características de pessoas resilientes

Como desenvolver as principais características de pessoas resilientes?

Algumas pessoas são capazes de resistir ou enfrentar situações ruins com mais facilidade. É possível que o esforço seja o mesmo, mas as atitudes certamente são diferentes. O que você faz diante de situações estressantes? Como desenvolve características de pessoas resilientes

A resiliência é uma qualidade que está diretamente ligada a capacidade de adaptação, flexibilidade e controle perante à situações estressantes. Algumas das principais características de pessoas resilientes são:

  • otimismo;
  • paciência;
  • autoestima saudável;
  • adaptabilidade;
  • calma;
  • inteligência emocional;
  • empatia.

Se você quiser entender melhor a relação do estresse e a qualidade no trabalho, recomendamos a leitura deste material aqui.

É comum que o estresse crie complicações de diversas naturezas, por isso desenvolver a resiliência é um diferencial estratégico. Para te ajudar nesse processo, preparamos este post com os detalhes das principais características de pessoas resilientes.

O que é resiliência?

A resiliência é a capacidade que todos temos de nos adaptar psicologicamente para enfrentar as situações menos favoráveis. É uma habilidade que nos permite explorar o limite das emoções, sem, contudo, rompê-la

Diversos são os fatores que influenciam a sua atuação, seja a postura que adotamos, a escolha das palavras, o sentimento vinculado, e assim por diante. Talvez por isso, muitas pessoas acreditem que a resiliência seja uma qualidade nata. 

No entanto, é possível desenvolver essa habilidade, trabalhando algumas inerentes características de pessoas resilientes que vamos explorar mais adiante.

Os resilientes são capazes de transformar experiências negativas em aprendizado, enxergam oportunidades de mudança em seus problemas, e acabam se beneficiando delas, mesmo que outros aspectos possam ser prejudicados. A capacidade de resiliência é adquirida com a experiência.

Como ser mais resiliente no dia a dia?

A resiliência não deve ser encarada como uma característica exclusiva para situações estressantes. Deve ser entendida como uma forma de enxergar a vida.

Lidar com as situações cotidianas com mais otimismo, calma, paciência, é indispensável para que essa mudança de perspectiva seja real.

Confira a seguir dicas para estimular o desenvolvimento de características de pessoas resilientes:

  • viva com um propósito pessoal, não deixe a rotina ofuscar suas metas;
  • conheça seus pontos fortes e fracos, conte com suas forças para lidar com situações adversas;
  • tenha uma mente positiva, busque levar a vida com mais leveza e otimismo;
  • exercite a gratidão mesmo nas situações mais complicadas, lembre-se dos motivos que você tem para ser grato;
  • transforme erros em oportunidades de evolução, encare-os como uma experiência;
  • aceite a mudança, todos nós mudamos com o passar do tempo e é preciso se adaptar a isso para não se limitar;
  • aprenda mais sobre si próprio, procure conhecer as suas preferências, formas de relaxar, se animar, recarregar as energias;

Quais as principais características de pessoas altamente resilientes?

Agora que você sabe o que resiliência e como podemos incentivá-la no dia a dia, conheça as principais características de pessoa resilientes.

Otimismo

Uma das características de pessoas resilientes mais expressiva é o otimismo. Adotar um olhar mais positivo para as circunstâncias é característico.

Pessoas resilientes externalizam a culpa e internalizam o sucesso. Mesmo que enfrentem situações estressantes, elas são capazes de transformar infortúnios e desgraças em aprendizado, e se fortalecer.

Paciência

Outra característica de pessoas resilientes que deve ser considerada com atenção é a paciência. Em situações estressantes é fácil perder o controle e perder a compostura, não é mesmo?

Pessoas resilientes são capazes de manter a calma diante dessas adversidades. Por meio do autocontrole e do próprio otimismo, elas encaram a situação com tranquilidade e enxergam as situações com mais equilíbrio.

Autoestima

A autoestima é outro fator muito importante, pois é qualidade que permite respeitar a si e aos outros. Ao determinar o quanto você aprende quando algo dá errado, a autoestima permite que os resilientes aceitem críticas sem ressentimentos.

A mesma lógica funciona para situações de elogios e cumprimentos, os resilientes os aceitam sem se ensoberbecer ou tornar-se arrogante.

Adaptabilidade

Outra das características de pessoas resilientes que merece destaque é a capacidade de se adaptar, assimilar rapidamente experiências novas ou inesperadas.

Como aprendem com facilidade, os resilientes são capazes de agregar mudanças às suas vidas, usufruindo dos ensinamentos que cada situação lhes promoveu.

Calma

Assim como a paciência, a calma é outro fator diferencial de uma pessoa resiliente. Todos atravessamos momentos difíceis ao longo da vida e a postura que adotamos pode influenciar na percepção das situações.

Os resilientes são capazes de se manter centrados e tranquilos mesmo em situações caóticas, porque enxergam que, independentemente da experiência, as pessoas merecem respeito, ajuda, orientação, dentre outros.

Inteligência emocional

A capacidade de lidar com frustrações é uma das principais marcas de uma pessoa resiliente. Elas não lidam melhor com situações estressantes porque aceitam que tudo é positivo, mas porque entendem que na vida situações difíceis também vão acontecer. E se preparam para encará-las.

A inteligência emocional desenvolve a autoconsciência, por isso, pessoas resilientes  sabem entrar em contato com suas necessidades psicológicas/fisiológicas, da mesma forma que sabem daquilo que não precisam. Por isso, o controle postural e comportamental é mais fácil.

Empatia

A empatia é uma das características de pessoas resilientes mais transformadoras. Sendo capaz de se projetar na situação do outro, os resilientes lidam com a crise de forma mais respeitosa.

Eles lidam com os problemas, considerando as emoções do outro, compreendendo o cenário como um todo para agir adequadamente.

Porque ser resiliente no trabalho é importante?

No ambiente profissional, a resiliência é uma competência diferencial, afinal as organizações buscam profissionais capazes de enfrentar problemas sem crise, se relacionar bem, aprender com qualquer situação, praticar o otimismo, manter o equilíbrio, dentre outros.

A prática do autodesenvolvimento não é simples, já que qualquer mudança nos força a sair da zona de conforto. Por isso, é preciso estar ciente de que uma esforço genuíno será necessário para desenvolver essas qualidades.

 

Viu só? A resiliência é uma qualidade que pode ser desenvolvida, mas exigirá compromisso sério. Fortalecer essas características de pessoas resilientes é uma diferencial estratégico para a vida e para o mercado de trabalho, já que permite que a sua mentalidade diante qualquer situação seja a melhor possível. 

Gostou? Conta pra gente aqui nos comentários se a resiliência é uma realidade ou se precisa se ainda precisa ser desenvolvida na sua vida.

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.