bem-estar no local de trabalho

Bem-estar no local de trabalho: esse cuidado pode otimizar os resultados

Oferecer um ambiente de trabalho agradável, divertido e saudável é tão importante para a motivação dos colaboradores quanto o salário, os benefícios e as oportunidades de crescimento. Sejam os aspectos físicos da arquitetura e do design, ou características da cultura organizacional, o bem-estar no local de trabalho é fator indispensável para a otimização da produtividade da empresa.

Com toda certeza, você já viu alguém passar por situações de estresse extremo, pressão, cobranças e muita desvalorização, e ficar doente. Além dos dias de folga com atestado médico, o ânimo, a satisfação e a vitalidade do colaborador são prejudicados. Um local tóxico é uma ameaça para a saúde do colaborador e da organização.

Mas a boa notícia é que oferecer um ambiente de trabalho positivo pode ser uma tarefa simples e muito prazerosa. 

Confira as principais dicas para aumentar o bem-estar no local de trabalho:

  1. flexibilidade na jornada de trabalho;
  2. programas de privilégios;
  3. opções de alimentação mais saudáveis;
  4. cultura de respeito mútuo;
  5. ambiente físico agradável.

Empresas que investem no conforto, no contentamento e na saúde física e mental dos seus colaboradores têm mais chances de prosperar. Acompanhe o post e entenda como esse cuidado pode influenciar na otimização dos resultados organizacionais!

Por que o bem-estar no local de trabalho é importante?

O cálculo é simples: funcionários felizes entregam resultados mais promissores. As principais empresas do mundo, como Google, Facebook, Starbucks, Twitter, dentre outras, investem seriamente em bem-estar no local de trabalho. Não à toa, são as empresas mais cobiçadas por profissionais de todas as áreas.

Fatores como um espaço físico descontraído e colorido são importantes, mas as particularidades da cultura organizacional são diferenciais. Os gestores vêm se preocupando com a satisfação dos colaboradores, por isso questões como o clima organizacional, flexibilidade, programas de privilégios, são iniciativas vitais para uma gestão de sucesso.

Um ambiente de trabalho saudável e adequado permite que o colaborador otimize seu rendimento e se desenvolva sem abrir mão da sua saúde. Um dos principais motivos que levam funcionários a pedirem demissão é o esgotamento. Mais do que oferecer melhorias estruturais, investir em bem-estar no local de trabalho é medida de uma gestão estratégica.

Quais os principais problemas de um local de trabalho tóxico?

O ambiente de trabalho tem alto impacto na produtividade dos colaboradores. Confira a seguir os principais danos da falta de bem-estar no local de trabalho:

 

Estresse

O estresse é, sem dúvida, o principal mau. Seja pela pressão, competitividade, possibilidade de erros de execução de tarefas, exaustivas jornadas de trabalho, falta de descanso, incompatibilidade da equipe ou ainda o clima do escritório, o estresse afeta diretamente o bem-estar do profissional, influenciando, consequentemente, todo seu trabalho.

Esse estado perigoso da saúde mental pode prejudicar o rendimento do colaborador, da equipe, gerar desperdício de recursos, provocar um aumento da rotatividade, dentre outros.

 

Barulho

Algumas pessoas se habituam a barulhos e ruídos altos e constantes, mas isso não quer dizer que o organismo esteja reagindo bem a eles. Alguns dos sintomas que comprovam o mal-estar pelo excesso de barulho são:

  • irritabilidade;
  • falta de concentração;
  • dor de cabeça.

Ambientes de trabalho sem organização e ordem, por mais divertidos e coloridos que sejam, podem comprometer a saúde e a produtividade.

 

Ergonomia

Outro problema de ambientes de trabalho despreparados são a ergonomia. Cadeiras desconfortáveis, mesas com alturas incompatíveis, computadores lentos, iluminações impróprias, dentre outros, podem gerar incômodos.

Para encontrar uma posição agradável e funcional a ergonomia é indispensável.

 

Qualidade do ar

A ventilação adequada do ambiente é fator essencial para o bem-estar no local de trabalho e, principalmente, para a saúde do colaborador. O nível elevado de ácaros e poeira pode prejudicar pessoas alérgicas, a temperatura do ar-condicionado pode afetar pessoas mais sensíveis ao frio, dentre muitos outros casos.

Se não for cuidada, a qualidade do ar pode comprometer a eficiência dos funcionários.

Como oferecer bem-estar no local de trabalho?

Uma organização que investe nos colaboradores, está investindo no seu próprio sucesso. Por isso, promover condições que potencializam o bem-estar no local de trabalho é essencial. Veja algumas dicas de como oferecer esse cuidado e otimizar o rendimento da empresa.

 

1. Flexibilidade na jornada de trabalho

Um grande diferencial para o bem-estar no local de trabalho é a flexibilidade em relação aos problemas e compromissos pessoais dos colaboradores. 

Os horários flexíveis da jornada de trabalho permitem que o colaborador entre ou saia mais cedo devido à incumbência pessoal, e pague essas horas remanescentes em um outro momento. Algumas empresas ainda oferecem o benefício de realizar parte do trabalho em casa, concedendo comodidades e facilidades que refletem na sua satisfação. 

 

2. Programas de privilégios

Oferecer programas de bem-estar é outra estratégias crucial para potencializar o bem-estar no local de trabalho. Seja por meio da proposta de atividades físicas ou cursos de capacitação profissional, a empresa pode estimular a motivação, interesse e união da sua força de trabalho.

Alguns exemplos de incentivos que favorecem a saúde são:

  • ginásticas laborais antes do trabalho;
  • aulas de yoga na hora do almoço;
  • corridas e caminhadas depois do trabalho;
  • campanhas contra o tabagismo;
  • campanhas contra a obesidade;
  • cadeiras de massagem.

Exemplos de incentivos que favorecem a qualificação profissional são:

  • cursos de inglês ou outro idioma importante para a área;
  • cursos de softwares essenciais;
  • treinamentos de primeiros socorros;
  • treinamentos de liderança essencial e PNL (Programação Neurolinguística);
  • coaching;
  • campanhas de educação sobre diferença etária.

 

3. Opções de alimentação mais saudáveis

Muitas empresas oferecem a alimentação em refeitórios próprios, e a adoção de opções mais saudáveis pode ser interessante para estimular esse cuidados nos funcionários.

Mesmo as que não oferecem, provavelmente, possuem máquinas de venda automática, que também podem trazer produtos mais benéficos para a saúde.

 

4. Cultura de respeito mútuo

Outro fator é a cultura organizacional. Desenvolver uma cultura de respeito mútuo tem papel fundamental no bem-estar dos colaboradores. Mais do que estabelecer códigos de postura, essa tarefa trata de exemplos. Por isso, a participação das lideranças é indispensável.

Um local de trabalho respeitoso torna as atividades mais estimulantes, melhora o clima organizacional, incentiva a cooperação e potencializa o relacionamento entre os colaboradores.

 

5. Ambiente físico agradável

Além de tudo isso, o ambiente físico deve traduzir essas mudanças. Um local descontraído e alegre pode influenciar o humor dos funcionários. Por isso, promover mudanças na infraestrutura também é importante.

Todas essas mudanças exigem investimento financeiro, mas não é necessário que sejam feitas todas de uma vez. Reúna o setor de Recursos Humanos e as lideranças, faça um bom planejamento e implante melhorias em etapas. 

Se necessário, consulte os próprios colaboradores e entenda quais demandas são mais urgentes e comece por elas. Investir em bem-estar no local de trabalho é indispensável para potencializar o entusiasmo da equipe e otimizar o ganhos da organização.

 

Gostou? Então, compartilhe nas suas redes sociais com quem também pode melhorar o seu ambiente de trabalho.

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.