Controlar o turnover é um dos principais papéis do RH. Afinal, um alto índice de demissões e contratações acaba gerando custos excessivos, perda de talentos e queda de produtividade, o que é péssimo para a saúde do negócio. Nesse cenário, muita gente se pergunta: benefícios para funcionários reduzem a rotatividade?

A resposta é sim. Um pacote de benefícios montado pensando nas necessidades dos colaboradores tem tudo para ajudar a empresa a reter seus talentos pelo maior tempo possível. Alguns desses benefícios são:

  • soluções de transporte;
  • bem-estar financeiro;
  • apoio aos estudos;
  • incentivos à saúde e ao bem-estar;
  • premiações;
  • rotina flexível.

Quer saber mais sobre esses benefícios? A seguir você verá uma explicação detalhada sobre cada um deles. Confira!

Soluções de transporte

Soluções diversificadas de transporte estão entre as maiores provas de que benefícios para funcionários reduzem a rotatividade.

Esse tipo de iniciativa vai muito além do tradicional vale-transporte, que subsidia as passagens de transporte público para ida e volta do trabalho. É preciso pensar oferecer alternativas que agreguem qualidade de vida à rotina.

Por exemplo: se a empresa tem colaboradores que moram muito longe do escritório, pode oferecer a opção de transporte fretado. Assim, os funcionários fazer o longo trajeto de maneira muito mais confortável, evitando o caos do transporte público, sobretudo em horário de pico e dias chuvosos.

Para quem tem carro, pode ser interessante substituir o VT por um auxílio gasolina. Convênios e gratuidades em estacionamentos próximos também são bem-vindos.

Quem mora mais perto pode preferir ir trabalhar de bicicleta, desde que a empresa dê as condições adequadas para isso. Algumas companhias têm bicicletários para os empregados guardarem suas bikes, e ainda disponibilizam vestiários com chuveiros para quem chegar suado após pedalar.

Com tantas facilidades de transporte, a qualidade de vida aumenta muito, o que é essencial para manter os talentos por perto. Quando a rotina é estressante, as chances de perder profissionais para concorrentes são muito maiores.

Bem-estar financeiro

Grande parte dos brasileiros têm problemas com dívidas ou não têm uma reserva de dinheiro adequada para emergências. Por isso, cuidar do bem-estar financeiro da equipe está entre os principais benefícios para funcionários que reduzem a rotatividade.

Ao contrário do que muitos pensam, isso não significa necessariamente aumentar o salário dos colaboradores. O grande segredo é oferecer ferramentas que permitam um controle maior sobre as finanças pessoais.

Tendência no mercado, o salário sob demanda se encaixa perfeitamente nesse objetivo. Neste modelo, o funcionário tem a opção de sacar o dinheiro dos dias já trabalhados a qualquer momento do mês, sem esperar pela data fixa de pagamento. Tudo é feito por meio de um app, de forma simples, rápida e segura.

Dessa forma, o colaborador tem muito mais flexibilidade para organizar seu orçamento, planejar despesas e lidar com imprevistos, já que sempre terá acesso ao seu salário.

Promover a educação financeira na empresa também é uma ótima alternativa. Com mais conhecimento sobre como poupar, investir e se planejar financeiramente, o colaborador conseguirá por conta próprio reduzir o estresse e a preocupação gerados por dívidas e outras questões que envolvem dinheiro.

Todo esse cuidado é recompensado com um time muito mais engajado, o que torna os colaboradores mais propensos a permanecer na empresa.

Apoio aos estudos

Oferecer apoio aos estudos é mais um dos principais benefícios para funcionários que reduzem a rotatividade. Muitas vezes os colaboradores desejam fazer uma nova graduação, pós-graduação ou até mesmo cursos livres, mas acabam não tendo condições de arcar com essas despesas por conta própria.

Quando a empresa tem parcerias para bolsas e descontos em universidades e instituições de ensino, trata-se de uma oportunidade de ouro para esses colaboradores. Além de se tornarem profissionais mais completos, eles se sentem valorizados e gratos pela chance de avançar nos estudos, o que ajuda a aumentar a retenção de talentos.

Incentivos à saúde e ao bem-estar

Outra boa maneira de reduzir a rotatividade é por meio de incentivos à saúde e ao bem-estar. A medida básica é ter um plano de saúde de qualidade, com boas coberturas para consultas, exames e procedimentos. Mas não é só isso.

A empresa pode, por exemplo, oferecer frutas gratuitas ao longo do expediente, para estimular uma alimentação saudável. Se houver restaurante no local, melhor ainda: desenvolva um cardápio equilibrado e acompanhado por nutricionistas, cuidando de perto da saúde da equipe.

Incentivos à atividade física também são ótimos benefícios para funcionários que reduzem a rotatividade. As alternativas são várias: aulas de yoga, alongamento, ginástica laboral, convênios com academias e grupos esportivos diversos, como futebol e corrida. 

Premiações

Entre os benefícios para funcionários que reduzem a rotatividade, as premiações por desempenho são um grande sucesso nas empresas. Esse tipo de medida é excelente para valorizar o esforço dos colaboradores e torná-los mais engajados, reduzindo a rotatividade.

A premiação pode ser concedida em dinheiro ou em outros formatos, dependendo da política da empresa. Os critérios também são variados. Confira alguns exemplos:

  • bônus semestrais baseados em metas preestabelecidas;
  • viagens anuais para profissionais com a melhor conduta (pontualidade, desempenho, trabalho em equipe, etc);
  • presentes e reconhecimento público para funcionários com mais tempo de casa (a cada 5, 10, 15 anos).

Rotina flexível

Com as transformações do mercado nos últimos anos, os profissionais passaram a ter novas prioridades em suas carreiras. Entre elas, talvez a maior seja o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. E uma das formas mais efetivas de oferecer isso é implementando a jornada de trabalho flexível, seja com home-office ou horários alternativos.

Dessa forma, os funcionários sofrem menos no trânsito, podem conciliar melhor seus compromissos e conseguem trabalhar nos momentos em que se sentem mais produtivos. Com tantas vantagens, eles com certeza pensarão duas vezes antes de buscar oportunidades em outras empresas.

Agora que você já conhece os benefícios para funcionários que reduzem a rotatividade, que tal colocar o que aprendeu em prática? Avalie as necessidades da equipe e crie um pacote de benefícios relevante para a qualidade de vida dos colaboradores. Assim você poderá alavancar seus resultados em gestão de pessoas e no controle da rotatividade.

Gostou do artigo? Conte para a gente nos comentários quais benefícios a sua empresa utiliza para conter o turnover!