aumentar lucratividade por meio da gestão de pessoas

Saiba como aumentar lucratividade por meio da gestão de pessoas

Várias empresas têm cuidado com a administração dos seus talentos, pois sabem da importância da valorização do capital humano para que seus produtos ou serviços mantenham a qualidade. O que muitas ainda não entenderam é que também é possível aumentar a lucratividade por meio da gestão de pessoas.

Alguns CEOs e diretores podem se assustar com os custos iniciais para a implantação de uma cultura voltada para a gestão de talentos, levando em consideração as adaptações necessárias nas atividades e cultura organizacional.

Porém, esses gastos são verdadeiros investimentos. Uma vez que a corporação institui a gestão de pessoas, basta dar continuidade e apurar o retorno, que certamente vai ser satisfatório.

Neste post, vamos mostrar como aumentar a lucratividade por meio da gestão de pessoas. Temos certeza que você os terá insights necessários para isso. Confira!

 

O que é gestão de pessoas?

A gestão de pessoas pode ser definida como a administração do conjunto de habilidades apresentados pelos funcionários de uma empresa.

Em outras palavras, o gestor procura delegar tarefas e cargos de acordo com as competências que os empregados possuem. Além disso, ele trabalha no desenvolvimento dos pontos ainda fracos desses mesmos colaboradores.

Essa prática tem um caráter estratégico, pois procura obter resultados melhores por meio da compreensão das capacidades de cada indivíduo, aproveitando essas competências.

 

Quais conceitos estão relacionados à gestão de pessoas?

Alguns conceitos fazem parte da gestão de pessoas e são essenciais para que ela seja praticada. São eles:

 

Avaliação de desempenho

Por meio das avaliações de desempenho, é possível ter um quadro claro dos resultados que o funcionário apresenta e alinhar essas respostas às metas da empresa. Deve ser feita com frequência regular e usada para passar feedbacks e acompanhar o desenvolvimento de cada colaborador.

 

Cultura de feedbacks

Apenas aplicar avaliações de desempenho não indica que a gestão de pessoas está sendo realizada. Para que traga resultados e contribua para o desenvolvimento das competências, a empresa precisa trabalhar com uma cultura de feedback.

Dentro dessa cultura, o gestor conversa com o funcionário sobre a sua performance e mostra o que pode ser melhorado, orientando o que deve ser feito.

 

Reconhecimento

Após a avaliação de desempenho e o feedback, tem um sistema de recompensa para motivar os colaboradores é essencial.

À medida em que eles alcançam as metas, é interessante oferecer bônus, premiações, ou um reconhecimento público diante dos colegas.

Esse tipo de política é muito eficiente para a retenção de talentos. Ao enxergar chances reais de reconhecimento do esforço, dificilmente os funcionários vão procurar oportunidades em outras empresas.

 

Realocação

Quando há a constatação de que o colaborador não alcançou as metas, o RH deve avaliar cuidadosamente as condições de trabalho e as atividades que esse funcionário assume, buscando uma solução para o problema.

Demitir o profissional não é a melhor saída. Muitas vezes, essa pessoa pode trazer um excelente resultado em outra função. Por isso é tão importante fazer uma avaliação de desempenho cuidadosa. Apenas com essa prática é possível ter uma visão ampla do que cada um pode oferecer e como essas competências podem ser aproveitadas.

 

Como aumentar lucratividade por meio da gestão de pessoas?

Quando aplicada de maneira verdadeiramente estratégica e com foco no alcance de metas, a empresa pode aumentar lucratividade por meio da gestão de pessoas.

Para isso, é importante que gestores e RH tenham um planejamento bem traçado e acompanhem de perto os resultados das equipes. É ideal que verifiquem como a estratégia está colaborando com o desenvolvimento individual de cada colaborador e da empresa como um todo.

 

Aumento da produtividade

De acordo com uma pesquisa realizada pela Workfront, empresa de software dos EUA, apenas 39% do expediente é gasto efetivamente com trabalho. Isso significa que o restante do dia é desperdiçado, gerando custos desnecessários para a empresa.

Com a gestão de pessoas, há a criação de metas inteligentes, assim como maior motivação dos funcionários graças ao alinhamento das atividades, o reconhecimento e uma comunicação interna mais efetiva.

Essas intervenções trazem um melhor aproveitamento do tempo passado na organização e consequentemente, lucros mais consideráveis.

 

Redução da rotatividade

A rotatividade é uma questão que preocupa os gestores, devido aos altos custos e danos ao employer branding.

O investimento na gestão de pessoas diminui o número de demissões da organização, evitando perdas financeiras e aumentando a margem de lucro.

Além de economizar no pagamento de direitos rescisórios e treinamento de novos funcionários, ao preservar a imagem empregadora ajuda a atrair os melhores talentos disponíveis no mercado.

 

Aumento na qualidade

A qualidade dos produtos ou serviços oferecidos está intimamente ligada à satisfação dos colaboradores, especialmente para cargos que lidam diretamente com os clientes.

Com uma gestão de pessoas eficiente, o clima organizacional é melhorado e consequentemente, os funcionários atuam com mais dedicação e motivação.

Essa mudança é refletida não só na qualidade do produto final, como na menor incidência de erros e de problemas operacionais.

 

Otimização de tarefas

De nada adianta ter um funcionário competente, se os gestores abarrotam o tempo desse profissional com tarefas burocráticas e de baixo impacto no alcance das metas.

Com uma gestão de pessoas bem feita, a identificação das principais habilidades dos profissionais leva ao posicionamento dessas pessoas em cargos mais complexos.

Assim, você não desperdiça aquele colaborador com grande capacidade analítica no preenchimento de relatórios, ou o que tem habilidades fortes de comunicação longe do contato com o público.

 

A realização de uma gestão de pessoas inteligente é capaz de aumentar substancialmente a obtenção de lucros da empresa, afinal, ocorre uma melhor utilização de recursos e o direcionamento dos funcionários, de acordo com o que eles conseguem entregar.

Para aumentar a lucratividade por meio da gestão de pessoas, é imprescindível alinhar desempenho e metas corporativas, conseguindo assim o equilíbrio necessário para que as tarefas sejam executadas com qualidade.

 

Se esse tipo de assunto desperta o seu interesse, aproveite para seguir os perfis da Xerpa no Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin. Mantenha-se atualizado sobre as tendências em gestão de pessoas e outros assuntos que vão promover o aumento de produtividade e dos lucros da sua organização!

 

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.