o que é um profissional sênior

O que é um profissional sênior e qual seu papel estratégico na empresa?

O que é um profissional sênior? Um funcionário sênior é aquele com mais tempo de casa e que conhece:

  • os processos da empresa;
  • a sua área de atuação;
  • as engrenagens que movimentam toda a sua organização.

No entanto, o que é um profissional sênior vem acompanhado também de outras responsabilidades.

Não à toa, muitas empresas parecem não saber o que é um profissional sênior, usando-o apenas para recompensar a longevidade do funcionário.

Entendendo melhor o que é um profissional sênior você vai perceber que é possível montar uma estrutura profissional muito eficiente, por exemplo, delegando atividades e metas diferenciadas entre os diferentes níveis de colaboradores dentro da sua organização.

Sem falar que é possível compor um processo de recrutamento e seleção por competências, qualificando ainda mais o setor e, assim, atraindo talentos verdadeiramente alinhados com as habilidades exigidas.

Confira, aqui, o que é um profissional sênior e qual é a sua relevância dentro da empresa!

O que é um profissional sênior nos dias atuais?

Como apontamos, tradicionalmente o conceito de profissional sênior tem sido equivocadamente usado apenas para recompensar os funcionários com bastante tempo de casa.

Consequentemente, mantém-se uma hierarquia:

  • datada;
  • ultrapassada;
  • que não corresponde com as exigências atuais do mercado.

Sem falar que nem sempre a promoção de um profissional para o título de sênior corresponde às suas reais capacidades.

Leia também: O que é organograma da empresa? 5 modelos para seu negócio

Problemas quando não se sabe o que é profissional

sênior

Empresas que têm profissionais de nível júnior que são altamente capacitados podem enfrentar altas taxas de turnover se o RH e a gestão não sabem o que é um profissional sênior, e aplicam o conceito da maneira equivocada.

Isso acontece porque colaboradores com grande talento e capacidade se sentem desvalorizados se a empresa só recompensa aqueles que permanecem em seus cargos por mais tempo.

Consegue entender a dinâmica danosa disso?

Afinal de contas, nem sempre um profissional com mais anos dentro da empresa está interessado em desenvolver-se pessoal e profissionalmente.

Diferentemente, por exemplo, de um jovem talento que tem disposição e interesse em mostrar-se versátil e em constante evolução.

Recompensar apenas pelo tempo passado é uma maneira de estagnar o próprio crescimento da organização.

Afinal de contas, isso pode resultar em:

  • aumento no índice de turnover;
  • menor capacidade de atrair e reter talentos;
  • desmotivação;
  • baixa performance dos outros profissionais.

Por isso, é importante entender o que é um profissional sênior começando pela diferenciação dos níveis.

Entendendo o que é ser sênior em uma empresa

Para montar uma diferenciação pertinente de cargos, dentro da empresa, entenda a seguir quais são os níveis e, principalmente, quais são as responsabilidades e expectativas para o preenchimento de cada cargo.

Você verá que não se trata de uma simples diferenciação para definir os salários!

Funcionário júnior

Normalmente, o funcionário júnior é alguém recém-formado e que não possui muita experiência no cargo. Consequentemente, suas atividades exigem menos conhecimentos técnicos e habilidades do que um profissional pleno, por exemplo, ou mesmo sênior.

Imagine, por exemplo, um profissional de comunicação: espera-se que um funcionário júnior entenda o uso de ferramentas básicas, para a função. Mas não se espera que eles sejam especialistas na atividade e, tampouco, no manejo dos principais softwares para o cargo em questão.

Vale destacar, também, que o número de atribuições desse tipo de profissional é reduzido. Você não deve contratá-lo para exercer, por exemplo, funções de especialista.

Funcionário pleno

Por sua vez, antes de vermos o que é um profissional sênior vamos avaliar o nível hierárquico anterior. O profissional pleno costuma já ser graduado na sua área e demonstra uma experiência prévia na função em que ele pleiteia um cargo — ou que está à espera de uma promoção.

Além disso, o cargo como pleno exige mais responsabilidades do profissional.

No geral, o profissional pleno até pode coordenar uma equipe, mas é importante que ele tenha um superior para:

  • reportar;
  • aprender;
  • qualificar-se continuamente no exercício da sua profissão.

Funcionário sênior

Por fim, vamos entender o que é um profissional sênior. Trata-se de alguém que possui mais de 5 anos no seu trabalho, tornando-se um especialista com vastos conhecimentos sobre o cargo. Além disso, esse profissional:

  • possui autonomia para a tomada de decisão;
  • pode gerenciar projetos;
  • liderar uma equipe.

Vale apontar que um curso de pós-graduação ou MBA não é uma exigência. Mas, academicamente, é uma maneira de demonstrar que o profissional está inserindo-se de maneira mais aprofundada no trabalho onde ele desenvolveu a sua carreira.

Funcionário master

Bom destacar que ainda existe a nomenclatura master dentro das empresas. Pode ser uma maneira boa de usá-la para definir, detalhadamente, um plano de carreiras interno.

Isso vai contribuir para a definição:

  • de cargos;
  • responsabilidades;
  • exigências para as futuras contratações.

Esse tipo de profissional costuma acumular mais de 10 anos de experiência na sua função, além de domínio técnico e reconhecimento das tendências e desafios do seu setor de atuação.

É, verdadeiramente, um especialista que pode — e deve — ser valorizado dentro da empresa.

Por falar nisso, a melhor maneira de compor essa diferenciação de cargos é, mesmo, por meio do plano de carreira. E temos um post inteirinho que fala sobre o assunto; O que é plano de carreira: a chave para a reter e atrair talentos”. 

Uma outra maneira de ampliar a retenção de talentos na empresa é optar por novos benefícios corporativos.

O Xerpay é um aplicativo que permite que os colaboradores antecipem parte de seus salários quando quiserem de forma simples e instantânea. Acredite, os benefícios para a empresa também são muitos. 

Gostou? Fale com um especialista e saiba como implementar esse recurso no seu negócio.

E na sua empresa, todos já sabem o que é um profissional sênior e sabem o que esperar dele? Compartilhe conosco as suas experiências, no campo de comentários deste post, logo abaixo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.