Conheça as melhores ferramentas de gestão de pessoas para adotar agora mesmo!

as melhores ferramentas de gestão de pessoas

As exigências do mercado fez com que o RH tomasse um rumo mais estratégico dentro das empresas. Isso porque percebeu-se que o tempo todo dedicado a burocracias não eram suficiente para atrair e reter talentos.

Hoje o setor se dedica mais na busca de estratégias que mantenham o time feliz e satisfeito. Isso se deve principalmente a tecnologia, que apresentou as empresas as melhores ferramentas de gestão de pessoas para facilitar as burocracias.

Com isso, as rotinas foram automatizadas, minimizando as chances de erro quando o assunto eram os trabalhos repetitivos e manuais.

Isso facilitou não só o trabalho do RH, mas também dos gestores. Dando a eles uma visão mais ampla sobre os trabalhos quando se tem as melhores ferramentas de gestão de pessoas em mãos.

Quer saber quais as vantagens de incorporar as melhores ferramentas de gestão de pessoas na sua empresa? Preparamos um material especial, listando ferramentas para você adotar agora mesmo na sua rotina.

Confira!

Quais as melhores ferramentas de gestão de pessoas

A automatização dos processos de RH podem trazer inúmeros benefícios a empresa em situações diversas. Mas quais são as melhores ferramentas de gestão de pessoas? Selecionamos todas elas, logo abaixo:

  1. Planos de carreira;
  2. Feedback contínuo;
  3. Pesquisas de clima;
  4. Gestão da comunicação interna;
  5. Avaliação do perfil comportamental;
  6. Controle de ponto e jornada de trabalho;
  7. Controle da folha de pagamento.

Cada uma das ferramentas citadas acima, quando bem planejadas podem trazer benefícios constantes ao RH, impactando diretamente nos resultados da empresa.

1. Planos de carreira

O plano de carreira sem dúvida está entre as melhores ferramentas de gestão de pessoas.

Quem tem um estratégia bem estruturada para seus colaboradores tem mais chances de atrair e reter talentos na empresa.

Isso porque o colaborador percebe e reconhece os esforços que a organização está fazendo para que ele evolua profissionalmente. E assim cria seus próprios objetivos para crescer e ser reconhecido.

E com um plano de carreira tudo fica mais simples para o que o colaborador alcance esse patamar de evolução. Já que nesse caso a empresa tem todo um organograma que dá maior clareza sobre seus cargos e possíveis promoções.

Sendo assim, se há algo concreto para a construção de uma carreira sólida, o colaborador estará mais engajado e consequentemente será mais fácil retê-lo na empresa.

2. Feedback contínuo

O feedback contínuo se destaca quando citamos as melhores ferramentas de gestão de pessoas.

Isso porque é através dele que o gestor pode vislumbrar uma maior produtividade de sua equipe. Isso porque pelo feedback é possível aplicar correções de erros e também estimular o aprimoramento das habilidades de seus colaboradores.

O feedback contínuo funciona como um motor dentro da empresa.

Colaboradores que recebem feedbacks constantes não ficam sem rumo e sabem exatamente qual caminho percorrer e em que pontos devem melhorar.

Não só isso, eles conseguem identificar mais facilmente seus pontos fortes para que assim possa potencializá-los, aumento assim seu rendimento diariamente.

E o feedback ocupa essa posição de destaque dentre as melhores ferramentas de gestão de pessoas. Simplesmente por permitir essa análise de desempenho e o controle sobre as ações diárias dos colaboradores.

3. Pesquisa de clima

Os colaboradores são os diamantes da sua empresa. Se você não consegue lapidá-los as chances deles ficarem estáticos e sem evolução é muito grande.

Mas como descobrir se o colaborador está engajado com a sua empresa? Sabendo a opinião dele mesmo!

Entre as melhores ferramentas de gestão de pessoas está a pesquisa de clima.

É impossível uma empresa saber se o colaborador está satisfeito se ele mesmo não disser isso. As aparências apenas, nesse caso, podem enganar e muito.

Portanto, a prática de aplicar pesquisas de clima é essencial para quem quer medir o nível de motivação e satisfação dos seus colaboradores.

As pesquisas podem ser aplicadas com entrevistas individuais ou sigilosas. Principalmente por meio de formulários, que questionam a satisfação em relação ao trabalho, ao ambiente, estrutura, salário, relação com os colegas e etc.

E é através desses resultados, que a empresa precisa criar estratégias que impactem positivamente no clima organizacional. Seja nas relações entre as equipes ou bem-estar dos colaboradores.

4. Gestão da comunicação interna

Comunicação é tudo dentro das empresas. Equipes que se comunicam bem aumentam suas chances de sucesso diante dos desafios.

Por isso, é essencial colocar a comunicação interna entre as melhores ferramentas de gestão de pessoas.

A boa comunicação interna pode minimizar as chances de erros nos processos e principalmente evitar retrabalhos, devido a clareza nas informações a serem repassadas aos colaboradores.

Com isso é possível aumentar a produtividade, a integração entre as equipes e a otimização do tempo na execução das tarefas. Isso porque o objetivo da comunicação interna é manter as equipes alinhadas com as metas da empresa e também com a cultura da organização.

Desta forma, é fundamental que a empresa possua meios para se comunicar com o seu público interno e ouvir o que eles têm a dizer. A intranet, e-mail, materiais impressos (jornais ou revistas) podem contribuir com essa comunicação do empregador com o empregado.

5. Avaliação do perfil comportamental

Conseguir avaliar o perfil comportamental dos colaboradores tem total impacto nos resultados da empresa. Sendo um fator crucial nos processos de admissão e demissão e ao delegar tarefas para a equipe.

É o desafio diário de “escolher a pessoa certa para o trabalho certo”. Cada profissional tem suas particularidades então quando a empresa conhece profundamente suas habilidades e seus limites consegue trabalhar em uma linha tênue de motivação e bem-estar profissional.

E as melhores ferramentas de gestão de pessoas em relação a comportamentos são através de metodologias como a DISC, por exemplo. Com ela o gestor traça um perfil completo de sua equipe em dominância, influência, estabilidade e conformidade.

Através de um questionário com perguntas pré-determinadas você pode avaliar habilidades e fraquezas do profissional. Isso com base em uma série de perguntas que permite avaliar a o comportamento do colaborador diante delas.

6. Controle de ponto e jornada de trabalho

A gestão de ponto sem dúvida pode sanar vários problemas referentes a faltas, atrasos ou qualquer tipo de reclamação por horas trabalhadas.

Isso porque com a automatização do ponto digital o RH tem maior controle sobre as horas da sua equipe.

Sendo assim, é possível ter maior exatidão sobre a jornada do colaborador na empresa. E ainda é possível ter maior proximidade com o profissional e visualizar possíveis atrasos, para que assim seja possível saber as causas e tentar revertê-las.

Além disso, o ponto digital agiliza o trabalho do RH para contabilizar ao fim do mês as horas trabalhadas para possíveis descontos ou pagamento de horas extras. Nesse caso oferecendo maior segurança a empresa perante a lei.

7. Controle da folha de pagamento

Com o RH numa posição mais estratégica atualmente, os processos manuais vêm dia a dia se tornando mais automatizados. E a gestão da folha de pagamento foi incorporada a tecnologia dando maior controle e autonomia dos gestores na elaboração da folha.

Várias soluções tecnológicas apareceram para automatizar o processo dando maior segurança sobre os documentos e reduzindo as chances de erros dos processos manuais.

Mas quais seriam as melhores ferramentas de gestão de pessoas no caso da folha de pagamento?

Tudo depende da rotina da sua empresa. Entretanto, o ideal é encontrar algum sistema que reúna todos os dados em um mesmo espaço, com preenchimentos intuitivos e fáceis, e que ofereça segurança a empresa, com backups constantes e automáticos dos arquivos.

A Xerpa possui uma plataforma que te ajuda a gerenciar e distribuir sua folha de pagamento em menos de 1 minuto. Toda a autonomia de poder enviar seus holerites via e-mail ou pelo WhatsApp para seus colaboradores. Clique aqui e conheça!

A gestão de pessoas e o impacto nas organizações

A tecnologia apareceu para suprir muitos problemas que os RHs tinham a respeito de processos burocráticos.

Atualmente quem opta por escolher as melhores ferramentas de gestão de pessoas e automatizam seus processos estão a frente no mercado.

Isso porque com a automação as chances de erro e a rapidez na execução das tarefas substituíram os onerosos processos manuais.

Mas para implantar as melhores ferramentas de gestão de pessoas é necessário planejamento estratégico e financeiro. Isso porque qualquer investimento não pode comprometer seu capital ou deixar sua empresa em maus lençóis para pagar as contas.

As melhores ferramentas de gestão de pessoas sem dúvida podem fazer a diferença. Entretanto, coloque no papel suas necessidades e opte por aquelas que nesse momento poderiam ter maior influência sobre os resultados da sua empresa.

Quer se tornar um expert em gestão de pessoas? Siga a Xerpa nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn e confira os melhores conteúdos de RH do mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outros artigos que você pode se interessar