Apenas 20% dos trabalhadores veem apenas o salário como prioridade para mantê-los na empresa, segundo pesquisa do Insper. 90% dizem que a ampliação dos benefícios trabalhistas é que os motiva a ficar na organização.

Portanto, as vantagens oferecidas aos colaboradores, que servem como complemento ao salário, vêm fazendo a diferença como estratégia de retenção e atração de novos talentos.

Isso quer dizer que ir além dos benefícios previstos pela lei da CLT, é um grande diferencial de mercado. Já que empresas que oferecem bons benefícios trabalhistas criam maior empatia com seus colaboradores e faz com que eles se sintam mais valorizados.

Mas você sabe quais benefícios oferecer? Neste artigo vamos listar algumas vantagens que podem servir como um complemento salarial aos colaboradores. Confira!

O que são benefícios trabalhistas

Benefícios trabalhistas são vantagens que a empresa concede aos seus funcionários como complemento ao seu salário. Existem benefícios obrigatórios e opcionais.

Um relatório da Bureau of Labor Statistics (BLS) concluiu que o salário deveria compor 70% dos vencimentos totais do colaborador. Ou seja, os benefícios deveriam sim ser levados mais a sério pelas empresas para tentar reduzir o absenteísmo e manter o engajamento.

Benefícios trabalhistas obrigatórios

A lei da CLT prevê, dentro de seus inúmeros artigos, benefícios trabalhistas obrigatórios que devem ser oferecidos pelas empresas que possuem colaboradores com carteira assinada.

Assim quando assinar o contrato, automaticamente, adquirem o direito de receber tais benefícios. Dentre os principais podemos destacar:

 

13º salário

Está previsto na Lei No 4.090  e se refere ao salário adicional que o colaborador recebe anualmente.

 

Vale-transporte

O empregador precisa custear o deslocamento do colaborador até a empresa, por isso, esse benefício é obrigatório e está previsto na Lei nº 7.418/85.

 

FGTS

Em destaque no artigo 2 da Lei 8.036/1990, o FGTS é um valor que a empresa deposita mensalmente, com desconto de 8% no pagamento do colaborador, para resguardá-lo em caso de demissão. 

 

Férias remuneradas

Os profissionais que trabalham no regime CLT tem o direito de tirar um período de férias de 30 dias, podendo atualmente ser dividido em três períodos segundo a nova reforma

Com as férias ele recebe um adiantamento do salário mais 30%. As férias remuneradas estão dentro dos benefícios trabalhistas obrigatórios e é prevista no artigo Art. 130 da lei da CLT.

 

Adicional noturno

Todo trabalhador que trabalha entre 22h e 5h têm o direito de receber 20% a mais sobre cada hora trabalhada. Esse benefício trabalhista é citado no  artigo 73 da CLT .

 

Seguro desemprego

É um dos benefícios trabalhistas que não contempla todos os trabalhadores, já que o profissional só irá usufruir do mesmo em caso de demissão sem justa causa. Ele está descrito na Lei nº 7.998.

Benefícios extras e opcionais

Além das vantagens obrigatórias, muitas empresas possuem um pacote de benefícios trabalhistas extras. 

O objetivo principal desses benefícios trabalhistas opcionais é motivar e principalmente manter os colaboradores felizes e engajados com os objetivos da organização.  Esse acréscimo ao rendimento dos funcionários serve para valorizá-los. 

Abaixo listamos alguns dos principais benefícios que podem servir como uma ferramenta de retenção e atração de talentos.

  • convênios com academias; 
  • planos de Saúde;
  • serviços voltados para o bem-estar do colaborador;
  • convênios com academias;
  • adiantamento salarial;
  • vale-cultura;
  • programas de mentoria.

 

Convênios com academias

Exercícios físicos impactam de forma positiva a criatividade, memória e concentração, segundo um estudo do The Guardian. Por isso, manter o bem-estar dos colaboradores em alta pode deixá-los mais produtivos. 

Assim, muitas empresas optam, dentro desse pacote de benefícios trabalhistas, pelo vale-academia. Além de ser um estímulo a manter a saúde em dia, você poderá ter colaboradores com uma disposição maior.

 

Planos de Saúde

74,6% das pessoas colocam o plano de saúde como um benefício determinante para a motivação no ambiente de trabalho, segundo dados da Catho. Por isso, um bom convênio pode ser uma ótima opção dentro do pacote de benefícios trabalhistas.

O plano de saúde funciona como uma espécie de suporte ao bem-estar do colaborador. Se a empresa oferece esse tipo de benefício a tendência é que ele se sinta amparado, juntamente com a sua família, caso tenha algum problema de saúde.

Até porque no país poucas pessoas possuem um convênio, então esse benefício se tornou um luxo para quem possui. 

Um levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostrou que quase 70% dos brasileiros não possuem plano de saúde. Assim, ele pode ser um excelente atrativo para reter talentos.  

 

Serviços voltados para o bem-estar do colaborador

Benefícios trabalhistas podem ir além dos altos investimentos. A empresa pode também pensar em pequenas ações que mudem a rotina dos colaboradores e os deixe mais felizes.

E no sentido de manter o bem-estar a empresa pode oferecer Quick Massage periódica e ginástica laboral. Com elas é possível diminuir o nível de estresse e até mesmo reduzir dores nos músculos e nas articulações.

Por meio desses benefícios trabalhistas se reduz a taxa de absenteísmo e previne o colaborador de doenças causadas por atividades repetitivas.

 

Adiantamento salarial

Quem nunca chegou na última semana do mês e olhou para a própria conta e não tinha nem um centavo?  Muitos passam por isso todos os meses. Então, para resolver esse problema muitas empresas incluem em seu pacote de benefícios o adiantamento salarial.

Com esse salário fragmentado o colaborador tem a possibilidade de controlar melhor suas contas, evitando, por exemplo, uma crise financeira. Em destaque no mercado, o Xerpay, também segue uma ideia muito interessante. 

Nele a empresa oferece ao colaborador, por meio de uma plataforma de gestão, a possibilidade dele solicitar parte do seu salário no momento que quiser, conforme as horas trabalhadas. 

Assim alivia-se o estresse financeiro que é um grande gerador de mau desempenho e falta de produtividade.

 

Vale-cultura

As diversas formas de cultura e entretenimento, como a leitura, cinema, teatro, entre outros pode ser um diferencial para potencializar as habilidades dos colaboradores. 

Portanto, o vale-cultura pode ser visto não apenas como um dos bons benefícios trabalhistas, mas como um dos fatores que pode influenciar no crescimento pessoal e profissional dos colaboradores.

Além disso, é um incentivo para que eles se divirtam fora do ambiente de trabalho  e tenham mais ânimo para executar as tarefas no horário de expediente. 

Até porque recebendo esse tipo de benefício a empresa demonstra uma preocupação com seu bem-estar que ultrapassa a barreira profissional.

 

Programas de mentoria

O crescimento e o desenvolvimento da carreira é o desejo de todos os profissionais e um dos benefícios trabalhistas mais atuais e efetivos vem por meio de programas de mentoria.

Nele um profissional mais experiente dedica uma parte do seu tempo para compartilhar suas experiências pessoais e profissionais para ajudar os mas jovens. 

Em consequência disso, contribui para que eles desenvolvam novas habilidades, ajudando-os a identificar pontos fortes e no que precisam melhorar.

Com esse tipo de benefício a empresa consegue identificar novos talentos, fortalece a relação entre o líder e as equipes e melhora o clima organizacional

Até porque o gestor/mentor deixa a porta aberta aos seus aprendizes para que haja uma troca de experiência de ambos os lados.

Benefícios trabalhistas: sinônimo de motivação e engajamento

É fundamental ao montar um plano de benefícios trabalhistas levar em consideração às necessidades e desejos dos colaboradores. Para isso é possível aplicar pesquisas com uma lista de opções de benefícios que sua empresa tem condições de oferecer.

Atualmente, os benefícios trabalhistas opcionais são um grande diferencial para quem deseja se destacar e construir um bom nome no mercado. Por meio deles, a empresa cria boas condições inclusive para atrair e reter seus talentos.

Todo complemento ao salário, que vai além dos benefícios trabalhistas obrigatórios, pode ser uma ferramenta para motivar, estimular e engajar os colaboradores na organização.

Quer fazer da sua empresa uma protagonista no mercado? Fique atento aos melhores conteúdos de gestão e RH seguindo a Xerpa nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn