perdas ou ganhos deixaram a empresa, ou seja, no lucro ou prejuízo.  

Vale ressaltar que ambos os documentos são essenciais para a companhia e devem ser utilizados simultaneamente pelo setor responsável. 

Essa combinação faz parte do chamado fluxo de caixa indireto. Agora que você entendeu para que serve a análise de DRE, é a hora de saber como fazer e analisar um DRE na gestão financeira da sua companhia.

Como montar a tabela para a análise de DRE

como-fazer-analise-DRE

A análise de DRE costuma figurar como uma importante peça de gestão financeira.  O passo a passo de como fazer análise de DRE é bastante simples, mas o principal é saber que sempre iremos começar pelo valor que a empresa faturou

Depois serão descontados os custos, sejam eles com bens e serviços ou com impostos. Um exemplo de como fazer análise de DRE é o seguinte:

ANÁLISE DE DRE – EMPRESA X
 201920182017
Receita total3.450.0002.760.0002.208.000
Custo com bens e serviços1.540.0001.360.0001.000.000
Resultado bruto1.910.0001.400.0001.208.00
Despesas operacionais380.000290.000250.000
Resultado Antes do Resultado Financeiro e Tributações1.530.0001.110.000958.000
­­Resultado Financeiro35.00040.00050.000
Resultado Antes dos Tributos1.495.0001.070.000908.000
Imposto de Renda e Outros Tributos10.00025.00035.000
Lucro ou Prejuízo do período1.505.001.045.000873.000

* Valores em milhão

** Descontos destacados em vermelho

Como é possível verificar, a análise de DRE vai compilar em apenas um documento todas as movimentações financeiras de uma empresa e separá-las por categoria. Isso é realizado para que o gestor financeiro possa entender no que a companhia perde, gasta ou ganha.

As informações que irão constar na tabela do seu negócio vão depender do ramo de atuação e de como você quer organizar as finanças

Alguns exemplos de dados que podem aparecer na análise de DRE são despesas variáveis, gastos com pessoal, contribuição social e muitos outros.

Porém sejam quais forem os indicativos, o objetivo final é entender se o planejamento financeiro está funcionando ou não, rever estratégias, cortar custos e fortalecer a sua marca.

No exemplo, fizemos o balanço dos resultados anuais, porém o demonstrativo de resultados do exercício pode se realizados em períodos menos como mês, trimestre ou semestre.

Como analisar um DRE

De nada adianta usar todo seu conhecimento de Excel para montar uma tabela, se não houver conhecimento para interpretar os números que ela contém. É possível analisar um DRE pode ser realizada de duas maneiras:

  • Horizontal;
  • Vertical.

A análise horizontal serve para comparar períodos e avaliar se a empresa está evoluindo ou não. Veja um exemplo abaixo:

  ANÁLISE HORIZONTAL DE DRE – EMPRESA X
 2019%2018%2017
Receita total3.450.000+20%2.760.000+20%2.208.000
Custo com bens e serviços1.540.000+54%1.360.000+36%1.000.000
Resultado bruto1.910.000+58%1.400.000+15%1.208.00

Tomando como base o ano de 2017, ao olhar apenas a primeira parte da tabela, verificamos pela análise de DRE, que a empresa tem crescido seu resultado bruto ao longo dos anos.

Também é possível verificar que o melhor desempenho tem relação com a porcentagem dos custos com bens e serviços.

Esse é um modelo de uma companhia que está com o fluxo de caixa funcionamento positivamente, mas caso o resultado fosse outro seria plausível rever as estratégias. 

Além disso, a análise de DRE é tão detalhada que permite ver qual a maior perda e como corrigir o erro. Já a análise vertical será a ferramenta para comparar um item da tabela em relação ao outro. Veja um modelo:

ANÁLISE VERTICAL DE DRE – EMPRESA X
 2019%2018%2017%
Receita total3.450.000100%2.760.000100%2.208.000100%
Custo com bens e serviços1.540.000-44%1.360.000-49%1.000.000-45%
Resultado bruto1.910.00056%1.400.00051%1.208.0055%

 É nesse momento que se analisa qual a porcentagem que representa os custos e serviços na receita total da companhia. Aprendendo como analisar um DRE vertical é possível perceber, por exemplo, que em relação à 2017, o período atual (2019) diminuiu em 1% seus custos.

Ainda por meio da análise de DRE, o gestor financeiro pode fazer o cálculo do que chamamos de Margem Líquida ou Retorno sobre Vendas (RSV).

O RSV é calculado da seguinte forma:

  • Lucro líquido/ Vendas

O que esse dado significa? O índice representa qual o lucro líquido para cada produto ou serviço realizado no período.

Acompanhando os números de perto com a análise de DRE

Nem sempre é possível manter um profissional do setor financeiro na empresa, mas se o gestor tiver conhecimento de como analisar um DRE pode acompanhar de perto os números. 

A principal vantagem é poder agir assim que forem detectados problemas no caixa.

Como pode perceber, essa ferramenta de controle financeiro, juntamente com outros recursos, é peça obrigatória para quem deseja manter as finanças do negócio em dia.

Conheça um novo recurso para controle financeiro pessoal

Muitas vezes uma conta surge em um momento inesperado do mês e seus funcionários acabam entrando no cheque especial. Já percebeu essa problema acontecer na sua equipe?

Com o Xerpay, sua empresa pode oferecer uma modalidade inovadora que vai transformar a relação com dinheiro: o salário sob demanda. Confira como funciona no vídeo abaixo:

Gostou da novidade? Fale com um especialista e e entenda por que ele será um dos benefícios mais valorizados por quem trabalha em sua empresa.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.