Avaliação de Performance: descubra segredos e faça a avaliação perfeita!

A avaliação de performance é um método adotado pelas empresas para mensurar os erros e acertos nos processos da empresa e buscar melhorias no desempenho dos colaboradores.

Neste artigo abordaremos a importância da avaliação de performance para corrigir o desempenho dos colaboradores. Vários métodos podem ser adotados durante esse processo de avaliação e daremos dicas de como adotá-los e colocá-los em prática. Saiba mais sobre o assunto em nosso artigo.

 

O papel da avaliação de performance na busca por resultados

A avaliação de performance é um processo adotado pelas empresas, através dos gestores e o setor de RH, para identificar o desempenho dos colaboradores, visando melhorias.

Avaliação de performance é uma ferramenta fundamental para conciliar e corrigir o desempenho dos colaboradores na busca por resultados. Mas será que a sua empresa está realizando o processo de avaliação corretamente?

Uma pesquisa recente da Fast Company mostrou que mais de 74% dos trabalhadores, entre 18 e 34 anos, se sentem “no escuro” e não sabem o que o gestor acha deles. Pior que isso, eles saem da avaliação de performance perdidos e sem entender no que precisam melhorar.

Esse controle de avaliação do desempenho dos colaboradores, através da avaliação de performance, requer preparo dos gestores e membros de RH.

Quando a empresa possui uma estrutura de avaliação fica mais fácil fazer com que os colaboradores entendam suas necessidades.

De nada adianta montar uma avaliação de performance simplesmente por obrigação, como se fosse algum processo meramente burocrático. Uma avaliação de performance precisa oferecer novos caminhos e soluções para melhorar o desempenho dos colaboradores.

Quer saber como fazer a avaliação de performance perfeita? Confira nossas dicas abaixo!

 

Alinhe as metas da empresa com as do colaborador

É fundamental para o gestor ter em mente, para uma boa avaliação de performance, que alinhar as metas da empresa com as do colaborador é fundamental. Quanto mais você consegue revisar seus processos, melhor flui o desempenho da equipe.

Por esse motivo, traçar as metas e os objetivos juntamente com os colaboradores e principalmente apresentá-las na avaliação de performance é fundamental. Quando toda a equipe sabe quais são as metas, fica mais fácil todos caminharem na mesma direção.

Gestores e os profissionais de RH que se atentam a esse reajuste das metas de forma constante conquistam mais engajamento e colaboração de seus colaboradores. Quando o profissional se sente parte importante de um planejamento geral, ele tende a render melhor.  

 

Mantenha uma rotina de feedbacks

Se você quer saber as necessidades do seu colaborador e principalmente reajustá-las nos processos, adote o feedback contínuo como diferencial para seu planejamento. Uma boa avaliação de performance passa por essa conversa sobre acertos e erros dos profissionais.

Às vezes o próprio colaborador não sabe, ou não percebe, o seu próprio erro, mas a empresa tem esse controle medindo pela execução dos trabalhos e resultados alcançados. Essa constância de feedback, costumam transformá-los em conversas mais positivas.

Isso se dá, pois, com cada feedback, o colaborador melhora seu trabalho em algum detalhe e consequente diminui a quantidade de ajustes para a próxima avaliação de performance.

Esse feedback inclusive pode engajar mais os profissionais e reter seus talentos, pois sempre os colaboradores terão novos desafios e estarão mais alinhados com as metas da empresa.

 

Quer criar um plano de Retenção de Talentos para a sua empresa? Baixe agora mesmo o nosso Guia Gratuito de Retenção de Talentos. Responda o formulário:


Faça sempre uma autoavaliação

Saber reconhecer seus pontos fracos é o grande segredo para o sucesso. A avaliação de performance não é obrigatoriamente uma responsabilidade só da empresa, mas também do colaborador.

Profissionais que aceitam bem as críticas e conseguem refletir sobre seu desempenho diário tem mais chances de evoluir profissionalmente. Ter autoconhecimento é o primeiro passo para procurar os melhores caminhos rumo aos resultados.

Mas realizar a autoavaliação nem sempre é tarefa fácil para todos os colaboradores e o setor de RH pode contribuir com esse processo. Os gestores e os profissionais de RH podem definir os itens e critérios para que o colaborador possa preencher, conforme sua análise.

Além disso, as empresas que adotam a autoavaliação como método para a avaliação de performance podem também participar ativamente do processo de evolução profissional.

Junto com os resultados dessa autoavaliação, os profissionais de RH podem conseguir estar mais próximos da necessidade dos colaboradores e atendê-las.  

 

Conheça seus colaboradores

Uma avaliação de performance exige do setor de RH e dos gestores uma análise personalizada do perfil de cada um dos colaboradores.

Conhecer os pontos fracos e fortes, além das necessidades pessoais e profissionais de cada um é o apoio estratégico para mensurar o desempenho.

Além disso, quando a empresa consegue construir um perfil de cada um de seus colaboradores fica mais fácil de desenvolver um plano de carreira para que todos evoluam. Uma boa avaliação de performance do colaborador não quer dizer que ele está satisfeito.

Se você identificou um profissional de alta performance você precisa cuidar dele para que ele se sinta útil a organização e engajado com o seu projeto. É preciso ter estratégias para segurar esse talento como plano de carreira, cursos, treinamentos e etc.

Quando um colaborador de alta performance sente que ainda pode evoluir na empresa ele costuma ficar por mais tempo motivado a executar seu trabalho.

Por isso, a avaliação de performance é tão importante, porque nela é possível entender as necessidades e anseios do colaborador, de encontro com os objetivos de empresa. Assim fica mais fácil traçar os rumos certos para reter seus talentos e encontrar o caminho do sucesso.

 

Seja transparente com seu colaborador

A avaliação de performance por si só não tem nenhum sentido se os gestores e o setor de RH não tirarem bom proveito dela, buscando novos caminhos para otimizar os processos. Quando o gestor não sabe o que fazer com a avaliação é uma demonstração da falta de planejamento.  

E quando o colaborador não sente nenhuma mudança após uma avaliação de desempenho, isso pode desmotivá-lo e os erros tendem a permanecer.

O segredo da avaliação de desempenho é a transparência com o colaborador, identificando os problemas e ajudando-os a evoluir.

Ser transparente e justo com os processos de avaliação de performance pode oferecer um novo alinhamento de objetivos e um aprimoramento na execução dos trabalhos.

 

A avaliação de performance e os resultados

A avaliação de performance é fundamental em um mercado que está cada vez mais competitivo. Não reconhecer os problemas e manter os processos no caminho errado significa perder dinheiro e ficar atrás da concorrência.

Quando a empresa consegue colocar em seu planejamento estratégico a avaliação de performance como algo rotineiro e fundamental aumentam as chances de a equipe atuar em alto desempenho.

Mas para se adequar a essa realidade é necessário que os profissionais adotem algumas metodologias para que a avaliação de performance não seja apenas uma obrigação.

Usar o feedback como base, a análise de perfil e o alinhamento das metas são alguns dos caminhos, conforme citamos acima.

 

E você como realiza a avaliação de desempenho na sua empresa? Quer saber mais sobre desempenho e performance? Acesse o nosso artigo 10 Dicas de Ouro para aumentar a produtividade em sua empresa”, clicando aqui.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *