analise-de-credito-para-pessoa-juridica

Análise de crédito para pessoa jurídica: o que é + como funciona

A análise de crédito para pessoa jurídica é uma avaliação minuciosa de informações que configuram o cenário financeiro de uma organização que solicita um crédito. Esta análise verifica a capacidade do cumprimento da promessa de pagamento para validar ou reprovar um pedido de concessão.

Para fazer uma análise de crédito para pessoa jurídica sua empresa deverá:

  1. Analisar o perfil econômico da organização;
  2. Cruzar suas informações financeiras;
  3. Verificar a aprovação ou reprovação do crédito;
  4. Definir limites.

O pedido de empréstimos, financiamentos e equivalentes levam em consideração diversos quesitos. Um dos mais relevantes é o score de crédito

Agora para entender como uma análise de crédito para pessoa jurídica funciona e por que ela é importante para o seu negócio, continue acompanhando este post. Separamos as principais informações para ajudar a organizar o departamento financeiro da sua empresa.

Boa leitura!

O que é análise de crédito?

Assim como já dissemos, análise de crédito é uma avaliação feita por instituições credoras para validar a capacidade de pagamento do solicitante, definir o nível de risco das transações e conceder a aprovação ou reprovação final do pedido de crédito. 

Em outras palavras, é feita para clientes que desejam efetuar um pagamento a prazo, um financiamento, um empréstimo, um solicitação de cartão de crediário, dentre outros. 

Esse processo pode ser feito tanto para pessoas físicas quanto jurídicas, mas cada qual com os seus próprios critérios de análise. Além disso, cada empresa pode definir um padrão de avaliação, uma taxa de juros, prazos distintos e condições específicas. 

Períodos de crise e instabilidades econômicas podem depender de um planejamento financeiro eficiente para assegurar que a inadimplência não se torne uma realidade. Por isso, a análise de crédito é uma medida de segurança que as organizações credoras devem adotar.

Como funciona a análise de crédito para pessoa jurídica

Crédito é um ato de confiança. Por isso, na relação entre empresas, a prática não é baseada na amizade e sim no relacionamento comercial. 

É preciso existir garantias reais para que esse crédito seja concedido e ambas empresas consigam prosseguir com suas respectivas atividades comerciais.

Na análise de crédito para pessoa jurídica, a instituição credora avalia como o valor solicitado estimula as atividades econômicas, aumenta o nível da atividade da empresa, influencia na demanda, facilita a execução de projetos e assim por diante.

Desta forma, quanto mais credibilidade a organização solicitante demonstrar, maiores serão as chances de aprovação do crédito, assim como a definição de boas condições de pagamento e menores taxas de juros.

A análise de crédito para pessoa jurídica é feito para minimizar a ocorrência de inadimplência, por isso é tão importante.

Além disso, a análise de crédito para pessoa jurídica considera três pontos principais:

  • Análise retrospectiva: avalia o histórico do cliente, buscando fatores que possam denunciar as dificuldades que a empresa pode ter no pagamento do crédito;
  • Análise de tendências: avalia o futuro econômico do cliente, considerando as tendências assumidas em casos de instabilidade;
  • Capacidade creditícia: avalia conclusivamente a concessão do crédito. Com base nas análises anteriores, o valor que a empresa pode emprestar de forma segura é definido. 

Documentos para análise de crédito para pessoa jurídica

documentos-para-analise-credito-pessoa-juridica

Agora que você já entende o que é análise de crédito financeiro, confira os itens que devem ser considerado na análise de crédito para pessoa jurídica.

1. Dados cadastrais

A análise de crédito para pessoa jurídica avalia documentos como:

  • o registro da empresa;
  • valores relativos ao faturamento e renda;
  • valores ligados à contabilidade;
  • possíveis restrições bancárias;
  • documentos sobre posse de bens;
  • balanços;
  • declarações de imposto de renda;
  • holerites;
  • índice de liquidez;
  • índice de endividamento;
  • taxa de retorno sobre investimento.

2. Comprometimento da renda

Por meio dos comprovantes de renda e faturamento, a instituição credora avalia a capacidade de pagamento do valor creditado. Ou seja, define qual o valor máximo que poderá ser cedido com segurança. 

Normalmente, esse valor gira em torno de 20% a 30% do rendimento da empresa, para não comprometer o pagamento de despesas fixas essenciais. 

3. Cenário Econômico

Outro item avaliado na análise de crédito para pessoa jurídica é o cenário econômico. É fundamental que fatores do mercado que influenciam direta ou indiretamente o negócio sejam levados em consideração. 

Assim, tanto a empresa credora quanto a solicitante ganham mais segurança para o cumprimento desse compromisso.

Qual a vantagem da análise de crédito para pessoa jurídica?

Entender o que é a análise de crédito para pessoa jurídica contribui para diversos processos financeiros da organização, principalmente as políticas de crédito.

As normas que regem essa oferta de crédito devem estar alinhadas às reais necessidades do seu negócio, permitindo assim que os custos operacionais das atividades sejam reduzidos, a tomada de decisões seja mais assertiva e os processos ganhem embasamento comercial. 

Por exemplo, quando um profissional é treinado para conhecer a fundo os objetivos e metas da empresa, ele é capaz de empregar técnicas de venda que estejam alinhadas ao propósito do negócio. Ele permite que as negociações sejam mais estratégicas e menos operacionais. 

As noções do impacto desse conhecimento devem fazer parte das políticas de créditos da empresa. 

Além disso, a análise de crédito é uma solução interessante para reduzir a inadimplência, já que o processo assegura um cumprimento mais confiável do pagamento. Mesmo sendo um processo burocrático, ela traz benefícios ao processos gerenciais.

Favoreça a análise de crédito dos funcionários também

A saúde financeira do negócio deve ser a prioridade de qualquer gestor, por isso entender como funciona a análise de crédito para pessoa jurídica é tão importante.

Para evitar possíveis problemas financeiros como fraudes ou atrasos, a empresa deve se capacitar para contornar dificuldades e manter suas atividades sob controle.

E assim como as instituições, os colaboradores também precisam manter seu score de crédito para evitar dívidas de empréstimos e do cheque especial.

Conheça a ferramenta Xerpay e saiba como funciona o sistema que implementa o pagamento sob demanda, ou seja, seus colaboradores podem antecipar parte de seus salários quando quiserem.

Essa ferramenta está mudando a forma como os funcionários lidam com o seu salário e gerando mais satisfação e motivação da equipe com a empresa.

O Xerpay pode ser um dos benefícios mais valorizados por quem trabalha em sua empresa. Fale com um especialista e conheça mais!

Legal, né? Conta pra gente aqui nos comentários como a análise de crédito influenciou a saúde financeira da sua empresa. Vamos adorar ouvir a sua história!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.