coaching na empresa

Coaching na empresa: o que é, como e porque adotar em seu negócio?

O coaching na empresa pode ser aplicado de diferentes maneiras. Uma delas, por exemplo, é para o desenvolvimento de lideres e treinamento e desenvolvimento de colaboradores, o que gera melhores taxas de retenção e atração de talentos.

No entanto, o profissional de coaching na empresa pode ser usado também para a motivação e até mesmo para gerar o autoconhecimento em todos, o que pode promover melhores índices de desenvolvimento na organização.

Para que você entenda na prática o quanto um coaching na empresa pode ser benéfico para todos os envolvidos, preparamos este post.

Acompanhe-nos ao longo desta leitura e entenda como o coaching na empresa pode ser um interessante diferencial!

O que é coaching?

Coaching é um processo de desenvolvimento que pode ocorrer nos âmbitos:

  • pessoal;
  • profissional;
  • empresarial.

Para isso, um especialista (o coach) trabalha com os coachees (seus alunos) com base em uma série de conhecimentos, técnicas e ferramentas para auxiliá-los a alcançarem os seus objetivos.

Não à toa, esse desenvolvimento é realizado a partir do autoconhecimento dos indivíduos.

E o coaching na empresa?

Dentro desse contexto de aprendizado e do desenvolvimento contínuo de capacidades e habilidades, o coaching na empresa tem como objetivo a observação e avaliação de desempenho dos profissionais e dos processos produtivos.

A partir desse diagnóstico inicial, o coach:

  • identifica os pontos fortes e pontos de melhorias dos colaboradores e dos processos;
  • cria feedbacks construtivos para que cada indivíduo alcance melhores resultados e melhore gradualmente.

No entanto, essa é apenas uma das partes que compõe o trabalho do coaching na empresa!

Qual é o processo de trabalho do coaching na empresa?

Em um trabalho coletivo com os participantes, o coach tem uma metodologia pautada nas etapas que veremos logo a seguir!

1. Objetivos

Conforme destacamos, acima, o coaching na empresa tem início a partir da identificação dos objetivos propostos — em uma ideia que pode ser definida em coletivo entre o RH e a liderança da empresa.

Assim, o especialista tem em mãos todos os elementos para refletir sobre a melhor estratégia a ser aplicada. Bem como as técnicas e ferramentas que vão nortear à realização de um projeto bem-sucedido.

2. Plano de ação

Com um norte definido para o coaching na empresa, é hora de definir o plano de ação.

Aqui, a ideia consiste em estabelecer as metas da empresa e também o percurso estratégico a ser trilhado — seja individual ou coletivamente —, para que o problema identificado seja resolvido e garanta os resultados esperados.

3. Outras estratégias

O coaching na empresa pode apontar uma série de outros pontos de interesse a serem desenvolvidos. Alguns deles, que já havíamos destacado, mas que devem ser reforçados, como:

  • desenvolvimento de liderança, o que se reflete na qualificação e capacitação dos colaboradores. Assim, a empresa reduz os custos para atrair novos talentos, e retém o seu capital humano;
  • autoconhecimento, que são ações pontuais para que as próprias pessoas diagnostiquem os seus pontos fortes e de melhorias. Para uma empresa, isso se traduz em uma capacitação significativa para que o trabalho permaneça em constante evolução;
  • comunicação eficiente, algo elementar para ações internas, externas e também para o crescimento pessoal e profissional;
  • trabalho em equipe, que oferece à empresa os meios necessários para construir (e manter) um ambiente de trabalho produtivo, colaborativo e harmonioso;
  • cultura do feedback, que se inicia com o retorno do coach e, posteriormente, vai ser trabalhado por meio das avaliações de desempenho desenhadas pelo setor de RH.

E então, conseguiu identificar alguns pontos cruciais que o coaching na empresa poderia definir como modelo de trabalho na sua organização?

Vale observar, nesse sentido, a participação destacada do setor de RH nesse processo.

Com isso, recomendamos que, após a leitura deste artigo, você confira nosso post sobre o conceito de recursos humanos e a sua atuação dentro das empresas!

Onde mais usar o coaching nas empresas?

Além do trabalho e dos aspectos pontuais citados no último tópico, o coaching na empresa também pode ser aplicado em outras situações, como:

  • processo de contratação de novos funcionários;
  • melhorias gerais nos índices de desempenho dos seus profissionais;
  • avaliação de promoções dentro da empresa;
  • gestão de crise e gestão de conflitos internos;
  • melhoria na comunicação e no relacionamento interpessoal na organização.

Trata-se, portanto, de um processo de contínua melhoria e desenvolvimento para conferir um status mais qualitativo em todas as áreas e pontos de atenção de uma empresa.

Quais são os benefícios do trabalho de coaching na empresa?

Como deve ter dado para perceber, o coaching na empresa pode servir como um instrumento de desenvolvimento em múltiplas camadas.

Não à toa, o termo coaching — termo muito presente no dicionário de RH, atualmente — oferece benefícios que se estendem de maneira ampla e diversificada no seu dia a dia. Por exemplo:

  • incentiva o autoconhecimento do indivíduo, fazendo-o desejar o contínuo desenvolvimento;
  • melhora o desempenho dos funcionários;
  • serve como um instrumento de desenvolvimento de capacidades, habilidades e comportamentos, até;
  • ajuda na adaptação às mudanças e, inclusive, na composição de um ambiente de trabalho positivo.

Consequentemente, pode ajudar também a reduzir o índice de turnover na organização, e agregar mais valor à sua marca no mercado. O que se mostra, também, um ativo e tanto para a retenção de talentos.

Assim, contar com um processo de coaching na empresa internalizado ou mesmo terceirizado, pode servir tanto para objetivos em curto prazo quanto para projetos contínuos.

Entretanto, além do coaching na empresa outras estratégias podem ser usadas para melhorar a produtividade dos colaboradores, diminuir o turnover e atrair talentos para a organização.

Um exemplo é a adoção de um programa de apoio financeiros a colaboradores, como o Xerpay, um novo produto da Xerpa que auxilia as empresas a oferecerem salário on demand como benefício corporativo aos funcionários.

A integração é rápida e simples. Assim que seus funcionários se cadastrarem, eles podem fazer saques imediatamente.

Fale com um especialista e descubra ainda mais ganhos que a sua empresa pode ter ao oferecer um benefício como o Xerpay.

Compartilhe as suas ideias conosco, no campo de comentários deste post!

Gostou? Então, siga a Xerpa nas redes sociais (FacebookInstagram e LinkedIn) e acompanhe conteúdos como esse sempre!

E, agora, gostaríamos de ouvir um pouquinho a respeito das suas experiências no assunto. Sua empresa já trabalhou com um coach dentro da sua organização? Compartilhe as suas impressões, logo abaixo, no campo de comentários deste post!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.