ajudar o funcionário a poupar dinheiro

Como ajudar o funcionário a poupar dinheiro?

Ajudar o funcionário a poupar dinheiro é uma tendência certa, hoje em dia, para o desenvolvimento da empresa como um todo! Isso porque a medida tem muito a ver com a educação financeira dos colaboradores, o que se reflete na resolução de problemas graves, como o estresse financeiro. E, entre as soluções mais eficientes, destacamos as seguintes:

  • descontos em produtos ou serviços usados pelos funcionários;
  • programas de fidelidade;
  • benefícios corporativos diferenciados;
  • programas de bem-estar financeiro;
  • salário sob demanda.

Problemas financeiros existem, acumulam-se e transbordam na vida das pessoas — invadindo suas rotinas em casa, nos seus momentos de lazer e, também, na rotina corporativa. É por isso que muitas empresas têm considerado as melhores soluções para ajudar o funcionário a poupar dinheiro.

Por meio dessas alternativas eficientes, os colaboradores adquirem mais educação financeira e passam a entender, profundamente, a importância de construir reservas em curto, médio e longo prazo.

Por isso, neste post vamos destacar o papel de relevância do setor de RH, nessa transição, e apontar para você os melhores investimentos que podem ser considerados para ajudar o funcionário a poupar dinheiro!

Boa leitura!

A importância de se preocupar com o bem-estar financeiro

O bem-estar financeiro virou um conceito atual, mas de suma importância corporativa. E, em primeiro lugar, porque percebeu-se que é por meio dele que muitas pessoas podem produzir mais dentro da empresa.

Calma, que vamos explicar.

Quando as dívidas se acumulam, o estresse financeiro invade a vida das pessoas sem pedir licença. E isso se traduz em todos os sintomas comuns ao estresse. Inclusive, no que diz respeito à motivação, produtividade e concentração do funcionário dentro da empresa.

Daí, o motivo pelo qual é possível ajudar o funcionário a poupar dinheiro: contribuindo com educação financeira para evitar, em primeiro lugar, que o estresse financeiro alcance os seus colaboradores. Ou, ainda, oferecendo soluções para solucionar o problema — seja em curto, médio ou longo prazo.

Para entender melhor sobre o assunto, também recomendamos a leitura de um artigo que foca, especificamente no assunto, explorando as maneiras com as quais o RH pode inovar oferecendo soluções de benefícios financeiro para os colaboradores!

O motivo para isso

Vale destacar que, atualmente, 62 milhões de brasileiros estão inadimplentes. Um número elevadíssimo, que coloca em preocupação o fator financeiro em boa parte das famílias do país.

Sem falar no uso acelerado de empréstimos com taxas elevadas, como é o caso do cheque especial. Assim, não é incomum perceber que a rotina corporativa tem sido intoxicada por problemas que não se refletem, diretamente, em questões ocorridas dentro da organização.

As soluções para ajudar o funcionário a poupar dinheiro

Liberdade financeira — uma ideia que pode ser fundamental para as empresas serem ativas em ajudar o funcionário a poupar dinheiro. 

E isso pode ocorrer de diversas formas, atualmente. Por meio de campanhas de bem-estar financeiro, o estresse financeiro pode se tornar, gradualmente, em um problema menos presente e muito menos agravante no dia a dia dos seus colaboradores.

Vamos conhecê-las?

Descontos em produtos ou serviços usados pelos funcionários

Solução simples que pode ser adotada internamente para ajudar o funcionário a poupar dinheiro: a ajuda de custos com questões que impactam os seus colaboradores.

Por exemplo: se boa parte da empresa possui uma família em crescimento e com filhos pequenos, a ideia pode ser aplicada em produtos específicos para bebês. Se o perfil médio é composto por universitários, convém pensar na ideia aplicada em cursos livres ou ideias similares.

Com isso, eles têm mais tempo para fazer um bom planejamento financeiro e aprenderem a poupar para o futuro.

Programas de fidelidade

Por meio de parcerias, a sua empresa pode oferecer soluções práticas para ajudar o funcionário a poupar dinheiro. Descontos em produtos, de maneira que eles consumam mais produtos de uma só marca, já é uma maneira de beneficiar a todos — e com baixo custo.

Benefícios corporativos diferenciados

Empresas que contam com muitos funcionários itinerantes — aqueles que vivem de viagens corporativas, basicamente — podem garantir algumas vantagens para que eles tenham mais comodidade e conveniência, e consigam poupar mais em suas rotinas.

Bom exemplo disso é o celular corporativo ou o carro da empresa, que pode ser usado de acordo com as regras da sua organização. Vale a pena considerar, novamente, o perfil médio dos colaboradores e descobrir como esses benefícios corporativos podem fazer parte da lista de benefícios já aplicados.

Programas de bem-estar financeiro

Que tal oferecer educação financeira para toda a empresa? Por meio de workshops, palestras, consultorias e outras ações que ensinem-nos a lidar com o dinheiro, o estresse financeiro pode desaparecer quase que por completo da sua rotina.

Para tanto, entenda quais são os grandes problemas financeiros que impactam os funcionários, e desenvolva programas que foquem primordialmente nessas questões. Em seguida, basta considerar quais ações podem ser pensadas para que eles aprendam, continuamente, novas maneiras de fazer render os seus recursos.

Salário sob demanda

Lembra que mencionamos, em tópicos anteriores, a ideia de liberdade financeira? Pois então, não há nenhuma melhor do que o salário sob demanda oferecido para os seus colaboradores.

Essa é uma das maneiras mais eficientes, inclusive, de ajudar o funcionário a poupar dinheiro. Basta considerar que, por meio dessa tendência financeira, o seu colaborador pode solicitar o saldo dos dias trabalhados quando quiser.

Assim, ele evita os empréstimos solicitados em caráter emergencial, podem compor os seus respectivos planejamentos financeiros como melhor lhes convier e, ainda, têm total flexibilidade e autonomia para gerir os seus recursos como bem entenderem.

No Brasil, o atrativo ainda está dando os primeiros passos, mas a Xerpa já oferece-o por meio do Xerpay. Vale a pena conhecê-lo para que você considere a sua aplicação internamente.

Como resultado, os seus colaboradores podem espantar o endividamento de suas rotinas e, consequentemente, obterem melhores performances no dia a dia. Além de servir como:

  • instrumento para melhorar a retenção e a atração de talentos;
  • melhoria indireta da produtividade dos colaboradores;
  • solução para evitar o cheque especial.

Em um momento no qual a média salarial do brasileiro permanece preocupante, entender como sua empresa pode ajudar o funcionário a poupar dinheiro é uma maneira valiosíssima de melhorar a sua própria organização em diferentes níveis.

Você ficou com alguma dúvida em relação ao assunto que abordamos ao longo deste artigo? Então, compartilhe-as conosco — ou mesmo suas experiências no assunto — no campo de comentários deste post!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.